sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Concerto Vozes da África realiza ensaio aberto para crianças de escolas públicas



Visando proporcionar às crianças carentes uma aproximação com o teatro e com um espetáculo cultural, o Concerto Vozes da África, que acontece no próximo dia 03 de outubro, na Sala Principal do Teatro Castro Alves, realizará um ensaio aberto, onde repassará toda apresentação para alunos de escolas públicas, das redes municipal e estadual.

O concerto trará para o público a informação e a apreciação do canto coral africano, contando a sua história e as razões do seu desenvolvimento em cada país de representatividade.

Entoado por um coral de 100 vozes entre adultos, adolescentes, crianças e solistas, o espetáculo é acompanhado por percussionistas, piano e contrabaixo. O repertório é formado por canções da África do Sul, Zâmbia, Nigéria e Quênia, e a maioria delas será interpretada em seus dialetos originais como swahili, iorubá, zulu e xhosa.



A criação, regência e direção geral do espetáculo estão a cargo do maestro Cícero Alves, responsável pela regência dos corais Coronlaine, Acbeu, Isba, Cerb e Viva Vox, dos quais vêm os 100 cantores. O “Vozes da África”, contará também com as participações especiais do ator Diogo Lopes Filho, que contextualizará cada uma das partes do concerto, do maestro Carlos Veiga Filho e do tenor Polane Brandão. A apresentação acontece a partir das 21h.

SERVIÇO:

Data: 03 de outubro
Horário: às 21h,
Valores: R$30,00 a inteira e R$15,00 a meia
Vendas: Bilheterias do Teatro Castro Alves e SAC Shoppings Iguatemi e Barra
Informações: www.vozesdaafrica.com.br / (71) 3117.4899

UM BECO DA GASTRONOMIA NA CASA COR BAHIA 2011

A mostra de arquitetura e decoração mais esperada e badalada da cidade traz novidades. O Beco da Gastronomia foi criado na Casa Cor Bahia deste ano, com nomes especiais para receber os vips, os curiosos e os amantes da beleza e da criatividade que só mesmo a Casa Cor traz a Salvador.

Idealizado por Daniela Campelo e Paula de Nora, o Beco é uma verdadeira tentação para que estiver de dieta. O espaço permite a experiência de diversos sabores e a integração interpessoal, além de um momento gastronômico com encontros e descontração.

O ambiente urbano conta com a ceviceria do Soho, tapas do espanhol Mar na Boca, sorvetes da Sorveteria da Ribeira, doces da Brigaderia Mix, sanduíches de pernil e quitutes da Churrascaria Líder. “O aconchego será garantido pela harmonia de cores e texturas dos materiais e obras de arte”, garante a dupla de arquitetas.

Cinco boxes estarão dispostos no espaço, que concentra restaurantes e lanchonetes, além de uma snooker table (mesa de sinuca). São usados elementos de concreto, cimento, madeira, ferro, pedras, azulejos, corian, marcenaria e fibra de carbono. O concreto, o cimento, o ferro e as instalações luminotécnicas e hidráulicas aparentes remetem a frieza do espaço urbano.

O colorido da bancada e dos azulejos, a madeira dos bancos, assim como as intervenções artísticas e a iluminação cênica entram como elementos que humanizam o espaço, proporcionando acolhimento.

O toque final fica por conta das obras de arte.

SERVIÇO:

O quê: Casa Cor Bahia 2011
Local: antigo Salvador Praia Hotel
Endereço: Av. Getúlio Vargas, 2238 - Ondina - BA
Período: 29 de setembro a 06 de novembro
Special Sale: 07 a 09 de novembro
Ingressos: R$30 de terça a quinta e R$35 de sexta a domingo. O passaporte custa R$65 de terça a quinta e R$70 de sexta a domingo.

Oswaldo Montenegro faz show “Atendendo a Pedidos” em Salvador



Público soteropolitano escolhe o repertório do show que acontece nos dias 8 e 9 de outubro no Cine Teatro SESC Casa do Comércio.

Para comemorar o sucesso de tantos lançamentos em 2010 e 2011 no cinema, teatro, música e televisão, Oswaldo Montenegro inicia a turnê de seu novo show: “Atendendo a Pedidos”. A ideia é que o público escolha o repertório do show através da seleção de 20 músicas que gostariam de ouvir.

São 80 opções de hits que fizeram do cantor e compositor um dos mais aclamados nomes da música brasileira. As mais votadas entram no espetáculo. O público soteropolitano é convidado a participar da realização desse show que acontece nos dias 8 e 9 de outubro, no Cine Teatro SESC Casa do Comércio.

Para montar o repertório que Montenegro vai tocar ao lado de Madalena Salles, virtuose da flauta e dos teclados, os fãs devem entrar no site: www.atendendoapedidos.com.br.

Na lista, o público poderá escolher entre canções do seu elogiado e premiado filme “Léo e Bia”; do seu álbum “Canções de Amor”; da peça musical “Filhos do Brasil”, que recebeu cinco prêmios no Festival de Teatro do Rio de Janeiro e depois virou programa de TV com Jorge Mautner, no Canal Brasil; do seu DVD “Oswaldo Montenegro e Cia Mulungo”, cujo lançamento está previsto para julho e de canções que o consagraram como compositor ao longo de sua carreira, como “Bandolins”, “A Lista”, “Intuição”, “Lua e Flor” e tantas outras que fizeram desse artista um fenômeno com trajetória singular. O Show faz parte das comemorações em homenagem aos 65 anos do SESC-BA.

Serviço:

O que: Show de Oswaldo Montenegro
Quando: 8/10 às 21h e 9/10 às 20h
Onde: Cine Teatro SESC Casa do Comércio
Valor: R$ 60,00 (inteira) | R$ 30,00 (meia)
Vendas: Na bilheteria do Teatro
Realização: SESC - BA
Informações: (71) 3273- 8543 | (71) 3273 - 8732

Daniel faz apelo ao governo para deixar a Bahia fora do Horário de Verão



Foto: Gustavo Lima - Agência Câmara

O deputado federal Daniel Almeida (PCdoB-BA), utilizou a tribuna da Câmara dos Deputados para fazer um apelo à presidente Dilma Roussef quanto à exclusão da Bahia no horário de verão.

O parlamentar baiano fez a vez da população do seu estado, e manifestou-se contra a adoção da política implantada no país a alguns anos, que entre outubro e fevereiro, reduz em uma hora os relógios, com o objetivo de economizar energia elétrica. Para Daniel, a medida é exitosa e importante em algumas regiões do Brasil, porém pelas características continentais do país, o procedimento não deve ser aplicado em outras, como é o caso da Bahia.

“Não vejo razão para que possamos desarrumar a vida das nossas crianças que acordam cedo para se dirigir à escola, a vida dos trabalhadores, nem tão pouco, a programação de entretenimento, enfim, toda a atividade cultural e turística que se desenvolve na Bahia neste período. O horário de verão na Bahia não revela ganhos efetivos na economia”, avaliou o deputado.

“Por isso, sou contra o horário de verão na Bahia. E faço um apelo ao governo federal para manter o estado fora do horário de verão”, complementou. O Horário de Verão 2011/2012, que começa no dia 16 de outubro de 2011, vai acabar à 0h do terceiro domingo do mês de fevereiro - dia 19 de fevereiro de 2012.

A determinação do começo e do fim do horário de verão, assim como os estados que fazem parte do programa, está em um decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2008.

Homenagem a um ícone baiano e fortalecimento da identidade ética nos largos do Pelourinho ontem, dia 29

Baianos e turistas puderam conferir ontem, dia 29 de setembro, uma noite de homenagens e de celebrações nos largos Pedro Archanjo e Tereza Batista, através do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), por meio do Pelourinho Cultural.

No Largo Pedro Archanjo, o homenageado foi Miguel Santana com o espetáculo Seu Miguel: um mito afro baiano, produzido por seu neto, Marcos Santana e dirigido por Paulo Nery.

A plateia pôde conhecer um pouco mais da história desse negro baiano que é um ícone de baianidade, de respeito pela religiosidade e conhecedor como poucos da história da Salvador antiga. O cenário para a homenagem não poderia ter sido outro. Pedro Archanjo foi um dos personagens criado pelo escritor Jorge Amado em homenagem a esse ilustre baiano.

“O povo precisa conhecer mais a sua história e é uma satisfação imensa poder tornar pública a trajetória do meu avô aqui no Pelourinho, que também faz parte do desenvolvimento e crescimento da cidade de Salvador. Miguel representa o negro inserido na alta sociedade da época”, explicou Marcos Santana.

Com um texto leve e histórias pitorescas e engraçadas, o público ficou encantado com o que viu. “Já conhecia a história de Miguel e projetos como esse são muito significativos, pois precisamos cada vez mais disseminar a cultura popular brasileira e em especial a baiana”, completou o funcionário público Wellington Barroso, que assistiu ao espetáculo acompanhado da sua esposa.

A noite do Pelourinho ainda prometia mais celebrações às culturas e identidades afrodescendentes. No Largo Tereza Batista, o Grupo Afro Bankoma realizou a segunda e última apresentação do mês de setembro do II Encontro Mauanda Bankoma, que aconteceu nos dias 15 e 29 de setembro, às 19h.

O grupo, que tem suas origens no Terreiro São Jorge Filho da Goméia, em Portão (Lauro de Freitas), encheu de alegria, cores e ritmos o largo, atraindo turistas e baianos. Os convidados da noite foram J. Velloso e Tonho Matéria. No encerramento dessa apresentação, as Griôs Eunice Souza, Maria Lúcia, que também é mãe de santo, e Valdete Maria da Conceição receberam uma homenagem do Bankoma pelo reconhecimento na luta pela preservação da cultura afrodescendente.

A proposta desses encontros é a de fortalecer a identidade étnica e a consciência das culturas de matrizes africanas. “Queremos mostrar para as comunidades as atividades que realizamos nos terreiros, dando visibilidade às nossas raízes, para que o negro conheça a sua história e sinta orgulho de suas origens”, revela a coordenadora Eliana Santos.

“Dei aula de música e de instrumentos para o Bankoma durante dois anos e esse grupo é referência dentro do Carnaval Ouro Negro. O Bankoma serve de exemplo para outros grupos afros, pois realiza um trabalho permanente com atividades o ano inteiro de inclusão social e fomentador da cultura afro”, define o mestre Bira Reis.

Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) - órgão da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult/BA), busca, através do Programa Pelourinho Cultural, além de dinamizar as ações culturais no Centro Histórico, incentivar também a produção local, por meio da promoção de eventos realizados pela comunidade. Toda a agenda de atrações do programa tem acesso gratuito ou a preços populares.

Ivete Sangalo em show especial hoje no Rock in Rio



A cantora Ivete Sangalo sobe hoje ao palco principal do Rock in Rio, no Rio de Janeiro (RJ). Terceira atração da noite, a baiana se apresenta após o cantor Marcelo D2 e a banda Jota Quest, seguida de Lenny Kravitz e Shakira.

Além de já ter se apresentado na edição do festival em Madri (Espanha), Ivete é a única artista no mundo que participou de todas as edições do evento em Lisboa (Portugal). A cantora preparou um show especial para a noite, e tem previsão de início às 21h40.

“Será um sonho estar no palco do meu país, em um evento brasileiro, vencedor e tão visionário como o Rock in Rio. A emoção vai ser grande”, conta Ivete.

MINI SCHIN APOIA 9º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA INFANTIL

A partir de hoje (30), as cidades de Salvador (BA) e Aracaju (SE) recebem o 9º Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI), projeto cultural que conta com a parceria da linha de refrigerantes Mini Schin e que tem como principal diferencial as sessões de dublagem ao vivo.

Com títulos inéditos, e de diversos países, o festival tem o objetivo despertar o interesse do público infantil para a magia do cinema. A abertura do 9º Festival Internacional de Cinema Infantil ainda terá a distribuição de refrigerantes Mini Schin para as crianças.

FICI - O Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI), que tem como objetivo levar mais de 90 filmes para as salas de cinema das principais cidades brasileiras, já passou pelo Rio de Janeiro, Niterói, Brasília, São Paulo, Campinas, Belo Horizonte e agora chega ao Nordeste, com sessões em Salvador, Aracaju e Recife (PE).

Com um preço simbólico, o evento reúne filmes inéditos, clássicos, séries de TV, mostras especiais, curtas-metragens brasileiros e internacionais, além de também promover debates e oficinas de cinema de animação.

O festival conta este ano com uma novidade: a sessão Pequeno Cientista, que provoca discussões com um cientista de verdade e ensina sobre um tema através de um longa-metragem.

As crianças assistem ao filme e depois participam de uma experiência supervisionada por especialistas. O FICI proporciona a chance de ver – ou rever – filmes que nem sempre têm a distribuição assegurada por aqui, como ‘O Menino que Queria ser Viking’ (Holanda, 2006), ‘O diário do Panda’ (Japão, 2008) e ‘Soul Boy – À Procura da Alma’ (Quênia, Alemanha, 2010).

Serviço:

9º Festival Internacional de Cinema Infantil
Data: Salvador e Aracaju - 30 de setembro a 09 de outubro
Local: Rede Cinemar
kMais informações no site http://www.festivaldecinemainfantil.com.br/2011/

Eventos recebem Adelmario Coelho e enaltecem a cultura nordestina



Uma das principais atrações da festa que marca as comemorações à Padroeira de Moita Bonita em Sergipe é o forrozeiro Adelmario Coelho.

Famoso por defender suas raízes e propagar a cultura nordestina pelo Brasil, o cantor se apresenta no sábado (01), prestando sua contribuição ao evento, denominado “Primavera Cultural de Moita Bonita”, que busca levar para a população moitense, atividades sócio-culturais, que complementam a rica programação religiosa que movimenta a cidade durante os meses de setembro e outubro.

O objetivo da Prefeitura Municipal de Moita Bonita e da Secretaria de Cultura que atende a região é enriquecer a cultura presente no imaginário da população, proporcionando-lhe apresentações gratuitas de diversas formas de expressão artística.

A apresentação do forrozeiro acontece na Praça Ernesto Geisel, e promete animar o público com seu típico forró pé de serra, e os autênticos figurinos nordestinos. A música de trabalho de Adelmario Coelho “Conectar O Que?”, do CD Basta Acreditar, fará parte do repertório, além de sucessos memoráveis da carreira do cantor, a exemplo dos hits “Não Fale Mal do Meu País” e “O Neném”.

No dia 2, o forrozeiro se apresenta na Praia de Guaibim, durante a IIª Expo Agro-Florestal de Valença. Com o objetivo de reunir produtores rurais e fomentar a agricultura na região, a II Expo Agro-Florestal Valença traz na programação o II simpósio baiano sobre o cultivo de Acácia e do cultivo do Açaí, exposição de maquinas e equipamentos e palestra sobre o cultivo do dendê para biodiesel.

SAIDDY BAMBA É UMA DAS ATRAÇÕES MAIS ESPERADAS NO SAMBA ARACAJU



A banda SAIDDY BAMBA está com a corda toda mesmo, depois de uma semana agitada em Salvador, com participações em quase todos os programas locais, logo após seu ensaio na “Sexta do Trote” na The Beste Beach, os meninos do Saiddy Bamba, caem na estrada e o destino deste fim de semana é Aracaju.

É o SAMBA ARACAJU, uma das maiores festas indoor de Aracaju, que terá grandes atrações como Belo, Sorriso Maroto, Revelação, Grupo Pixote dentre outros. A Banda Saiddy Bamba está sendo apontada como uma das atrações mais esperadas do evento através de uma pesquisa feita pelo site oficial da festa www.centraldosamba.com.br.

Isso é prova que, não tem outra, SAIDDY BAMBA é SUCESSO HEIN?!

Stroke inaugura loja no Shopping Iguatemi/BA com direito a mini desfile comandado por Tininha Viana



Com foco em sua expansão, a Stroke, marca de vestuário feminino, inaugurou a sua segunda loja em Salvador ontem, dia 29 de setembro, no Shopping Iguatemi, às 19hs, com direito a um mini desfile produzido pela produtora de moda Tininha Viana.



Verena Morgade, franqueada, escolheu um espaço com 72m², que apresenta uma proposta inovadora e tem como objetivo levar à consumidora não apenas os produtos, mas busca inseri-la no Lifestyle Stroke com muito conforto e sofisticação.



Com um coquetel assinado pela promoter Marta Góes, os convidados vips, formadores de opinião, socialites e personalidades da cidade foram em peso prestigiar o evento, entre eles estavam Pedrinho Figueredo, Anderson de Oliveira, Heliana Cavalcanti, Patrícia Almeida, Jeff Rebouças, Luciana Galeão, Carol Cotias, Vinícius Cerqueira, Sydarta Raony, Roberta Frota, Tamyr Mota, Jamil Castro, Lorena Gonzalez, Roberto Pires, Mariana Caldas, Márcia Luz, Kelly Pinheiro, entre outros.



A loja apresenta itens modernos às mulheres antenadas ao circuito fashion. Essenciais para qualquer ocasião, desde o trabalho ao momento de lazer, os produtos adaptam-se perfeitamente a rotina e ao estilo da mulher moderna. A rede já conta com 57 lojas, entre próprias e franquias, e está presente, também, em mais de 200 lojas multimarcas pelo país.



A Stroke é uma empresa verticalizada, referência no seu segmento e que, por isso, oferece múltiplas oportunidades de negócios, por meio do franchising, que proporciona uma forma segura e rentável de investimento.

Confira algumas fotos:















Para a galeria completa, veja nossa página no Facebook: http://www.facebook.com/#!/media/set/?set=a.2210819624586.120435.1070358601&type=1


www.stroke.com.br

“DESCUBRA O BRASIL COM O DOKI” CHEGA AO SALVADOR SHOPPING PARA AGITAR O DIA DAS CRIANÇAS



Evento itinerante motiva as crianças a descobrirem o Brasil ao lado de Doki, Toot & Puddle, Backyardigans e Sid, o Cientista.

O Salvador Shopping recebe a partir de 30 de setembro o evento itinerante DESCUBRA O BRASIL COM O DOKI. Até o dia 19 de outubro, toda a família poderá se divertir com alguns dos personagens favoritos do Discovery Kids, que ensinarão às crianças conceitos da geografia brasileira de forma lúdica e divertida.

DESCUBRA O BRASIL COM O DOKI levará os pequenos em um circuito composto por cinco áreas, que correspondem às regiões do País. Nessa aventura, as crianças interagem entre si, aprendem sobre as diferenças culturais dos estados brasileiros e, à medida que percorrem as atividades, contarão com a ajuda de Doki e Mundi para completar as missões e assim garantir o carimbo no passaporte para se tornarem Exploradores Discovery Kids.



Na companhia de Doki e Mundi os pequenos visitarão lugares incríveis de todo o Brasil:

REGIÃO SUL: com a ajuda de Doki e Mundi as crianças irão aprender sobre a região Sul do País e o quão importante é organizar a mala para a viagem.

REGIÃO CENTRO-OESTE: nesta área, “Sid, o Cientista” mostra que o Centro-Oeste é uma região com uma variada vegetação, e ensina as crianças quais são os produtos finais que derivam das plantações de café, algodão e milho.

REGIÃO NORTE: Na companhia de “Toot & Puddle” os pequenos vão se divertir aprendendo a fazer música com os mais diversos sons da natureza, utilizando instrumentos típicos brasileiros.

REGIÃO NORDESTE: em uma das regiões mais bonitas do nosso País, entre os planaltos e praias, os “Backyardigans” precisam da ajuda dos pequenos para pescar.

REGIÃO SUDESTE: com Doki, Mundi, Fico, Anabela, Oto e Gabi os aventureiros vão conhecer o Rio de Janeiro, onde fica o maior estádio de futebol do Brasil, o Maracanã. Lá, antes de completarem seu passaporte de Explorador Discovery Kids, acontece uma divertida partida de futebol com toda a turma do Doki.

Para mais informações, acesse o site: www.discoverykidsbrasil.com.

A concepção e produção do evento têm como responsável a agência BYSide Comunicação junto com a Discovery Brasil.

Serviço:

Local: Salvador Shopping (www.salvadorshopping.com.br)
Av. Tancredo Neves, 2915
Salvador - Bahia
Local do evento: Praça de eventos
Telefone: (71) 3417-6000
Período: 30 de setembro a 19 de outubro
Horários: Segunda à sábado das 9h às 22h; domingo das 13h às 21h

Entrada gratuita

Ingressos: Retirada de senhas com o horário de entrada no circuito no local. Os ingressos são válidos para o dia em que foram entregues. Horário de funcionamento da bilheteria: segunda à sábado das 9h às 22h; domingo das 13h às 21h.

Manno Góes prestigia show de Gerônimo com canja de Durval Lelys



Vestido com a camisa da campanha “É Chique ser do Bem”, apadrinhada pelo grupo Jammil e que vai ajudar as crianças com câncer do hospital Aristides Maltez, o músico Manno Góes foi conferir, na noite de ontem (28), o show do cantor Gerônimo, no Padaria Bar, que teve como convidado Durval Lelys.

Ao lado da esposa Janina Andrade, uma das criadoras da campanha “É Chique ser do Bem”, Manno prestigiou os artistas e conferiu os grandes sucessos dos cantores na companhia de Armandinho, Kall Medrado e Marcela Martinez.

Semana da Criança com alegria e solidariedade no Pelourinho



O evento será marcado por muita diversão e solidariedade, estimulando as pessoas a fazerem doação de leite - importante para a recuperação de crianças com câncer.

Alegria e Solidariedade é o tema da semana dedicada às crianças promovida pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) em outubro, mês dedicado aos pequenos.



O evento terá início no próximo dia 6, quinta-feira, e segue até o 12 de outubro, sempre das 14 às 17 horas, no Largo Pedro Archanjo e nas ruas do Pelô. A programação será marcada por uma campanha de solidariedade, fruto de um esforço coletivo do CCPI e artistas parceiros, para provocar nas pessoas o sentimento de ajudar crianças por meio da doação de leite.

O alimento será destinado às instituições como Naspec – Núcleo Assistencial para Pessoas com Câncer, que precisa do leite para a recuperação dos pacientes após o tratamento quimioterápico, com efeitos positivos comprovados cientificamente.

Este ano, as atividades serão distribuídas ao longo de seis dias, com visitas guiadas, protagonizadas por guias mirins, aos pontos turísticos do sítio histórico como o Largo do Pelourinho, Igreja dos Rosários dos Pretos, Casa de Jorge Amado, Afoxé Filhos de Gandhy, Fundação Mestre Bimba, Teatro Miguel Santana, Museu Solar do Ferrão, Museu Tempostal, Olodum e Instituto Mauá.

No primeiro dia, 6 de setembro, às 15h30, a diversão ficará por conta do Circo Picolino, que fará um espetáculo circense pelas ruas do Pelô. A programação, que se alinha ao conceito do CCPI de apresentar uma alternativa cultural no contexto do Centro Histórico para crianças, prevê ainda apresentações da Escola de Dança da Funceb – Fundação Cultural do Estado da Bahia, do Musical Infantil “Os Sapecas” e dos espetáculos teatrais 'Vira Lona, lona Vira' e 'É Meu, é seu, é nosso!', além de oficinas com o objetivo de estimular a consciência ambiental das crianças sobre o impacto do lixo no meio ambiente e incorporar atitudes ecologicamente corretas e preventivas ao dia a dia da garotada, com foco na preservação do meio ambiente.



Dia da Criança – A data em que de fato é comemorado o Dia da Criança, 12 de outubro, será marcada por uma programação intensa. A criançada poderá aproveitar opções de oficinas lúdicas e pockets shows.

Um cortejo cênico terá a participação da Banda Didá, a Banda Mirim do Olodum, desfile de mamulegos e a festa dos pequenos contará ainda com exposição fotográfica, teatro de bonecos, brincadeiras, contação de histórias e apresentações de corais, dança e percussão. Toda a programação é gratuita.

Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) - órgão da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult/BA) busca, através do Programa Pelourinho Cultural, além de dinamizar as ações culturais no Centro Histórico, incentivar também a produção local, por meio da promoção de eventos realizados pela comunidade. Toda a agenda de atrações do programa tem acesso gratuito ou a preços populares.

Pelourinho e artistas se mobilizam pela solidariedade e diversidade



Programação pautada na solidariedade com opções de música, teatro e exposição fotográfica.

A agenda cultural do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) será marcada pela solidariedade neste mês de outubro. Diversas atividades tomarão conta dos largos do Centro Histórico a partir do próximo sábado, dia 1º até 31 de outubro, com eventos gratuitos ou a preços populares.

Mas, para integrar uma campanha de solidariedade, as atrações que integram a programação entre os dias 6 e 12, terão acesso com apenas 400g de leite. A ação, proposta pelo CCPI, foi prontamente abraçada por diversos artistas em lembrança ao Dia da Criança e o leite arrecadado será doado para instituições infantis e de apoio a crianças com câncer.

A agenda do Centro que tem sido marcada pela dinamização, diversidade de atrações culturais e qualidade artística, busca valorizar os nomes da terra, mas também abrirá a sua programação para atrações internacionais, como grupos de rock irlandeses, além de apresentações teatrais gratuitas e exposição fotográfica.



Agenda para todos os públicos – Do samba ao rock, passeando pelo reggae e o rap. As apresentações musicais da programação cultural de outubro do CCPI, por meio do Pelourinho Cultural, não sairão do objetivo de oferecer variedade de opções aos visitantes e turistas que circularão no sítio histórico este mês.

Os maestros Reginaldo Xangô e Fred Dantas levarão seus ritmos para a alegria do público, sobretudo da Terceira Idade, que estava saudoso das orquestras no Centro Histórico. A apresentação da Filarmônica do Maestro Fred Dantas homenageará a veterana sambista Claudete Macedo. “Ela subirá ao palco, e com os músicos, homenageará nomes do samba como Batatinha, Riachão, Valmir Lima e Zé Pretinho”, como pontua Fred Dantas.

Para comprovar ainda mais a diversidade no Centro Histórico é que a agenda parte da tradicional orquestra para o mais novo feito cultural da cidade. O Cabeça de Nós Todos, projeto repleto de estrelas como Saulo Fernandes e Jau, agora terá a participação de Margareth Menezes, na próxima quarta-feira, dia 5 de outubro, às 21h, no Largo Tereza Batista.

Da axé music ao rock, a agenda contará ainda com apresentações dos grupos irlandeses Mako e Bipolar Empire, que ao lado da banda carioca Medula e Armandinho, e outras atrações, aproximarão a Irlanda do Brasil, por meio do I Brasil Celtic Festival na Bahia, no próximo dia 21 de outubro, nos Largos Tereza Batista e Quincas Berro d’Água.



A agenda abrigará ainda os sons de Afro Jhow, Futurama e apresentações de blocos afros como Muzenza e Ilê Aiyê, este último na Feijoada de Ginga, no dia 30 de outubro, a partir das 13h.

Semana da Criança – Do dia 6 ao dia 12 de outubro, sempre a partir das 14h, o Pelourinho homenageará a criançada com uma programação especial. O evento terá apresentações circenses, visitas guiadas (com guias mirins) pelos pontos históricos do Pelô, oficinas sobre consciência ecológica por meio da oficina Tudo se Transforma, musicais infantis, aulas lúdicas, contação de histórias, com Nairzinha, entre outras atividades.

Estão previstas apresentações do Teatro Vira Lona, Lona Vira, Escola de dança da Funceb – Fundação Cultural do Estado da Bahia, Tudo se Transforma, Banda Didá, Pocket Show, Banda Mirim Olodum, Bandinha Alegria, Bandinha Alegria, Bonecões Mamulengo, Pau de Fitas e outras atrações.



Teatro – O teatro também estará fortemente presente nos largos em outubro. A peça Sou Transformista Mereço Respeito é uma das opções no dia da Benção, terça-feira, dia 4, às 21h, no Largo Pedro Archanjo.

O Centro de Referência Integral de Adolescentes (CRIA) apresenta as quartas-feiras, a peça “Quem Somos Nós”, dia 5 de outubro e “Quem Ensinou a Nadar”, no próximo dia 19, sempre às 8h. As duas peças fazem parte do Edital Tô no Pelô. O Sesc, por meio da 7ª Mostra Sesc, levará ao Cruzeiro de São Francisco o espetáculo O Mundo Tá Virado, dia 4 de outubro e Teatro Chamado Cordel”, dia 5, às 18h.

Algumas Atrações – Magary, Margareth Menezes, Surdo Virado, Luiz Galvão e Os Novos Baianos, Gal do Beco, Wilson Aragão, Cicinho de Assis, Edu Casanova, O Círculo, Márcia Short, Bankoma, Olodum, entre outros artistas.

Serviço – Agenda de 1º a 6 de outubro

O quê: O Pelô que toca e dança
Onde: Largo Pedro Archanjo
Quando: 01 de outubro às 09h

O quê: Banda Eletricaz
Onde: Largo Pedro Archanjo
Quando: 01 de outubro às 21h

O quê: Surdo Virado
Onde: Largo Tereza Batista
Quando: 3 de outubro às 21h

O quê: Sou Transformista Mereço Respeito
Onde: Largo Pedro Archanjo
Quando: 4 de outubro às 21h

O quê: Afro Batá Passeia pela Praças de Amado
Onde: Largo Quincas Berro d’Água
Quando: 4 de outubro às 21h

O quê: 7ª. Mostra Sesc de Artes Aldeia - Espetáculo “O Mundo Tá Virado”
Onde: Cruzeiro de São Francisco
Quando: 04 de outubro às 18h

O quê: Espetáculo Teatral “Quem Ensinou a Nadar”
Onde: Largo Pedro Archanjo
Quando: 5 de outubro às 08h

O quê: Orquestra Maestro Reginaldo Xangô
Onde: Largo Pedro Archanjo
Quando: 5 de outubro às 20h

O quê: Cabeça de Nós Todos – Margareth Menezes
Onde: Largo Tereza Batista
Quando: 05 de outubro às 21h

O quê: Abre Alas Para Música “Nelson de Oliveira”
Onde: Largo Quincas Berro d’Água
Quando: 5 de outubro às 19h

O quê: 30 anos de Samba de Gal do Beco
Onde: Largo Quincas Berro d’Água
Quando: 5 de outubro às 21h

O quê: 7ª. Mostra Sesc de Artes Aldeia Pelourinho – Espetáculo Sertão DOC l Grupo Nós do Teatro
Onde: Cruzeiro de São Francisco
Quando: 5 de outubro às 18h

O quê: 30 anos de Samba de Gal do Beco
Onde: Largo Quincas Berro d’Água
Quando: 5 de outubro às 21h

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O Ator Luiz Fernando Guimarães vai inaugurar hostel design de luxo em Salvador



Fotos: Uran Rodrigues/Divulgação

A inspiração é cosmopolita. O bairro é o charmoso e boêmio Rio Vermelho, que já foi morada de ilustres como o casal de escritores Jorge Amando e Zélia Gattai e dos tropicalistas Caetano Veloso e Gal Costa. Assim nasce a mais nova hospedaria de luxo em Salvador: F Design Hostel.



A iniciativa é do ator e comediante Luiz Fernando Guimarães em sociedade com Adriano Medeiros, empresário carioca do setor hoteleiro e também diretor de conceito do empreendimento.

Primeiro do gênero no país o F Design promete ser uma nova experiência no conceito sobre hostel. A inauguração no fim do ano já conta com uma festa estrelada com participação de amigos ilustres do ator.

E o empreendedor Luiz Fernando Guimarães, que conheceu a capital baiana na década de 80 com sua trupe “Asdrúbal trouxe o trombone” não vê a hora de receber os amigos em um ambiente intimista, com charme, conforto, sofisticação e, claro, muito design, o DNA do empreendimento. “Gosto de caminhar pelo Rio Vermelho, nadar nas águas tranquilas e quentes do mar da Bahia e por aí vai... Sempre tive vontade de compartilhar essas experiências com meus amigos”, explica o ator.



O F Design Hostel leva a assinatura dos premiados arquitetos André Figueredo e Alex Galletti. “Desde o portal de entrada ao prédio, o hóspede sentirá a energia, o clima acolhedor, a descontração e, principalmente, terá a sensação de bem estar que o baiano oferece. Cada detalhe foi pensado para receber o viajante não como em sua casa, mas num lugar único e inesquecível”, afirma Medeiros, que tem formação em administração hoteleira na Flórida (EUA), especialização em implantação de resort em San Sebastian (Espanha) e larga experiência no segmento.

De acordo com os empresários, o objetivo do F Design Hostel é que o hóspede tenha sempre uma experiência autêntica, num ambiente charmoso, em que ele possa vivenciar a cidade no que ela tem de melhor para oferecer: história, crenças, gastronomia, natureza exuberante, artes e seu povo.

O F DESIGN HOSTEL

Localizado num prédio moderno de quatro andares, pensado na praticidade, com luxo e conforto o F Design Hostel é o tipo de acomodação ideal tanto para jovens aventureiros sofisticados, quanto para famílias em busca de refúgio e descanso. O projeto - desenvolvido em uma área de quase 650 metros quadrados e quatro andares - conta com 04 suítes, com capacidade para duas pessoas, batizadas com os seguintes nomes: Life Style Lakshimi, Life Style Kalahari, Life Style Tokyo e Life Style Old Bahia com ambientação exclusiva inspirada nesses paraísos.

As acomodações coletivas possuem várias opções. “A proposta é que pessoas de várias partes do mundo possam se encontrar e trocar experiências multiculturais”, explica o arquiteto André Figueiredo.

Por isso, o quarto com capacidade para até quatro hóspedes foi desenhado com cápsulas futuristas e individuais; O F Design Hostel conta ainda com 04 quartos com capacidade para oito pessoas cada, 02 quartos coletivos com capacidade para seis e outros 02 quartos com capacidade para quatro pessoas e todos têm decoração especial inspirada em temas como Passaporte, Oceans, Street Style, Sky, Psicodelic, Floresta Tropical, Back Stage, Hi tech e quarto do DJ. Cada acomodação oferecerá uma experiência estética e sensorial única aos hóspedes.

O luxuoso hostel terá móveis assinados por renomados artistas e exclusivamente desenhados para cada ambiente. No terraço, um deck com piscina de borda infinita vai proporcionar uma vista incrível para o mar. Além dos serviços básicos como Internet Wi-Fi, cozinha moderna e totalmente equipada, recepção 24hs, lavanderia independente, jardim com vegetação tropical e câmeras de segurança o F Design Hostel contará com certificação da Hostelling International.

O toque de classe do hostel serão os espaços reservados para novos criadores da arte moderna e contemporânea e um lounge bistrô aberto ao público com assinatura de chef especializado.

Projeto inovador na noite soteropolitana vai misturar mágica e música



O espetáculo de música e ilusionismo vai animar as terças-feiras da boate Dolce.

A festa comandada pela banda Rio Vermelho contará, a cada noite, com um convidado especial. Um coquetel exclusivo para imprensa e convidados vai marcar o lançamento do projeto “Terça Mágica”, que acontecerá durante todo o verão, sempre às terças-feiras na boate Dolce.

A festa de lançamento será na próxima terça-feira, dia 4, às 22h, e contará com a presença de artistas, jornalistas, empresários do setor de entretenimento na Bahia, e convidados vip.

Inspirado no close-up magic street - movimento artístico típico das ruas londrinas, a “Terça Mágica”, foi idealizado pela Cidade da Música Entretenimento. A festa será animada pelos meninos da Rio Vermelho, banda que mistura a batida marcante do axé com o som envolvente do rock in roll.

Mágicas com cartas, truques com fogo e outras peripécias serão executadas por um dos integrantes da banda, o baterista Nelson Aguiar. A idéia é colocar em um mesmo palco espetáculo de magias e ilusionismo, com música de qualidade e muita animação.

Além das performances mágicas, os integrantes da Rio Vermelho, receberão a cada noite, um convidado. Saulo Fernandes, David Moraes, Gilmelândia, Ninha, Luiz Caldas, Leo Macedo, Jorge Zarath, Mametto e outros nomes do cenário musical baiano já confirmaram presença.

“O conceito da festa é inovador. Sair da mesmice dos roteiros culturais da cidade. Nossa expectativa é fazer uma apresentação diferente a cada noite, em uma festa que não vai deixar ninguém parado”, afirma o empresário Flávio Souza de Souza, um dos idealizadores do projeto. Rock, axé, samba e outros ritmos estarão no repertório musical da “Terça Mágica”.

Canções próprias, como “Rock Axé”, “Vou me Casar com Você”, “Não dê Stop” e “Para o Grande Amor”, além de interpretações de músicas conhecidas com arranjo especial assinado pela Rio Vermelho farão parte dos shows.

O projeto segue durante todo o verão, encerrando em fevereiro, após o carnaval. A proposta é fazer das noites das terças-feiras, uma opção permanente durante todo o verão.

RIO VERMELHO - A banda baiana traz o rock-axé e inova a cena musical. Liderada pelo cantor Peu Tanajura, consolida proposta inovadora com muita vibração e um som contagiante. O grupo que conta ainda com Heldinho Barral no contrabaixo e Nelson Aguiar na bateria, surgiu em 2009 e desde então agita a capital baiana com uma proposta interativa, contagiante e diferenciada.

RAFA MARQUES RECEBE HOMENAGEM EM ESTÚDIO DA OITO7NOVE4



Cantor da Oito7Nove4, Rafa Marques comemorou 24 anos na última terça-feira (27), mas a surpresa chegou um dia depois, nesta quarta (28).

Durante o ensaio para os shows que ele faz ao lado do irmão, Pipo Marques, neste fim de semana, em Recife (PE) e Campina Grande (PB), integrantes do fã-clube que leva o nome da banda fizeram uma surpresa e parabenizaram pessoalmente o músico.

No estúdio, bolo, doces e refrigerantes fizeram a alegria de toda a banda e de Rafa, que ficou emocionado com a homenagem. “Foi uma ótima surpresa, gostei mesmo. Fico sempre muito emocionado com o carinho dos fãs”, contou.

Espetáculos do CRIA debatem sobre direito à moradia e identidade cultural no Pelourinho



Nos dias 05 e 19 de outubro, às 10h, dois grupos artísticos do Centro de Referência Integral de Adolescentes (CRIA) apresentarão os seus espetáculos, no Pelourinho. As montagens Quem somos nós? e Quem me ensinou a nadar?, dos grupos teatrais Pessoa Comum e Iyá de Erê, respectivamente, serão exibidas no Largo Pedro Archanjo e terão entrada franca.

Após as apresentações, o público poderá participar de debates sobre os temas abordados nas peças, tais como a constituição da cidade do Salvador, com foco no Pelourinho, o direito à moradia, identidade cultural, políticas culturais e proteção ao direito da criança e do adolescente. Essa iniciativa faz parte do Projeto Diga Aí, Povo do Pelô, que traz ações de formação para o exercício da cidadania ao longo do ano de 2011.

O espetáculo Quem somos nós? sobe no palco no dia 05/10 (quarta-feira), às 10h. Dirigido por Alessandro Souza e Rose Silva, a montagem conta a trajetória da ocupação da cidade de Salvador e homenageia os negros, caboclos e ibéricos que habitam as terras brasileiras e suas contribuições para a construção das nossas identidades.

Para Rose Silva, a apresentação do CRIA no Largo Pedro Archanjo, demonstra a preocupação da instituição com o seu próprio lar. “Nós queremos reforçar o valor desse jovem do Pelourinho. É importante apresentarmos o ponto de vista diferenciado dos nossos adolescentes nesse mundo globalizado”, conclui. Maria Lúcia Pereira, do Movimento de População de Rua de Salvador, e Maura Cristina, do Movimento de Sem Terra da Bahia, serão as colaboradoras do debate pós-espetáculo.

Já a peça Quem me ensinou a nadar? vai para a cena no dia 19/10 (quarta-feira), também às 10h, levando para aqueles que moram e convivem no Pelourinho a cena do Centro Histórico e as relações de suas diferentes personagens: a trajetória da colonização cultural negra, o tráfico de seres humanos, a vida de seus meninos de rua e de suas mulheres guerreiras.

A diretora do espetáculo, Carla Lopes, diz que é indispensável apresentar no Centro Histórico um espetáculo que fala sobre o cotidiano da região. “Os meninos pesquisaram os moradores da área e fizeram uma série de entrevistas com eles”, conta.

Os debates prometem despertar visões diferenciadas sobre as temáticas da montagem com presença de Iviane Galdino, da ONG Força Feminina, e Marlene Vaz, socióloga, pesquisadora e especialista no enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. “As pessoas acham que o Pelourinho é um lugar onde a vida comunitária não existe. É vital apresentarmos a casa da gente, devolver para os moradores aquilo que eles são”, explica Carla Lopes.

Situado no Pelourinho há 17 anos, o CRIA busca a beleza e o fortalecimento de crianças e adolescentes do Centro Histórico e outros bairros de Salvador. O Diga Aí, Povo do Pelô!, idealizado pela CRIA, visa contribuir com a inclusão social e cultural da comunidade local, formada por crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos.

O projeto integra o programa Tô no Pelô!, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. Essa iniciativa tem o apoio institucional do Governo do Estado da Bahia, da Secretaria de Cultura, da Secretaria da Fazenda, do Fundo de Cultura da Bahia – FCBA e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia - IPAC.

Sinopses:

Quem somos nós?

O espetáculo conta a história da cons-trução da cidade de Salvador, pela ótica dos moradores dos bairros populares. Pessoas das mais origens diversas brigam por seu espaço em um terreno abandonado da cidade. Enfrentam a repressão policial e logo percebem que precisarão se unir para alcançar seus objetivos. À sombra de uma Juremeira, árvore sagrada do candomblé, crescem juntos e constroem a sua história.
Quem me ensinou a nadar?

O espetáculo se passa no Pelourinho, onde mulheres guerreiras fiam o destino de uma história que começou há muitos anos. Numa época em que os negros tornaram-se malungos (irmãos) no navio negreiro, e chegaram aqui para trabalhar na construção da cidade. A narrativa continua na luta do dia-a-dia, das mães que criam seus filhos com imensa dificuldade e na brincadeira de meninos e meninas que inventam mundos.

Diga Aí, Povo do Pelô!
Onde: Largo Pedro Archanjo, Pelourinho, Centro Histórico.
Quando: 05/10 (quarta-feira), espetáculo Quem somos nós?, às 10h e 19/10 (quarta-feira), espetáculo Quem me ensinou a nadar?, às 10h
Entrada Gratuita
Realização: CRIA
Patrocínio: Governo do Estado da Bahia, Secretaria de Cultura, da Secretaria da
Fazenda, do Fundo de Cultura da Bahia - FCBA e do Instituto do Patrimônio Artístico e
Cultural da Bahia - IPAC.

Home Design e Home Design Casual na Casa Cor Bahia 2011



Lojas levam sofisticação e qualidade a 20 ambientes do maior evento de
arquitetura e decoração do Nordeste.


A Home Design e a Home Design Casual, mantendo-se atentas às novidades em decoração e arquitetura, participam de mais uma edição da Casa Cor Bahia, que acontece de 29 de setembro a 9 de novembro, no antigo Salvador Praia Hotel, em Ondina. Em 2011, as lojas ganham destaque no maior evento de arquitetura e decoração do Nordeste, mostrando em 20 ambientes seus produtos marcados pela sofisticação e design atual e inovador.

Há 17 anos a Home Design é uma das grifes de decoração mais atuantes do mercado brasileiro. Na vanguarda das tendências em decoração, a loja traz para o evento os mais cobiçados móveis, tapetes e objetos dos melhores designers da atualidade.

Recentemente, a Home Design ampliou sua atuação no mercado e, além de ter inaugurado uma loja em Aracaju – SE, levou o seu show room para a vila mais badalada do Litoral Norte da Bahia, a Praia do Forte, com a intenção de oferecer as melhores opções em decoração também para turistas de diversas partes do Brasil e do mundo.

Inaugurada em 2006, a Home Design Casual é uma loja especializada em móveis e produtos ecologicamente corretos, à base de madeira de demolição, madeira in natura, fibras naturais e sintéticas. O design dos produtos, de maneira geral, é inspirado em elementos da cultura brasileira e valoriza as formas orgânicas, em busca de mais conforto, bem-estar, além de agregar aos espaços uma qualidade ambientalmente responsável.

Além da expertise na decoração de áreas externas e casas de veraneio, a loja incrementou seu portfólio com peças para os interiores de casas e apartamentos que buscam um toque mais despojado e ao mesmo tempo sofisticado em suas decorações.

A coleção 2011 da Home Design - presente em todas as edições da Casa Cor Bahia - e da Home Design Casual trazem peças exclusivas para Bahia e Sergipe. Dentre os destaques, a marca apresenta produtos assinados por nomes como Guilherme Torres, Jacqueline Terpins, Rejane Carvalho, Patrícia Urquiola, Ron Arad, Rô Schmitt, Pedro Mendes e Zanini de Zanine, Roberta Gabriel, André Bastos e Guilherme Leite (estúdio Nada se Leva). Em sua nova coleção, a Home Design traz o estilo maximalista, no qual elementos como cor, móveis, objetos e outros recursos ganham espaço na ambientação.

Outro destaque são peças da coleção Moroso/ Diesel e as roupas de cama da renomada marca Lacoste. A coleção é dirigida a um público que gosta da simplicidade, mas que ao mesmo tempo quer um toque de modernidade, combinando alta qualidade com um estilo leve, casual e confortável.

Dentre os espaços da Casa Cor Bahia 2011 em que as lojas estão presentes, destacam-se as peças incorporadas aos ambientes a seguir.

“Living na Casa" por Rogério Menezes

Peças HD e HDC em destaque: Sofá Chesterfield, Poltrona Tricot, Poltrona Serenitê e Cadeiras Baroque.

Sempre disposto a encarar desafios e decidido a apresentar as diversas facetas do seu trabalho, Rogério Menezes apresenta na Casa Cor 2011 um ambiente diferente dos seus mais tradicionais projetos. O espaço “Living na Casa” é o resultado de um trabalho que vem sendo amadurecido há anos. “Esse ano eu quis mudar um pouco meu perfil high tech, pois acabei ficando habituado a desenvolver apartamentos para jovens. Dessa vez, a minha inspiração veio do requinte. Pensei em uma pessoa mais sofisticada, mais clássica e um pouco mais velha”, conta Rogério.

O luxo e a história, o clássico e o contemporâneo coexistem dentro do espaço. “Fui para o antiquário buscar alguns elementos para demonstrar que quem vive ali tem bom gosto e viaja muito”, diz. Dois exemplos disso são um lustre e um espelho que saíram direto do século XVIII para compor a grandeza do living de Menezes. Para dar um toque moderno, e continuar brincando com a mescla de conceitos, ele acrescentou a escultura “A Maça”, de Romero Brito de 75 cm de altura por 50 cm de largura.

“Todas as peças que estão dispostas dão a sensação de que ali tem alguém vivendo. Não são aquelas coisinhas com cara de que acabaram de sair da loja. A impressão transmitida é a de que os objetos foram adquiridos ao longo do tempo por alguém cheio de referências”, explica. Além disso, há uma variedade muito grande de tecidos, 16 poltronas muito bem dispostas no ambiente.

Um dos pontos que chama mais atenção no espaço é a sua grandiosidade. Trata-se de um living com 150 m²: o tamanho de um apartamento de quatro quartos. No entanto, mesmo com toda essa área, o arquiteto conseguiu imprimir particularidade a cada pequeno espaço desse Living e dar uma feição de lar. “Em todo canto você encontra algo diferente. Quem chegar lá pode se apropriar da forma que quiser dos elementos e peças, estabelecendo uma identificação única. Não um padrão no gosto”, finaliza.



A Home Design não poderia estar de fora na concepção de um projeto moderno e cheio de bom gosto, por isso, Rogério Menezes optou por diversas peças da loja. O Sofá Chesterfield, por exemplo, foi indispensável para a composição. O nome Chesterfield advém de um modelo de sofá criado na Inglaterra onde as principais características são: encosto captonado, almofadas soltas no assento e braços na mesma altura do encosto.

Suas linhas clássicas e a sua característica principal de atemporalidade lhe garantem uma demanda contínua por parte dos profissionais de arquitetura e decoração. A Poltrona Tricot, assinada pela designer Rejane Carvalho, traz alguns novelos de lã ou linha, algumas agulhas para diferenciar os detalhes, tesoura e muito carinho. As premissas básicas dessa bela peça de Tricot são conforto e informalidade.

Para fornecer mais comodidade, Menezes escolheu a Poltrona Serenitê: uma poltrona de leitura, confortável e moderna. Já as Cadeiras Baroque, com design de Jean Christophe Bernard, têm como ponto forte a percepção da textura em um material uniforme. A francesa Acrila é pioneira em criar pecas lúdicas em acrílicos, transitando entre o clássico e o moderno de maneira bastante singular.

Sobre o Master Plan

Mesmo criando um ambiente desafiador para o seu trabalho, cheio de referências e novos conceitos, Rogério Menezes foi o Master Plan da Casa Cor 2011. A ideia principal foi confrontar estilos de vida e as diversas formas do morar. Foram, então, recriados os lofts, de planta livre e vista para o mar de Ondina, o apartamento prático e atual e a casa dos sonhos de proporções bem generosas.

Fazendo referência aos tempos áureos do Salvador Praia Hotel, tempos onde o hotel abrigava as festas e eventos mais importantes da cidade, a boate foi reativada e uma atmosfera de convívio e gastronomia foi recriada, ocupada com pizzaria, restaurante e café voltados para o mar ao redor de uma ampla praça chamada de Praça Casa Cor.

“Sala íntima do casal”, por Adélia Estevez

Peças HD e HDC em destaque: Poltrona Linha, Mesa de Centro Híbridos, Mesa Lateral Ring e Carro Bar Teca.

O ponta-pé inicial da proposta de Adélia Estevez no momento de criação da “Sala íntima do casal” da Casa Cor 2011 foi criar, em 50m², um espaço que permita aos moradores desfrutarem com comodidade dos melhores momentos de intimidade dentro do lar.

“A ideia é que essa sala integre uma casa grande e pertença a um casal maduro, porém, contemporâneo”, conceitua Adélia, “um local onde os dois tenham momentos de lazer, desde assistirem a um filme, lerem livros e até cozinharem, sem precisarem se deslocar para outros cômodos”. Seguindo o tema de que esse deve ser um lugar em que o casal desfrute de um universo particular, a designer projetou um espaço gourmet com estrutura para pequenos jantares entre amigos.

Adélia elaborou um ambiente descontraído, sem muito luxo, mas, como de costume, muito elegante, utilizando peças de decoração da Home Design. “Prezo, principalmente, pela qualidade dos objetos. A Home Design atende perfeitamente às minhas necessidades”, diz. Mesclando cores modernas como tangerina e off-white, Adelia harmoniza com sutileza o clássico e o moderno. “Tenho certeza de que o resultado será bastante original e descontraído”, finaliza.

Na grande lista de peças utilizadas por Adélia está a Poltrona Linna, assinada pela designer Jader Almeida. Fabricada em madeira maciça e conchas de multilaminado, a partir de cortes computadorizados e processos manuais. Uma proposta que re-visita elementos de época, onde vanguarda e memória sintetizam a intenção do produto. Sua melhor definição é a atemporalidade. Seguindo os produtos de qualidade, a mesa de Centro Híbridos, do designer Josér Marton, traz a essência da Coleção Híbridos reunindo várias funções: móvel, adorno e iluminação.

A criatividade do artista também revela uma mesa de centro, com pés torneados e vaso para flores, e um espelho, que agrega funções de suporte para casacos e apoio para objetos, como celulares, chaves e outros. A Coleção Híbridos consta com edições limitadas.

Todas as peças contém uma gravação à laser com a assinatura do designer e o número serial da peça, sendo que algumas peças terão números limitados. Quem adquirir uma peça limitada Híbridos receberá um certificado de obra de arte assinado pelo artista. A Mesa Lateral Ring, do designer Jader Almeida, e o Carro Bar Teca, assinada pela Designer Jader Almeida, são mais dois destaques de produtos elegantes e de estética atemporal.

“Suíte da Noiva”, por Cláudia Lopes e Daniela Lopes

Peças HD e HDC em destaque: Sofá Lux, Poltrona Josephina e Mesa Antoinnete.

Um ambiente que consiga reunir o clássico e contemporâneo pensado para uma noiva que quer ter tudo ao seu alcance. Foi a partir dessa ideia central que Cláudia e Daniela Lopes desenvolveram o seu espaço na Casa Cor 2011: a “Suíte da Noiva”. É um clássico sobre a noiva. “Pensamos desde uma iluminação adequada até uma mesa lateral com provas de bolos para transmitirmos a ideia de que ela está planejando tudo para o dia do seu casamento”, explica Cláudia.

Os elementos são diversos: uma papelaria da noiva - imprimindo a sensação de que a noiva está escolhendo seus convites; fotos de noivas famosas, para estimular a imaginação da concepção da cerimônia.

As arquitetas buscaram por peças que casassem com o ar clássico e contemporâneo presente no espaço, logo, nada melhor que a Home Design para oferecer produtos de qualidade. Exemplo disso é o Sofá Lux, dos designers Guilherme Leite e André Bastos, que se destaca pela tendência do capitonê que surge no encosto do móvel integrando luxo e charme na mesma concepção de clássico e moderno. De presença marcante, o Lux é uma das peças que conferem requinte ao ambiente.

Outra escolha acertada, segundo Cláudia e Daniela, foi a Poltrona Josephina, assinada pela designer Rô Schmitt. Num design moderno, mas baseado em clássicos europeus, esta poltrona destaca-se pela elegância e charme de seus acabamentos e detalhes feitos em seu estofo. A integração de design moderno com características do mobiliário clássico segue os mais novos padrões de decorações nacionais e internacionais facilitando sua inserção em qualquer tipo de decoração e ambiente.

A Mesa Antoinnete, com designer do Estúdio Nada Se Leva, também fornece beleza e classe ao ambiente da noiva. A mesa é composta por dois cubos sobrepostos, um de acrílico cristal e o outro espelhado. “A proposta é causar altered perceptions, ou seja, provocar a dificuldade de perceber a fronteira entre a realidade e o virtual”, preconiza André Bastos, sócio e designer da Nada se Leva.



“Loft do Marchand” por Flávio Moura

Peças HD e HDC em destaque: Mesa Lateral Parso, Mesa de Jantar Fifties e Mancebo Lancilotto.

Pensado para um casal de marchands, a arte é o ponto forte do projeto “Loft do Marchand” desenvolvido por Flávio Moura para a Casa Cor 2011. “Esse é um loft transformado numa grande galeria de arte. Quem entrar no meu espaço apreenderá um pouco mais sobre o universo artístico de Florian Raiss”, explica o arquiteto. Pinturas, relevos e todos os tipos de desenho do artista carioca marcam presença no ambiente. A obra Quadrúpede, uma estrutura de bronze que ora segura uma flor, ora segura uma maçã é uma das obras mais famosas de Raiss.

Flávio decidiu transformar o loft num apartamento, com direito a quarto, sala de jantar, banheiros varandas e tudo mais. “Resolvi colocar todos esses ambientes para dar uma sensação de casa, mas sem portas”, diz. Ele buscou usar móveis que possuíssem linhas retas, toques do clássico, valorizando a contemporaneidade com a ousadia e experimentação de misturar metais dourados, prateados e bronze. Além de também ter feito um mix entre cinzas, grafites, beges e areias.

Para executar bem as suas intenções Moura recorreu à Home Design para encontrar peças que atendessem a sua demanda. Três delas são as grandes vedetes do espaço: a primeira é a mesa Lateral Parso, do designer Fabrizio Rollo.

Feita totalmente artesanal e revestida em patchwork de aço inox, a peça é um “brilho” de design e qualidade. Também se destacando em meio a tantas obras de arte, a mesa de Jantar Fifties, assinada por Guilherme Torres, é inspirada nos apoios da marquise do Ibirapuera, já que o designer a elaborou no dia quem fez uma caminhada pelo parque.

Já o Mancebo Lancilotto, do designer Leonardo Bua, é um projeto que nasceu da necessidade de se pensar um acessório que tem um desenho agradável mesmo quando "não vestido". Um projeto de composição elementar, constituído por um formato de pirâmide truncada e algumas hastes livres dentro da base, como um lápis solto dentro da caixa. A extremidade superior recebe um corte diferenciado, o que possibilita que diversos tipos de objetos sejam pendurados.

“Garagem” por Gabriel Magalhães e Luiz Cláudio Souza

Peças HD e HDC em destaque: Poltrona Pasha e Mesa Lateral Besame Mucho.

A meta para criação do ambiente “Garagem” da Casa Cor 2011, assinado por Gabriel Magalhães e Luiz Cláudio Souza foi conceber um espaço essencialmente masculino, preparado para receber um carro e suas peculiaridades, mas que também fosse palco para outros usos intrínsecos ao dia-a-dia atual.

Para isso, os arquitetos levaram um modelo fictício de um homem, com mais de 40 anos, apaixonado por carros, por esportes, pelas músicas do Bob Dylan, por receber amigos, e preparar drinks. O que mais chama atenção no ambiente é o caráter contemporâneo e masculino que ele tem. A atmosfera é sombria, a iluminação é pontual, entretanto extremamente acolhedora. Além disso, as fotos de Fabrício Fasano, vindas especialmente para o ambiente, são grandes pontos focais do espaço.

O espaço, contemporâneo e acolhedor, foi dividido virtualmente em 4 ambientes: parada do carro, home e espaço gourmet e lavabo. “Para integrar os espaços e criar unidade visual usamos como base arquitetônica um piso de concreto que simula madeira cor Tabaco”, afirma Gabriel Magalhães.

Em todos os ambientes da Garagem, a Home Design está presente. No gourmet, eles optaram por marcar a posição especial daqueles que ocupam a cabeceira com Poltrona Pasha, uma peça feita em policarbonato e extremamente versátil, pois se adapta em ambientes indoor e outdoor. Tem versões nas cores preta, branca e transparente. Sua forma clássica combinada com materiais modernos é a síntese perfeita entre tradição e inovação.

No home living, a Home Design também marca presença com a mesa Lateral Besame Mucho, com design de Jacqueline Terpins. Em novo material, ela foi lançada em corian, matéria-prima que combina com perfeição minerais naturais e resina acrílica de alta qualidade. A peça tem uma superfície sólida, maciça e resistente. Como resultado estético, este material passa a sensação de porcelana fosca, permitindo criar ambientes sensoriais e criativos. É durável, não descasca e é resistente à maioria dos impactos e arranhões que ocorrem em áreas de uso intenso.

“Espaço Gourmet” por Isa Brandão e Ellen Simões

Peças HD e HDC em destaque: Estante Pega Varetas e Mesa Lateral Piu.

Num “Espaço Gourmet”, nada mais justo que o chef gourmet seja a grande estrela do ambiente e foi exatamente assim que pensaram a arquiteta Isa Brandão e a designer Ellen Simões, responsáveis pelo espaço na Casa Cor 2011. “Criamos um canto para o chef, onde a disposição dele é central.

O objetivo é convocar todas as atenções para ele”, explica Isa Brandão. Pensado como um grande protagonista do espaço, até mesmo uma espécie de palco foi desenvolvida para ele. Para não abandonar a importância do oceano, Isa e Ellen pensaram no projeto também com um mirante, onde pudessem conjugar o mar e o gourmet.

As arquitetas esclarecem que esse espaço não é apenas uma cozinha, é também um espaço para socialização. “Se você quiser fazer um petit-comitê, um coquetel para 40 pessoas, você terá tudo às mãos. Não é só uma varanda, ela tem um objetivo de fazer pequenos eventos”, completa Isa, que buscou, em todo projeto fazer um link com a sustentabilidade. “Acredito que o design e a sustentabilidade não são opostos, são complementares”, finaliza.

Alguns dos grandes destaques do ambiente são a Estante Pega Varetas, do designer Estúdio Carlos Resmini. A inspiração para o desenvolvimento da estante está no jogo homônimo, onde um feixe de varetas é jogado ao acaso. Pensando na imagem planificada da brincadeira, surgiu a idéia de usar um círculo como elo de ligação das varetas espalhadas.

As varetas foram, então, entendidas como montantes e prateleiras. Sendo o jogo simples, fácil de brincar e transportar, a estante mantém essa premissa, e sendo assim, pode ser montada e desmontada.

Outra peça que chama atenção é a Mesa Lateral Piu, desenvolvida pelo designer Bernardo Senna. Com estrutura em madeira torneada, a mesa é quase uma caricatura de uma pata de pintinho. Ou seja, trata-se de uma proposta alegre e colorida, que revitaliza com bom humor e elegância os espaços onde é colocada.

“Brinquedoteca” por Janete Chaouí

Peças HD em destaque: Cavalinho Gioco e Conjunto Bambino.

Ao entrar na “Brinquedoteca”, ambiente desenvolvido pela arquiteta Janete Chaouí, os visitantes da Casa Cor 2011 serão automaticamente transportados para o mundo das crianças. Segundo Janete, a ideia surgiu da vontade de criar um espaço que propiciasse o resgate do “brincar” e que levasse a criança para o mundo da fantasia.

Todos os elementos presentes foram inspirados em ícones do imaginário infantil, como o portal de entrada, que faz referência a um arco-íris e é o responsável pela transição de quem chega à Casa Cor ao mundo das crianças. “Por ser uma Brinquedoteca, tive a possibilidade de usar a criatividade sem limites com a garantia de bastante liberdade para criação e concepção do ambiente”, afirma a arquiteta.

O tom lúdico é ratificado com a utilização das quatro cores primárias e vibrantes (azul, amarelo, vermelho e verde) que conferem a unidade da linguagem de todo o projeto. A alusão à infância é marcada pela presença de diversos elementos: os carrinhos na estante relembram o jogo tetris; o camarim com fantasias estimula a imaginação das crianças com a experimentação de personagens; uma bancada com espelho e muita maquiagem ajuda nessa transformação; e um castelo de contos de fadas permite aos pequenos subir e escorregar em uma piscina cheia de bolas.

Para criar um ambiente verdadeiramente infantil e mágico, Janete Chaouí recorreu a Home Design para encontrar peças que a ajudassem na composição. O Cavalinho Gioco, em metacrilato, desenvolvido pelo designer Zanini de Zanine foi um grande casamento com a sua vontade. Numa aposta de que o gosto pelo design pode ser incentivado desde a infância, a peça faz uma releitura minimalista do tradicional cavalinho de balanço.

Esta nova versão teve como maior desafio conciliar a simplicidade, o lúdico e a necessária estruturação para a peça que oscila apoiada em apenas um ponto. A peça recebeu prêmios do Museu da Casa Brasileira 200, ficando em segundo lugar na categoria mobiliário e também da IDEA Brasil 2010, com o Prêmio Ouro. Além do Cavalinho Gioco, ela também usou o conjunto Bambino (cadeira e mesa infantil), também desenvolvido pelo designer Zanini de Zanine.

“Suíte do Hotel” por Margarete Iglesias

Peças HD e HDC em destaque: Cama Migoto, Banqueta Kalup, Cadeira Giovanna e Poltrona Vitória.

Para Margarete Iglesias, responsável pela concepção do ambiente “Suíte do Hotel” da Casa Cor 2011, o tema fala por si só. Mesmo assim, a arquiteta buscou não fazer o esperado: conjugou a funcionalidade de uma suíte de hotel com o aconchego de um quarto, que poderia ser da própria casa do visitante do espaço. Além disso, Margarete afirma que queria um ambiente que pudesse ser universal, nada que fosse específico da Bahia. “Essa suíte poderia estar em qualquer lugar do mundo”, completa.

Por conta de a suíte estar muito próxima do mar, a arquiteta quis torná-la uma extensão dele. Daí vem o forte uso do azul-turquesa: o oceano foi trazido para dentro do quarto. “A nossa proposta era termos um projeto atemporal, que não fosse impessoal; ele deveria passar um certo calor e conforto. Colocamos, obviamente, todos os itens que remetem à funcionalidade de um quarto de hotel, mas, ao mesmo tempo, conseguimos uma essência de lar no ambiente”, finaliza.

Os móveis em tecido da Home Design casaram completamente com a proposta aconchegante do ambiente, fugindo da distância e do ar impessoal dos quartos de hotel. A Banqueta Kalup, assinada pelos designers Graça Kazan e Luiz Mário Moura, a cadeira Giovanna e a Poltrona Vitória são todos estofados e revestidos em tecido, colaborando bastante com o jogo de tecidos que faz a ambientação do espaço. Além disso, o Carrinho Lap Table e o Tapete Super Silk adicionam requinte à suíte.

“Espaço Residence” por Márcia Meccia

Peças HD e HDC em destaque: Buffet Aquarela, Sofá Darya e Cadeiras Brera.

O mar e o colorido de Salvador foram as grandes inspirações para Márcia Meccia criar o seu ambiente da Casa Cor 2011, o “Espaço Residence”. Um dos grandes focos da arquiteta, foi o aproveitamento do espaço, compatível com a realidade de vida urbana, bem como o uso de peças de design em formatos adequados. Como em tudo há desafios, o dela foi viabilizar conforto para a vida real num espaço tão pequeno.

Buscando peças que estivessem de acordo com os interesses do seu ambiente, a arquiteta recorreu a Home Design, expert em móveis com conforto e praticidade. Inspirada no neoplasticismo das obras do pintor Piet Mondrian, a peça Buffet Aquarela, da designer Rô Schmitt, é um dos destaques.

Para Márcia, o forte colorido da peça, realçada por um laminado resistente a riscos, tem tudo a ver com a beira do mar da Bahia. É elaborado em compensado e MDF, e sua parte interna possui prateleiras e um gaveteiro para talheres com fundo em couro ecológico branco. O acabamento interno é em laca branca. Possui medidas variadas, começando com três portas podendo chegar ate cinco.

Para fornecer mais requinte ao ambiente, tem-se o Sofá Darya, desenvolvido pelos designers do Estúdio Nada Se Leva. É uma peça feita com madeira de reflorestamento e tecido de fibra de bambu. Além disso, as Cadeiras Brera, ajudam na sensação de praticidade. Apesar da inspiração européia da designer Rejane Carvalho Leite (Brera é um bairro de Milão), Meccia acha que o uso da palhinha lembra os móveis coloniais baianos. Tem transparência, leveza e toque artesanal.

“Loft do Colecionador” por Mario Figueredo

Peças HD e HDC em destaque: Luminária Cone Light Tripod e Móvel Aranha
O conceito do projeto de Mario Figueredo para o ambiente “Loft do Colecionador” da Casa Cor 2011 gira em torno da ideia da constante renovação. “Sempre estamos adquirindo objetos e referências de nossas vidas, e a nossa residência é a guardiã dessas memórias.

Esse conceito será refletido no projeto em pequenas coleções, de valor artístico ou não, de bom-gosto ou não, mas certamente com grande valor sentimental”, explica o arquiteto sobre as referências que utilizou no espaço.

O tema do loft é propositalmente dúbio, na verdade o colecionador aqui em questão não coleciona objetos, ele recolhe e guarda os fragmentos da própria vida até aquele instante. O visitante poderá conferir obras de arte conceituais, coleções de canecas de extintos festivais de choppe, moedas, garrafinhas, coleções de gravura. “Tudo caracterizado por no mínimo duas peças, para refletir o critério de repetição que caracteriza uma coleção, e que se inicia com no mínimo duas peças”, finaliza.

Mario afirma que a escolha pela linha de produtos da Home Design se deve ao fato de que ela associa o que existe de vanguarda no design mundial a um uso confortável pelas pessoas, o que se relaciona muito bem com o tema que essencialmente é "vamos celebrar a nossa vida, tenha sido ela como for".

Exemplo disso é a Luminária Cone LigthTripod, com design de Tom Dixon. Feita por um processo de chapas de alumínio girando sobre um molde de aço, o cone de alumínio multi-funcional, com o seu convexo difusor acrílico de alto brilho, vem em dois tamanhos. O grande cone é de tamanho generoso e pode ser usado como pingente, luz ou andar como um candeeiro de pé gratuitamente em um carrinho de aço cromado. A alongada, Small Cone, é um pingente direcional, mas também pode ser usado no suporte, em combinação com grande cone.

O Móvel Aranha, também um ponto forte do ambiente, teve o designer assinado pela Em2 design, uma peça inspirada nos móveis retrôs dos anos 50. Com um toque moderno conseguido pelo uso das cores e entalhes da porta, é um móvel também funcional, pois trata-se de uma peça de apoio/bar.

A porta se abre exibindo seu espaço interno criado para copos e acessórios, ficando as bebidas expostas na parte superior do mesmo.

“Espaço Inteligente” por Simone Sélem, Gizélia Souto e Milce Silveira

Peças em HD e HDC em destaque: Mesa de Jantar Tarah e Mesa Apoio Bosque.

O “Espaço Inteligente”, da Casa Cor 2011, assinado por Simone Sélem, Gizélia Souto e Milce Silveira é uma mostra arquitetônica interativa, que envolve ações culturais, e tem como foco apresentar soluções de arte, técnicas e sustentáveis aplicadas nas áreas de arquitetura e arquitetura de interiores. A arquiteta Simone Sélem conta que foram utilizados materiais com maior ciclo de vida no projeto.

“O objetivo disso foi minimizar a extração de matérias virgens da natureza. Estávamos preocupadas com a questão ambiental, mas não deixamos de levar em consideração a estética e o design, que estará presente no mobiliário, nos acabamentos e adornos”, explica. O ambiente será predominantemente branco, com a cor verde pontuada em alguns elementos.

O público verá um espaço funcional decorado com bom gosto, através de materiais que proporcionam o conforto térmico, acústico, tátil e visual. Ali também serão aplicadas soluções para a utilização de uma energia mais limpa, racional e adequada para todas as pessoas. “Trabalhamos com materiais extraídos da cana de açúcar, como o plástico verde, presente em embalagens plásticas e na produção do espaço”, finaliza Simone.

99% dos móveis utilizados no ambiente provém da Home Design, principalmente aqueles que possuem tecidos ecologicamente correto. Os destaques do espaço são a Mesa de Jantar Tarah, do designer Pedro Mendes e a Mesa Apoio Bosque, assinada por Guilherme Leite e André Bastos e que faz parte da Linha Bosque em Casa. Essa linha traz peças lúdicas e versáteis, com acabamentos em madeira e laca, fazendo com que o usuário possa montar sua própria floresta.

SERVIÇO:

Home Design e Home Design Casual
Evento: Casa Cor Bahia 2011
Local: Av. Getúlio Vargas, 2238 – Ondina, Salvador-BA
Período: 29 de setembro a 9 de novembro

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Pedrinho Figueredo comanda os Sábados na Tékton Club



Foto: Uran Rodrigues.

Leva a assinatura do relações públicas Pedrinho Figueredo, a lista de convidados VIPs da boate soteropolitana Tékton Club.

Por lá, o baiano promete agitar as noites de sábado a partir do próximo dia primeiro de outubro. Instalada na edição deste ano da mostra de arquitetura e decoração Casa Cor Bahia, a Tékton Club tem projeto assinado pelo designer Paulo Henrique Souza. No sábado de abertura, a animação vai ficar por conta da batida eletrônica dos DJs Felipe Monteiro e Mateus Velaz.

A operação da Tékton Club está sob a batuta da produtora Diva e do empresário Thiago Fernandez.

TECNOLOGIA E CONFORTO A SERVIÇO DO LAZER NA CASA COR BAHIA 2011



O arquiteto Emerson Carvalho levou aos mínimos detalhes o tema “Dia a Dia com Tecnologia” ao criar para a Casa Cor Bahia 2011 uma sala de multimídia, que em cada detalhe proporciona um agradável momento de lazer. E nada melhor do que um ambiente especialmente projetado para privilegiar esses momentos.



A decoração preza por móveis e paredes em tons escuros para que as telas, monitores de TVs e laptops sejam evidenciados. Um grande painel terá um grafite produzido por Dennisena, um dos mais conhecidos artistas desse tipo de arte na Bahia. Piso em mármore lixado na cor preta, espelho para a projeção de imagens e a iluminação pontual em leds deixam o ambiente ainda mais agradável. Sem contar nos móveis, que são um conforto à parte.



“O público encontrará no meu ambiente um espaço agradável e confortável para ver TV e usar a tecnologia moderna em aparelhos de multimídia”, conta o
arquiteto.

CONFORTO E INTIMIDADE PARA O CASAL NA CASA COR BAHIA 2011



Numa casa, todo casal precisa de um ambiente onde possa desfrutar da companhia do outro de maneira confortável e íntima. E este ambiente não precisa ser, necessariamente, o quarto. Pensando nisso, a designer de interiores Adélia Estevez criou o estar íntimo do casal, uma sala charmosa e sofisticada onde é possível viver momentos agradáveis e de descanso após um dia de trabalho.

O casal dispõe de um home theather, bom para aliar o conforto à tecnologia, além de uma estante funcional que compõe o ambiente. Para relaxar, um sofá aconchegante, tapetes macios e almofadas espalhadas pelo chão. O piso importado lembra madeira de demolição e tem um excelente acabamento.



Se quiser desfrutar de um jantar a dois, o casal conta com uma parte da sala dedicada para isso. Em frente à mesa de jantar, toda a praticidade de uma estante com cooktop (fogão de mesa), pia e gavetas para que a refeição possa ser feita de maneira rápida, sem comprometer o momento do descanso. O acesso fácil às bebidas se dá através de carrinhos que me movimentam pelo ambiente.



Toda a madeira usada na composição do ambiente é certificada. Os tecidos prezam pela clareza e a transparência coloca os vidros em evidência. A iluminação converge para tendências lançadas na Feira de Milão. Tudo para mostrar como se viver bem em 50m².

LUXO ENTRE PAREDES DO LOFT DO MARCHAND NA CASA COR BAHIA 2011



Em 130m², o arquiteto e designer de interiores Flávio Moura projetou o loft do marchand, um ambiente que preza pela elegância, luxo e sofisticação. Homenageando o artista Florian Heiss, Flávio Moura traz obras do artista que se destacam por seu lirismo e fantasia. Ele visitará o espaço durante a Casa Cor Bahia 2011.

A linguagem é contemporânea, mas não abre mão de elementos clássicos. A combinação de cores, materiais, textura e acabamento dão o toque inusitado ao ambiente. A proposta é acolher um casal apaixonado por arte. Os espaços são bem distribuídos, amplos, definidos e projetados para se viver com comodidade, conforto e luxo.



Os metais nos tons bronze, cromado, ouro e cobre se mesclam com os tons de bege, madeira natural, peças de design e obras de arte. Há também nuances que inovam pela combinação de cores como beges, cinzas, grafite e tons terrosos. A combinação de cada elemento promete tornar o espaço encantador.

Casa Cor:

De 29 de setembro a 06 de novembro
Endereço: Av Presidente Vargas, 2338, Ondina, em Salvador (antigo Salvador Praia Hotel).

COFRINHOS DO McDONALD’S BATEM RECORDE DE ARRECADAÇÃO E GARANTEM CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER INFANTOJUVENIL

A Campanha dos Cofrinhos, que conta com a doação do troco depositado pelos clientes da rede McDonald’s para ajudar no combate ao câncer infantojuvenil por meio de projetos apoiados pelo Instituto Ronald McDonald, bateu um recorde de arrecadação no mês de agosto, somando R$ 439.603,31.

Desde o início do campanha, em 1999, o valor máximo arrecadado em um único mês havia sido R$ 357.898,00, em novembro de 2005. A soma obtida em agosto de 2011 é 66% superior à do mesmo período de 2010 e 37% maior que a meta inicialmente prevista.

A arrecadação da Campanha dos Cofrinhos é a principal fonte de recurso do Programa Diagnóstico Precoce, que busca capacitar profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF), bem como os médicos do SUS, para suspeitarem precocemente dos sinais e sintomas do câncer em crianças e adolescente.

A iniciativa é desenvolvida pelo Instituto Ronald McDonald, em parceira com o Instituto Nacional de Câncer (INCA) e a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope) e visa contribuir para o aumento dos índices de cura do câncer infantojuvenil, uma vez que a forma mais efetiva de curar a doença é garantir o diagnóstico precoce e o encaminhamento adequado.

Só no primeiro semestre de 2011 os cofrinhos já arrecadaram mais de R$ 1,5 milhão. O valor é 33% maior que o arrecadado no mesmo período do ano passado. Programa Diagnóstico Precoce na Bahia Na Bahia, o GACC – Grupo de Apoio à Criança com Câncer, é a instituição participante de mais uma etapa do programa.

De 8 de julho 2011 a abril de 2012, cerca de 504 profissionais de saúde passarão pelas capacitações do Programa Diagnóstico Precoce, que será realizado na cidade de Salvador, em 4 distritos sanitários do município: Pau da Lima, Cajazeiras, Centro Histórico e Itapagipe.

A capacitação consiste em uma série de palestras ministradas por profissionais de saúde que lidam diariamente com o câncer infantojuvenil. Sob a coordenação cientifica de Ruth Rocha, Coordenadora Técnica do Projeto Vamos Fazer Juntos: Diagnóstico Precoce do Câncer na criança e no adolescente em Salvador-BA, do Instituto de Desenvolvimento Pessoal e Organizacional – IDDE, firmou parcerias com o gestor do SUS na localidade, além de parcerias com o Instituto Ronald McDonald (IRM), do Instituto Nacional do Câncer (INCA), da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope), da Fundação ABM de Pesquisa e Extensão na Área da Saúde (FABAMED) e da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Salvador.