domingo, 30 de junho de 2013

Cultura em Campo, Arte na Bahia


Fotos: Zeza Maria, Nana Gadelha e Henrique Coelho.

Shows, musicais, apresentações de teatro, dança, exposições de artes visuais, performances, exibição de filmes, ações de formação e debates sobre cultura e futebol movimentaram Salvador e divertiu baianos e turistas durante a Copa das Confederações. Craques da nossa arte e cultura transformaram os dias de jogo em dias de festa e deram mais visibilidade nacionalmente e internacionalmente à diversidade da cultura baiana. O projeto idealizado pela Secretaria da Cultura da Bahia (SecultBA), ofereceu para o público mais de 120 eventos gratuitos e a preços populares, em 22 espaços culturais da capital baiana e em centros culturais do interior, numa programação especial que se estendeu até 30 de junho.


“O Cultura em Campo superou as expectativas da SecultBA. Estou muito contente com o resultado do projeto e com o grande número de pessoas que conferiram a nossa programação em plena Copa das Confederações e festejos juninos”, declarou o Secretário de Cultura do Estado da Bahia, Albino Rubim, que conferiu diversos eventos da programação cultural.


A programação especial do Teatro Castro Alves contemplou música, teatro e dança. Nos dias 13 e14 de junho Gilberto Gil encantou o público no TCA com a apresentação do Concerto de Cordas e Máquinas de Ritmo. Acompanhado da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) ele foi aplaudido pela plateia com o seu repertório variado que incluiu clássicos daqueles a quem ele chamou de “meus grandes mestres”.


A Orquestra Juvenil da Bahia e a Rumpilezz, se apresentou na Sala Principal do Teatro Castro Alves com ingressos esgotados, no dia 28 e 29 de junho. Aproximadamente 4.000 pessoas conferiram a apresentação ímpar, que contou com a participação da cantora Margareth Menezes. Em sua primeira apresentação ao lado dos instrumentistas do Neojiba, a artista trouxe para o público a interpretação da canção “Tico-Tico no Fubá” de Zequinha de Abreu. Já na companhia da Orkestra Rumpilezz, ela interpretou a canção “Depois que o Ilê Passar”, do grugo Ilê Aiyê.

Programação Baiana de Circo, Dança e Teatro

A Programação Baiana de Circo, Dança e Teatro, realizado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) teve grande notoriedade dentro do projeto Cultura em Campo. No vão livre do teatro e na Sala do Coro do Teatro Castro Alves aconteceram intervenções urbanas, apresentações de teatro e dança de rua, e espetáculos. A programação reuniu 25 propostas de artes, entre os destaques os premiados espetáculos teatrais “Entre Nós – Uma Comédia sobre Diversidade” e “Namíbia, Não!”, o infantil “De Sol, De Céu e De Lua”, o circo feminino de “A Rádio do seu Coração”.

Dia de Jogo= Dia de Festa

Nos dias 15, 19, 22 e 30 de junho aconteceram o Dia de jogo=Dia de festa, com as transmissões gratuitas dos principais jogos da Copa das Confederações 2013. Os jogos foram exibidos no Cine Teatro Solar Boa Vista, Casa da Música, Espaço Cultural Alagados e Centro Cultural Plataforma, na capital, Centro de Cultura de Porto Seguro, João Gilberto (Juazeiro) e Amélio Amorim (Feira de Santana). Em clima de descontração e tranquilidade, o público comemorou os gols da seleção brasileira e em seguida festejaram ao som de diversas atrações musicais e DJ’s.

Cine-teatro Solar Boa Vista

O Cine-teatro Solar Boa Vista foi palco de grandes apresentações. No dia 22 de junho o público curtiu o som da banda Bemba Trio que mistura uma grande variação de ritmos globais e locais como o samba reggae, samba chula, ragga, repente, miame bass, dentre outros ritmos periféricos, e a discotecagem do Coletivo NozMoskada. Nos dias 29 e 30 de junho, aconteceu o Solar de Virote, que apresentou 24 horas de atividades sem parar, com apresentações artísticas diversificadas. A programação ferveu com os shows da cantora Márcia Short com a sua voz potente e versátil, Paulinho Boca apresentando os grandes sucessos dos Novos Baianos e o rock roll vibrante da banda Cascadura. O público também lotou o espaço para conferir as apresentações de Bailinho de Quinta com participação de Juliana Ribeiro e do trio Mariella Santiago, Angelo Santiago e Gilberto Santiago.

CineSomBA

O CineSomBA atraiu dezenas de pessoas para o Complexo Cultural dos Barris, de 14 a 16 de junho. O festival promovido pela Diretoria de Audiovisual (DIMAS) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) trouxe como mote o cinema que dialoga com a música, música que dialoga com o cinema; cineasta que faz música, músico que faz cinema; videoclipe, a mais clara junção entre as duas linguagens. O primeiro dia do evento apresentou em primeiríssima mão o documentário A mensagem de Fernando Pessoa - Mito e Música. André Luiz Oliveira arrancou os aplausos do público com a apresentação do show "A Mensagem de Fernando Pessoas - Mito e Música". O destaque da programação foi o show em homenagem aos Novos Baianos com Marcia Castro, Curumin, Anelis Assumpção e Karina Buhr. As pulseiras de acesso ao evento esgotaram em menos de 1h do inicio da entrega. A apresentação musical preservou a sonoridade e arranjos originais do grupo, com poucas intervenções no seu conceito musical. O projeto fechou com chave de ouro com uma linda homenagem à Caetano Veloso sob o comando da cantora Mariella Santiago. A noite contou com a participação de Moreno Veloso, filho do homenageado. Nos quatros dias do evento o público ainda conferiu projeções de videoclipes baianos e videomapping, na enorme fachada da Biblioteca dos Barris.

Nas salas Alexandre Robatto e Walter da Silveira foram apresentados mostra de curtas e longas-metragens. Na Biblioteca Pública do Estado da Bahia todos conferiram a exposição “É Festa! Copa das Confederações no Brasil”, os seminários História Social do Futebol e Novas letras: Entre Gols e Livros, além de leituras públicas: o futebol nas páginas.

Espaço Xisto Bahia

O Espaço Xisto Bahia contou com uma programação diversificada para diversos tipos de público, como contação de histórias e brincadeiras infantis, apresentação do grupo Leiturinhas Musicadas,Oficina de Parkour, o ciclo de debates Dança e Esporte – Interfaces Possíveis e muitas outras atrações.

O Palacete das Artes

O público que visitou o Palacete das Artes apreciou a exposição “O Jogo só acaba quando termina”, que aborda o momento pelo qual atravessa o futebol e suas implicações sociais. A mostra faz parte das comemorações do Ano da Alemanha no Brasil, batizado de Alemanha + Brasil 2013/14. A exposição de esculturas “Mário Cravo Jr” também atraiu os amantes da arte para o espaço, como também exibição de filmes onde o futebol e suas estrelas são protagonistas, no projeto Cinema no Palacete.

Arte no Pelourinho

O Pelourinho recebeu as exposições “Lunar – Fotografia, agora”, no Solar do ferrão, e “O bairro do Comércio”, no Museu Tempostal”. Grupos de forró pé de serra e manifestações culturais da capital e do interior do Estado agitaram as ruas e largos do Pelô. A programação artística integrou o Ciclo de Festejos Juninos no Pelourinho, realizado pelo Centro de Culturas e Identitárias (CCPI), e o Encontro de Grupos Mascarados. Ainda no mês junino, diversas atrações animaram os largos e praças do Pelourinho. No palco se apresentaram grandes ícones da música nordestina e brasileira, como Gilberto Gil, Alceu Valença, Adelmário Coelho, Genival Lacerda, Val Macambira, Virgílio, Estakazero e Gereba; Carlos Pitta e Cicinho de Assis, Zelito Miranda, Santana e Chambinho do Acordeon.

O Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM)

O Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) apresentou uma programação especial dedicado à relação entre futebol e arte, com atividades para público adulto e infantil. O “Baba da Ladeira”, intervenção do coletivo artístico do Grupo de Interferência Ambiental (GIA) movimento a ladeira do MAM com uma animada partida de futebol. A grande final do Baba na Ladeira 2013 aconteceu no dia 29 de junho, na Ladeira do Pau da Bandeira, no fim de linha da Praça da Sé.

Apreciadores da arte contemplaram a exposição “Esquizópolis” que apresenta as 17 obras premiadas nos Salões de Artes Visuais da Bahia 2012 e mostra “Tupy Todos os dias”, que integra o projeto A Sala do Diretor e conta com trabalhos de diferentes gerações de artistas, que dialogam com a aproximação entre a arte e o ambiente, natural ou mental, de cada um.

Os shows do projeto “MAM-BAHIA: Outras sonoridades” agradaram em cheio o público que conferiu apresentações musicais diferenciadas. No dia 16 de junho o Samba Chula de São Braz e Dão & Caravanablack animaram o espaço. Cerca de 2.200 pessoas estiveram presente na área externa do MAM para curtir a apresentação das bandas OQuadro, Os Nelsons e BaianaSystem no dia 23 de junho. A voz potente de Lazzo Matumbi arrepiou baianos e turistas que marcaram presença no encerramento do projeto. O evento ainda contou com a apresentação de Márcia Castro, uma das grandes revelações da atual MPB.

A Casa da Música Itapuã

A Casa da Música Itapuã Festival apresentou uma forte programação especial nos dia 26, 27 e 28 de junho, que contou com uma lona de circo montada especialmente para o evento. Oficinas, feira e brechó, exposições, aulas de yoga e ginástica, lual, shows com Margareth Menezes, Malê Debalês e Sambatrônica atraiu o público para o espaço cultural dedicado à música.

As bibliotecas também tiveram uma excelente programação cultural. A Biblioteca Infantil Monteiro Lobato ofereceu para o público o espetáculo A Bola Apaixonada, a exposição FUTEBOL – Pelezinho e Ronaldinho, o Concurso Teatral A Bola e o Goleiro, oficina Brincando e forca, A bandeira do meu time, Pintando a Bola e o Goleiro e Jogo da Memória: Futebol. Em Itaparica, o público conferiu filmes e documentários relacionados ao futebol e as Copas do Mundo, além da exibição do jogo Taiti x Nigéria com a presença do comentarista Pedro Augusto Macedo Mesquita, na Biblioteca Juracy Magalhães Jr.

Durante a programação do Cultura em Campo a nossa página no facebook Plug Cultura Secult BA foi atualizada constantemente com flayers, notas e fotos dos eventos culturais. Foram dezenas de curtidas e elogios dos internautas sobre a iniciativa da Secult-BA de promover a arte baiana durante a Copa das Confederações.

Narcisa Tamborinde​guy agita balada em Campinas


Fotos Veri Lopes- Ag. Fred Pontes- Divulgação.

Narcisa Tamborindeguy agitou balada gls Lewel A em Campinas, SP, nessa noite, 29/06/2013.


Narcisa levou o público a loucura, dançando com os gogo-boys, brincando com as motos, fazendo caras e bocas, e soltando seus bordões “Ai, que loucura. Ai, que absurdo...”.

Confira algumas fotos:




Solar do Virote: shows ininterruptos e gratuitos em Brotas

Feirinha de artes, café tropical, baba, bailinho de quinta e shows integram as 29 horas seguidas de programação gratuita do Virote, nos espaços internos e nos entornos do Solar Boa Vista. Mais uma ação do projeto Cultura em Campo na Copa das Confederações que começou ontem (29/06) às 19 h e só termina no início da madrugada desta segunda-feira (01/07), no bairro do Engenho Velho de Brotas.

As bandas Okambi e Os Negões abriram a rodada de shows da segunda edição do Solar do Virote, seguidas de 12 atrações. "Mostramos, mais uma vez, que é possível ocupar esse lugar de forma criativa e feliz. Prestigiamos a cultura nascida na própria comunidade para trazer quem mora na região para cá. Escolhemos artistas que estão começando e nomes referenciados, como Márcia Short, que fez o primeiro show da carreira no Solar e hoje abrilhanta a festa", explicou Chicco Assis, coordenador do Cine Teatro Solar Boa Vista.

Às 20h, foi a vez de o Trio Santiago — a cantora baiana Mariella Santiado e os irmãos, Angelo Santiago e Gilberto Santiago — mixar um pouco do trabalho solo de cada membro da família, num show com voz, violão, guitarra, violoncelo, pandeiro e DJ. Como a noite era de São Pedro, a cantora revisitou clássicos de Luiz Gonzaga e Tom Zé. Depois, homenageou Edit Piaf com Sous le ciel de Paris. Apresentou, ainda, música baiana e MPB.

"Atualmente, como cada Santiago tem seu caminho é difícil desenharmos um show assim. Fizemos esse trabalho de forma menos perfeccionista, para matar as saudades do que aprontávamos em casa, quando éramos mais jovens e até os utensílios de cozinha serviam como baquetas", contou Mariella.

A HOMENAGEM DO CASCADURA

Na sequência, o rock da Cascadura empolgou a plateia, que sabia de cor as canções. O vocal Fábio Cascadura agradeceu à comunidade, que recentemente participou com a banda da gravação do videoclipeSoteropolitana, exibido durante o Virote. Ovacionado pelo público, agradeceu: “O povo de Brotas é generoso. E o bairro, o recorte fiel de Salvador, sem maquiagem. Nossa homenagem à cidade e à população do bairro".

Às 23h30 foi a vez da banda Skanibais subir ao palco para tocar o ritmo jamaicano ska. Também trouxeram para o público algumas faixas do disco Qual É A Parte Mais Gostosa de Você, com versões de samba, MPB, reggae, rock nacional e internacional e forró e clássicos do ska.

"Para quem como eu viu o Parque Solar Boa Vista durante tantos anos completamente esquecido, é uma alegria tanta vitalidade artística como a desta temporada da Copa das Confederações. Parabéns à Secult pela iniciativa. Que venham muitas outras coisas para cá! Brotas precisa", comentaram o cineasta Rodrigo Luna e Adriana Balanguer.

Era madrugada quando o Paulinho Boca de Cantor deu o seu recado com músicas antológicas dos Novos Baianos, que o público acompanhou entusiasmado. "O Cultura em Campo teve o maior retorno de formação de opinião que eu já vi nos últimos tempos em Salvador ao evidenciar artistas de muita qualidade, mas não tão midiáticos. Agora é a Secretaria de Cultura mensurar o que chamou mais a atenção para mostrar referências e novas tendências que possam surgir de uma iniciativa de linguagens tão abrangentes. O projeto, inclusive, acontece numa hora em que o país vive um momento parecido com o que viveu osNovos Baianos: reclama que — em termos de política e de música — não quer ver mais mesmices", afirmou Boca de Cantor.

Programação Baiana de Circo, Dança e Teatro encerra com tudo

O público marcou presença no último dia da programação Baiana de Circo, Dança e Teatro como parte das ações culturais especiais do Teatro Castro Alves (TCA), dentro do projeto Cultura em Campo, promovido pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). A criançada se divertiu com a peça De Sol, De Céu e da Lua na Sala do Coro do TCA. A montagem mostrou as brincadeiras de uma “menina árvore” e encantou bebês, crianças e adultos pela delicadeza e lirismo das cenas. “Minha filha está encantada com a peça e já me pediu para ver de novo. Que venham mais oportunidades como esta de levar cultura para as crianças gratuitamente”, disse a farmacêutica Mariana Costa.

Cerca de 196 pessoas também lotaram o espaço para assistir o premiado espetáculo Entre Nós - Uma Comédia sobre diversidade com os talentosos atores Igor Epifânio e Anderson Dy Souza e trilha sonora ao vivo de Leonardo Bittencourt. Uma comédia sobre diversidade, onde atores tentam inventar na hora uma história de amor entre dois jovens gays. Para isso, eles enfrentam uma série de situações conflitantes e engraçadas até decidirem o destino dos personagens Rodrigo e Fabinho. No decorrer da criação do enredo, os atores da ficção se confrontam com os seus próprios preconceitos e visões de mundo. A peça terminou com um super beijo dos personagens, arrancando aplausos de todos.

“A iniciativa da SecultBA de apresentar uma programação especial para os baianos e turistas durante a Copa das Confederações é maravilhosa, principalmente porque é nesse período de festa que os outros aspectos culturais, além da música perdem muito espaço. Na épocas de festas na Bahia tanto o Carnaval quanto no São João é impossível manter as temporadas de espetáculos e executar projetos de teatros”, comenta o ator da peça, Anderson Dy Souza.

Outro destaque da programação foi apresentação das Ruas pra as Ruas de Independente de Rua, no Vão Livre do TCA, com a apresentação de técnicas de dança de rua, popping locking e breading. Já o espetáculo Butô de Bêbado Não tem Dono, na Ladeira da Fonte, atraiu a curiosidade de todos com a temática de capturar espíritos em um intervalo de tempo-espaço chamado “bar”.

sábado, 29 de junho de 2013

“Namíbia, não!” lota Sala do Coro do TCA


Foto: Zeza Maria.

O ano é 2016. Uma medida provisória do governo brasileiro decreta a captura e o envio imediato de todos os “de melanina acentuada” (leia-se negros) para a África. Esse é o enredo da peça teatral “Namíbia, não!”, que foi apresentada na noite desta sexta, 28.06, na Sala do Coro do Teatro Castro Alves.

Contemplado com o Prêmio Braskem de Teatro 2011, na categoria Melhor Texto, o espetáculo tem texto de Aldry Anunciação e direção de Lázaro Ramos e já passou por diversas cidades brasileiras, a exemplo do Rio de Janeiro, Curitiba, Fortaleza e São Paulo. Em maio, a convite da Funarte, foram três apresentações na Cidade do Porto, pelas comemorações do Ano do Brasil em Portugal.

Na Bahia, mais de 20 mil espectadores já assistiram à peça que tem um texto forte e argumento provocativo, com humor e inteligência. A partir do confinamento de dois primos em um apartamento por causa desta absurda “Medida Provisória”, o espetáculo provoca uma discussão sobre a situação do negro no Brasil atual. Destaque para o projeto de luz, assinado por Jorginho Carvalho e a direção musical do renomado Arto Lindsay.

Para Aldry, que além de autor é também o ator principal, foi uma apresentação muito especial. Isso porque foi o retorno ao seu palco de origem, já que a peça estreou na Sala do Coro. Emocionado, dedicou a noite ao produtor cultural Ruy Cézar, fundador da casa Via Magia, que faleceu ontem. “Eu comecei no Via Magia, nem sabia o que era teatro. E Ruy olhou pra mim e disse, você tem que fazer teatro”.


JAMIL MOREIRA COMEMORA ANIVERSÁRIO


O jornalista Jamil Moreira Castro – queridinho da imprensa baiana e empresário de comunicação da empresa de assessoria de imprensa e comunicação Como, que comemorou oficialmente seu aniversário, no último dia 20, será o dono da noite(de novo) dessa quinta-feira, 4, às 20h, no espaço do amigo Nino Nogueira, o Nino Nogueira Décor, na Rua da Paciência, no Rio Vermelho. “Sem os amigos nenhum dia-a-dia teria graça”, revelou Jamil. Parabéns Jamil!

sexta-feira, 28 de junho de 2013

OITO7NOVE4 LANÇA FESTA COM ISRAEL NOVAES EM SALVADOR


Fotos: Bruno Rebelo / Divulgação.

Chegou o mês de julho e também a vez da Oito7Nove4 tocar novamente em casa, em Salvador. Sempre inovando, Rafa e Pipo Marques se apresentam para os baianos no próximo dia 21 de julho (domingo), no Camarim Oito7, evento que promete ser fixo na agenda da banda passando por todo Brasil. Nesta edição de estreia, com horário previsto para começar às 15h, no Terraço Iguatemi (estacionamento da Saraiva), os irmãos contarão com shows de abertura da banda Forrozão, formada pelos cantores Léo Fera e Nandinha, que se destacam pelas letras irreverentes, e do sertanejo Israel Novaes, o paraense que conquistou o Brasil com o sucesso Vem Ni Mim Dodge Ram, em 2011.


“A proposta do Camarim Oito7 é fazer todo mundo se sentir uma estrela, num evento onde todos são tratados igualmente”, explica Pipo. “A escolha do Terraço Iguatemi não foi à toa. Além do shopping ser um forte parceiro da Oito7Nove4 desde o começo, sempre confiando no nosso trabalho, o público contará com todo o conforto de estacionamento e segurança”, destaca Rafa.


O evento, em sua primeira edição, é uma parceria entre o bloco Banana Coral e a produtora On-Line. Informações sobre valores de ingressos e local de vendas serão divulgadas já na semana que vem.



SERVIÇO:

CamarimOito7

21 de julho (domingo), a partir das 15h

Terraço Iguatemi (estacionamento da Saraiva)

Atrações: Oito7Nove4, Israel Novaes e Forrozão

Ingressos: Valores e locais de venda serão informados em breve.

INTERAÇÃO E CONECTIVIDADE 7 - MOSTRA ARTÍSTICA COMEÇA EM SALVADOR COM NOMES INTERNACIONAIS

A memória utilizada como motor. É esse o ponto de partida da sétima edição do projeto INTERAÇÃO E CONECTIVIDADE, que acontece de 4 a 13 de julho de 2013 em Salvador. Durante dez dias a capital baiana será ponto de encontro de espetáculos locais, nacionais e internacionais (além de outras atividades intelectuais) que assumem o desafio de explorar, através de diferentes formatos, as marcas indeléveis deixadas pelo tempo na memória. O Projeto envolve atividades gratuitas ou a preços populares, com ingressos de R$10 (inteira) a R$5 (meia). A ação “Vá de bike e pague meia” incentiva que o público se desloque de bicicleta para assistir aos espetáculos, estimulando reflexões sobre a mobilidade urbana na cidade.

Nomes de relevância no cenário artístico internacional, como Xavier Le Roy e Jorge Larrosa, enriquecem a programação do evento e garantem trocas enriquecedoras. "Retrospectiva", trazido por Le Roy (ALE/FRA), trata-se de uma exposição concebida como uma coreografia e abre a mostra no dia 4 de julho (quinta), às 13h, no Foyer do Teatro Castro Alves. Depois de fazer sua estreia em Salvador, a exposição será apresentada em dois dos mais importantes museus do mundo: o “MOMA” em Nova York e o “Centre Pompidou” em Paris. Já o espanhol Jorge Larrosa traz para o INTERAÇÃO E CONECTIVIDADE novas formas de pensar educação, arte e experiência na conferência: "A experiência: entre o “já não” e o “ainda não””, que acontecerá no dia 06/07 (sábado), às 10h no Pátio do ICBA.

A grade de atrações é composta por obras que traduzem, com a ajuda da materialidade do corpo, da imagem ou de outros recursos, as experiências acumuladas pelos artistas ao longo das suas trajetórias. Isso fica claro em trabalhos como, Ouriço de Leonardo França (BA), 3 Solos Em 1 Tempo de Denise Stutz (RJ) e A Projetista de Dudude Herrmann (MG). Além disso, outras iniciativas da programação como Conectivos Musicais e Conectivos Críticos confrontam e estimulam a relação da dança com outros campos artísticos, como a música e a escrita.

No ano em que o Dimenti Produções - responsável pela realização do projeto - comemora 15 anos de percurso no cenário artístico e cultural do país, decidindo reformular radicalmente o seu modo de organização, o INTERAÇÃO E CONECTIVIDADE 7 se apresenta como uma vitrine das intensas mudanças e reflexões propostas pelo grupo, com a certeza de um presente ainda mais inusitado.

A sétima edição do INTERAÇÃO E CONECTIVIDADE reúne obras, projetos e ações que desdobram as ideias de memória e formação como parâmetros de criação. Por meio de movimentos retrospectivos, da reciclagem de materiais artísticos e de reencarnações coreográficas, o projeto deseja ativar uma noção de tempo expandida e complexa.

SOBRE O INTERAÇÃO E CONECTIVIDADE

Realizado desde 2006, em Salvador (Bahia), o IC - Interação e Conectividade - tem potencializado a relação entre a produção contemporânea em dança e outros campos da criação artística - cinema, artes visuais, teatro e escrita -, experimentando novos parâmetros de curadoria e programação.

A partir da perspectiva do artista-curador, as diretrizes do projeto estão conectadas aos princípios que norteiam as práticas dos seus realizadores e participantes: experimentação artística, criação em risco, flexibilidade e criticidade. Desse modo, o projeto pensa a arte e, mais especificamente, a dança como uma prática complexa mobilizada por uma pluralidade de conceitos e configurações.

O IC é uma produção do Dimenti, produtora cultural e ambiente de criação em atividade há 15 anos e em constante processo de mutação. Desde 2012, deixa de existir enquanto grupo artístico nuclear para perceber-se em outras parcerias e ações colaborativas com artistas e instituições.

REDE DE INTERESSE Ação realizada no IC desde a sua quinta edição (2011) reúne artistas e comunicólogos, com o intuito de ampliar os alcances e interlocuções do projeto, estabelecendo contato com novos públicos. O aprofundamento desta reflexão e a adoção de práticas comunicativas específicas procuram ainda fazer do Rede de Interesse uma ação autônoma que, pautada na relação comunicação/cultura, possa ir além do IC, atuando em outros projetos e ações culturais. Este ano o projeto aprofunda suas discussões e pretende alçar voos, levando sua tecnologia para outras situações culturais. www.rededeinteresse.blogspot.com

Segunda etapa da mostra coletiva INVERNO ASTRAL VISIO é aberta no Espaço Xisto


Será aberta, no próximo dia 05 de julho, sexta-feira, a partir das 18h, a segunda etapa da mostra coletiva INVERNO ASTRAL VISIO. Sob curadoria de Andrea May, os artistas visuais Gabriel Bob, Jo Felix, Otávio Martins, Sirc Heart, Solange Valladão e Vinicius Vidal utilizarão técnicas da Street Art para intervenções "indoor" nas paredes da Galeria do Espaço Xisto, nos Barris. A mostra ficará aberta para visitação até o dia 29 de julho e tem entrada é gratuita.

Em maio deste ano, a primeira etapa da mostra reuniu expressões dos artistas Fernando PJ, Juliana Bestetti, Nila Carneiro, Markuza e Tiago Ramses, os quais também trabalharam sob curadoria de Andrea May. Criado em 2010, o VISIO. é um ponto de encontro virtual que possibilita a troca de informações, estilos e inspirações das artes plásticas, fotografia, arte digital, design gráfico, videoarte, etc.


Serviço

O que: Mostra INVERNO ASTRAL VISIO.

Quando: 05 a 29 de julho

Onde: Galeria Espaço Xisto Bahia, R. Gen. Labatut, 27 - Barris, Salvador

Quanto: Gratuita

Mais informações: (71) 3117-6155

Estado inicia novas restaurações e reformas no Centro Histórico de Salvador e interior da Bahia

Em sete anos – 2007 a 2013 – o Estado já investiu, somente via Secult-BA/IPAC, mais de R$ 100 milhões em benefício direto dos patrimônios culturais da Bahia.

O Governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner, assina nesta quarta-feira, dia 3 (julho, 2013), às 9h, as ordens de serviço para novas restaurações e reformas em prédios no Centro Histórico de Salvador (CHS) e cidades do interior.

Estão sendo investidos o total de R$ 18,9 milhões do Tesouro estadual que beneficiarão a reforma do complexo arquitetônico do Solar do Unhão, onde está o Museu de Arte Moderna (MAM), administrado pela Secult-BA/IPAC, a iluminação cenotécnica de mais quatro monumentos do CHS, do total de 22 que serão iluminados até 2014, a segunda etapa de restauração da igreja e cemitério do Pilar, e as obras no Palácio Episcopal e Catedral de São Francisco no município de Barra, no oeste baiano.

O quê: Assinatura Ordens Serviço Obras de Restauração em Salvador e interior

Onde: Museu de Arte Moderna – MAM, Avenida Contorno

Horário: 9h

Data: 03.07.2013, quarta-feira

Cangaia agita o São Pedro com 5 shows nos Interiores da Bahia!

Após uma turnê São João pra lá de agitada e de muito sucesso, a Banda Cangaia cai na estrada novamente neste fim de semana para garantir a animação do São Pedro em diversas cidades do interior do Estado.

A maratona começa sexta (28) já com dois shows na noite, o primeiro em Santiago do Iguápe (Cachoeira) e logo após em São Francisco do Conde, já no sábado (29), a cidade de Ipiaú terá duas opções para curtir a Cangaia, primeiro na Fazenda Baviera e em seguida na Praça de Ipiaú e no domingo (30) encerra o fim de semana na cidade de Itiruçu.

O repertório é bastante diversificado, com sucessos do arrocha, sertanejo e do axé music em ritmo de forró, que é a essência da musicalidade do grupo, além de suas autorais “REI DA BALADA”, “BOLODOIDO” e “SEXTA-FEIRA SUA LINDA”, prometem animar o público neste São Pedro.

TERRITÓRIO BACIA DO PARAMIRIM NO BAHIA DE TODOS OS CANTOS

O programa Bahia de Todos os Cantos (BTC) apresenta especialmente neste sábado, 29 de junho, às 07h, na TVE, as belezas do território Bacia do Paramirim, integrado pelos municípios de Boquira, Botuporã, Caturama, Érico Cardoso, Ibipitanga, Macaúbas, Paramirim, Rio do Pires e Tanque Novo.

O quadro identidade traz a simpatia do agricultor Lindolfo Chavier, do distrito de Malhadinho, em Caturama. Lindolfo conta sobre a melhoria na qualidade de vida das cisternas através do programa Água para Todos. Desde coisas simples como a higiene pessoal, tomar mais de um banho por dia, e hoje não precisar ir para São Paulo em busca de emprego. A alegria de Lindolfo e sua esposa contrastam com a seca característica da região.

Vânia, de Caturama, depois que fez o curso de pintura em tecido no SEBRAE, conquistou uma cartela de clientes e começou a ajudar na renda familiar. Para o futuro ela pensa em fazer mais cursos na área e montar sua lojinha.

Já Delma Souza é um ótimo exemplo de empreendedorismo. Ainda na escola ela vendia calcinhas para as amigas, depois ouvindo os conselhos do pai, montou uma banca na feira livre. Hoje ela mantém uma loja em um ponto alugado e está construindo a sua própria loja. Telma soube usar o serviço do Crediamigo para investir no negócio de confecções.

Em Cultura, Wllington Silva, de Rio do Pires, mostra o reisado, uma tradição antiga passada de geração a geração, no povoado de Lagoa Grande. O quadro também traz Uilliam Ramos, de Caturama, apresentando para os telespectadores a fanfarra e aproveita a semana da cultura para mostrar as manifestações locais e o reisado do qual faz parte. Em Caturama eles nos apresentam a Festa de São Pedro com quadrilha, muito forró e animação. A festa movimenta a economia e mantém viva a cultura dos festejos juninos.

No quadro Sabor de Quê, Dona Ignês de Souza, apresenta o doce de Buriti. Ela prepara tudo no fogão à lenha, mexendo o tacho e conversando sobre a vida. O serviço é bem cansativo, mas ela mantém o bom humor e vende seus doces na feira. O programa está imperdível! Saiba mais www.bahiadetodososcantos.com.br


John John do Shopping Barra lança coleção Verão 2014


A John John, localizada na área de expansão do Shopping Barra, no Piso L4, acaba de lançar a sua coleção Verão 2014 inspirada nos festivais de músicas, que trazem três tribos distintas: Plur, Wifiwood e Bink. Em toda a coleção a marca busca explorar o lifestyle do público jovem, descolado e que preza pelo conforto aliado às principais tendências da moda. O guarda-roupa John John traz peças bem coloridas, com muito neon, fabrick blocking e uma diversidade de cores em total harmonia com os jeans elaborados e customizados.

A linha de peças com inspirações na tribo Plur, que traz no nome o significado de Peace, Love, Union and Respect, com looks bem coloridos, neon e psicodélicos, traz ícones indianos, mandala, arabescos e inspirações hippies, como valores básicos do início da cultura eletrônica, de amor, paz, união e respeito acima de tudo. Esses festivais acontecem ao ar livre, em contato com a natureza. As inspirações também aparecem nos shorts com aspecto mofado em cores neon laranja, amarelo e rosa, feitos em processo 3D.

Já a tribo Wifiwood é o estilo hippie dos anos 70, os new neo hippies. Os looks são traduzidos em um guarda-roupa mais aproximado com a moda da época. Peças mais delicadas, com muita renda combinando com sedas ou calças com tecido jacquard. Tons terrosos predominam nessa tribo, assim como o animal print, imitando a estampa de pele de bichos nas calças, nas blusas e camisetas. O rosto do animal também aparece em destaque ou ainda nas imponentes fivelas dos cintos. As penas e cocares surgem em estampas ou mesmo nos acessórios, como colares, brincos e pulseiras com penas.

Para completar a inspiração do guarda-roupa moderno e ligado aos grandes festivais, a tribo Bink traz inspirações barrocas em jacquards elaborados no jeans, na sarja, em malhas com estampas arabescas, tatuagens orientais nas mangas solitárias, carpas e dragões e muita franja nas blusas, calças, shorts ou ainda nos acessórios como bolsas e sandálias. As cores predominantes são amarelo, verde, vermelho e azul: cores primárias, que se disseminam em diversos tons e estilos. Ligada nas principais tendências fashion e com um estilo mais rock’n roll a tribo Bink abusa nos jeans curtinhos com sandálias altas ou sneakers com saltos camuflados por dentro. As ankle boots também estão em alta neste verão, rendadas, coloridas e estilosas, compondo diversos looks, não importando qual tribo for. Assim como as rasteirinhas, que caem bem para os dias mais casuais.

Serviço:

John John – Shopping Barra – Piso L4

www.johnjohndenim.com

Prepara que agora é a hora! Babado Novo e Anitta em Salvador


Segunda-feira a Banda Babado Novo faz show no Barra Hall junto com a funkeira Anitta.

Preparados????

Está chegando o grande dia! Segunda-feira dia 1 de Julho acontece no Barra Hall o Baile que vai agitar Salvador. Pela primeira vez se apresentando na capital Baiana a funkeira carioca Anitta, é a grande convidada da Banda Banda Babado Novo.

Anitta vem conquistando cada vez mais público por onde passa e promete envolver o público de Salvador com os hits “Meiga e Abusada” e “Show das Poderosas”, além de outras canções de seu primeiro EP, uma prévia do CD que será lançado ainda este ano pela gravadora Warner Music. A apresentação será no evento "Baile Babado Novo & Anitta, na casa de Shows Barra Hall.

A Banda Babado Novo, revelação do Carnaval 2013 e grande anfitriã da noite recebe o público em um show com novas músicas e um repertório que está sendo cuidadosamente escolhido. A cantora Mari Antunes não vai deixar ninguém parado e também traz para este show músicas novas que farão parte do Cd da sua banda que já é sucesso por onde passa. Depois da música Colou, Bateu, Ficou; bastante executada no verão baiano, a Babado vem com uma nova canção que promete ser Hit, “15 mil por mês”, um axé pra frente, com uma pitada de arrocha pra esquentar o clima.

O Babado das Poderosas, vai dar o que falar!

Serviço

O que: Baile – Babado Novo e Anitta e Dj Renata Dias
Onde: Barra Hall
Horário: 21:00h
Preço: Pista- 1° Lote R$50 mulher R$ 60,00 homem e Camarote Open Bar: R$ 120 mulher e R$ 140 Homem (água, refrigerante, cerveja, vodka)
Vendas: Ticketmix e Grupo Notável
Informações: 2105-6523

Five Sport Bar é ponto de encontro ideal para final da Copa das Confederações


Comandado pelo renomado chef Dill Guimarães, os telões do descolado Five Sport Bar são uma boa opção para vibrar com a vitória da seleção brasileira na final da Copa das Confederações, no próximo domingo (30), às 19h. O ambiente, que fica localizado em Villas do Atlântico, foi eleito pela revista Veja Salvador Comer & Beber, em 2012, como um dos melhores bares da capital baiana.


Além da criativa decoração voltada para diversas modalidades esportivas, o estabelecimento conta um variado menu que compreende deliciosos pratos, como costela suína ao barbecue,vinagrete de polvo, camarão ao panko com três pastas,escondidinho de fumeiro e queijo coalho. Para acompanhar os aperitivos, a sugestão é um chopp estupidamente gelado. Mais informações: (71) 3024-4076.

Arrochanejo invade Santa Barbará


Gabriela Moraes é atração do São Pedro de Santa Barbará

Após sucesso da música “To na vida do S”, Gabriela Moraes comemora o sucesso da música “Tatararatatá” que invadiu o Norte do Brasil. Após maratona junina, a musa do arrochanejo é atração no dia 30 de junho, na cidade de Santa Barbará, na Bahia, no Sítio das Flores.

Gabriela Moraes vem inovando nos seus shows animando a galera, com sua forma alegre e presença marcante nos shows de jovens universitários. O seu show será cheio de inovações e momentos marcantes que prometem animar e muito os forrozeiros que vão para cidade de Santa Barbará, território do Sisal.

A apresentação em Santa Barbará, acontece no próximo domingo (30), a partir das 22h, e promete levar o melhor dos ritmos arrocha e sertanejo.

Cantora britânica M.I.A usa óculos da Chilli Beans em novo clipe


Mais uma celebridade se rendeu aos encantos dos óculos da Chilli Beans e desta vez a estrela é internacional: a cantora britânica M.I.A. No novo clipe da diva, Bring the Noize, lançado nesta semana, é possível vê-la utilizando um modelo da marca de óculos e acessórios mais apimentada do Brasil, logo na abertura. Quem quiser conferir o modelo usado pela polêmica cantora pode passar em uma das 25 lojas da Chilli Beans na Bahia, sendo 17 delas em Salvador.

Confira o clipe completo clicando no link.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=cCkIYkaLBGs

Salvador Shopping recebe público para assistir peça sobre meio ambiente


O Salvador Shopping em parceria com a TV Bahia está realizando mais uma edição do projeto Atitude Sustentável, que visa alertar o público sobre a importância da preservação ambiental. Como parte das ações, apresenta neste sábado, 29 de junho, às 11h, a peça infantil Salve a Natureza no Teatro Eva Herz (Livraria Cultura – Piso L2 do Shopping Salvador).

Produzido pela Cia de Teatro Caras & Bocas, a apresentação conta a história da bruxa do manto preto passa e joga seu pó de destruição na floresta. Mas a Abelhinha e suas amigas flores não vão deixar que nada de mal aconteça com a mãe natureza, ainda mais agora que o Rei e a Rainha convidaram um tal de progresso para reformar seu reino. Com muita bravura, a Abelhinha e seus amigos defendem seu lar da poluição, dando uma excelente lição de amor e preservação ao meio ambiente.


No desenrolar da história, os personagens despertam nas crianças o incentivo de praticar atividades físicas para manter a mente e o corpo saudável, além da importância de fazer amigos. A entrada é franca e as senhas serão distribuídas na Livraria Cultura a partir das 9h, no dia do espetáculo.


SERVIÇO

PEÇA SALVE A NATUREZA

Data: Sábado, 29 de junho de 2013

Local: Teatro Eva Herz (Livraria Cultura – Shopping Salvador)

Horário: 11h

Entrada Franca – As senhas serão distribuídas no local a partir das 9h

PAOLLA OLIVEIRA É A NOVA ESTRELA DA AREZZO PARA O VERÃO 2014


Atriz, protagonista da novela das oito, surge em ‘mood sexy’ apresentando a nova coleção.

As franqueadas da Arezzo em Salvador, Raquel e Mariane Regueira acabam de confirmar para suas clientes baianas a notícia que Paolla Oliveira foi o rosto escolhido para a campanha Verão 2014 da cobiçada grife de calçados e acessórios femininos.“Paolla é linda, tem uma beleza poderosa, hipnótica.


O cenário surreal praiano completa o mood sexy, com leveza e romantismo”, diz Giovanni Bianco, diretor criativo da marca. Para completar o cenário, móveis naturais do designer Hugo França foram usados para dar toque rústico aos cliques. Com styling assinado pela dupla Flávia Pommianosky e Davi Ramos; e a beleza (cabelo e make-up) por Daniel Hernandez, a atriz foi fotografada pelo badalado fotógrafo inglês, Tom Munro, conhecido pelos celebres retratos de personalidades como Madonna, Jude Law, Scarlett Johansson, Justin Timberlake, Anne Hathaway, entre outros.


É a segunda vez que a Arezzo trabalha com o artista, que clicou a campanha Verão 2013 em NY. Para Paolla, o acessório transforma qualquer look. “O um bom acessório é a chave para um visual arrematador. Às vezes a peça é o próprio visual. Com uma roupa mais básica, bolsa e sapato de cor forte dão toque moderno e estiloso à produção”, afirma. A campanha começa a circular por todo o Brasil no início de agosto, incluindo outdoors em pontos estratégicos de Salvador, e páginas exclusivas nas melhores revistas nacionais de moda.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

BABA NA LADEIRA MISTURA FUTEBOL, ARTE E CRÍTICA SOCIAL


Jogar futebol na rua é normal para todo brasileiro. Mas o Coletivo de Artistas GIA inventou uma forma diferente para essa disputa. É o Baba na Ladeira, jogo que como o próprio nome diz é disputado em uma ladeira, e quanto mais íngreme, melhor! A final do torneio acontece no sábado, 29 de junho, na Ladeira do Pau da Bandeira, no fim de linha da Praça da Sé, no centro de Salvador, a partir das 14h e faz parte da grade de eventos do Museu de Arte Moderna da Bahia, no Projeto Cultura em Campo.

A importância deste evento vai muito além de quem ganha ou perde a disputa. Os nomes dos times são decididos na hora e devem refletir algum fato ou contexto sócio político recente, no qual um lado está em desvantagem, e o outro, obviamente, está por cima. A idéia é evidenciar, de forma lúdica, questões importantes do nosso cotidiano, fomentando discussões e reflexões.

O Coletivo GIA é formado por artistas visuais, designers, arte educadores e músicos, que, através de suas linguagens artísticas, buscam questionar as convenções sociais com arte, criatividade e intervenções urbanas.

SERVIÇO:

O quê: Baba Na Ladeira

Quando: Sábado, 29 de junho 2013, às 14 horas

Onde: Ladeira do Pau da Bandeira, no fim de linha da Praça da Sé

Organização: MAM – BA e Coletivo GIA

Informações: Disk GIA – 9357.5705

Mais infos em

www.giabahia.blogspot.com.br
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=qKRaTesa-Ec
giabahia.blogspot.com.br/2013/06/grande-final-baba-na-ladeira-2013-dia.html

Dez apresentações nos últimos dois dias da Programação Baiana de Circo, Dança e Teatro


Mudanças na escala do projeto concentram maratona de circo, dança e teatro nesta sexta e sábado, 28 e 29 de junho. Entre os destaques, estão os premiados espetáculos teatrais “Entre Nós – Uma Comédia sobre Diversidade” e “Namíbia, Não!”, o infantil “De Sol, De Céu e De Lua”, o circo feminino de “A Rádio do seu Coração”, além de intervenções urbanas de dança e danças de rua

A reta final da Programação Baiana de Circo, Dança e Teatro vai promover uma verdadeira maratona de apresentações nesta sexta e sábado, 28 e 29 de junho. Nestes dois últimos dias do projeto, serão 10 sessões gratuitas das artes cênicas da Bahia, entre espetáculos, intervenções urbanas e montagens de rua. Elas ocupam o Vão Livre e a Sala do Coro do Teatro Castro Alves (TCA), além de se estenderem pelo entorno do teatro, no Campo Grande, incluindo o palco do Teatro Martim Gonçalves, no Canela. Promovida pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), a ação integra o Cultura em Campo, em que a Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA) realiza um programa artístico-cultural especial durante o período da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013.

A Programação Baiana de Circo, Dança e Teatro foi iniciada em 17 de junho e reuniu um total de 25 propostas que representam uma mostra da atual produção destes setores no estado. Nos últimos dias, foram feitas algumas alterações na escala de apresentações, por conta dos jogos da seleção brasileira de futebol e das manifestações populares ocorridas na região. Assim, estejam atentos para as novas datas e horários.

Na sexta-feira, 28 de junho, o Teatro Martim Gonçalves, na Escola de Teatro da UFBA (Canela), será tomado pelo circo com A Rádio do Seu Coração, da Cia. Fulanas de Circo, às 16 horas. Também vão ocorrer duas intervenções urbanas de dança: Maçaroca – Investigações Gambiárricas, de Márcio Nonato e Paula Carneiro Dias, que ocupa o Vão Livre do TCA, às 14 horas, e Gráfico Planificado da Violência, de Fernando Lopes, na Praça Dois de Julho, às 16 horas. Às 18h30, o Vão Livre é ainda espaço de dança de rua com a apresentação de Síntese, do Grupo de Performances Street Vibe, de Vitória da Conquista. Fechando a noite, o sucesso da montagem que marca a estreia de Lázaro Ramos como diretor de espetáculos adultos emNamíbia, Não!, às 20 horas, na Sala do Coro.

Já o encerramento, no dia 29 de junho, começa para a criançada, com o espetáculo De Sol, De Céu e De Lua, de Mariana Moreno e Grupo Teca-Teatro, às 16 horas, na Sala do Coro do TCA. No mesmo horário, na Praça Dois de Julho, acontece a intervenção urbana de dança Ah, Se Eu Fosse Marilyn, de Edu O. O Vão Livre mais uma vez se toma de dança de rua com Das Ruas para Ruas, do grupo Independente de Rua, às 18h30. Às 20 horas, a Sala do Coro recebe o vencedor das categorias de Melhor Espetáculo, Melhor Ator (Igor Epifânio) e Melhor Texto no Prêmio Braskem de Teatro 2012: Entre Nós – Uma Comédia sobre Diversidade, de João Sanches. Fechando a maratona, o Grupo Alvenaria de Teatro apresenta Butô de Bêbado Não Tem Dono, às 21 horas, na Ladeira da Fonte.

SINOPSES

Dia 28 de junho (sexta-feira)

Maçaroca – Investigações Gambiárricas, de Márcio Nonato e Paula Carneiro Dias

[DANÇA – Vão Livre do TCA, 14h00]

MAÇAROCA: s.f. Pequena bobina sobre a qual a fiandeira enrola o fio./ Espiga de milho./ Canudo de cabelos que apresenta a forma de uma espiga de milho./ Molho, feixe./ Porção de tripas enroladas e amarradas para vender./ Fig. Enredo, maranha./ A extremidade cabeluda da cauda dos bovinos./ Bolas de crinas embaraçadas na cauda dos cavalos./ Duas pessoas escorrendo emaranhadas ladeira abaixo.

Ficha técnica: Concepção e Performance: Márcio Nonato e Paula Carneiro Dias/ Imagens: Léo França/ Edição das Imagens: Paula Carneiro Dias/ Cafofinho: Luis Parras



A Rádio do Seu Coração, da Cia. Fulanas de Circo

[CIRCO – Teatro Martim Gonçalves, 16h00]

Inspiradas na nostalgia da época de ouro do rádio brasileiro, o enredo conta a história de duas mulheres apaixonadas que se encontram para sentir nas ondas do rádio a magia do amor em seus corações. Levados pela emoção deste encontro, seus corpos evoluem em performances circenses, com números e aparelhos criados especialmente para o espetáculo. Além de importante meio de comunicação que ajudou a integração do Brasil, o rádio foi também companheiro de milhares de mulheres apaixonadas, espalhadas por este país afora. No momento em que a TV era para poucos, a rádio começava a apresentar para os seus ouvintes os primeiros artistas populares da música brasileira: Dalva de Oliveira, João de Barro, Ari Barroso, Herivelto Martins e Francisco Alves, verdadeiros ícones da cultura nacional. Sambas, marchinhas, tangos e boleros compõem a trilha sonora, tocada ao vivo por uma banda que embala o espetáculo. No roteiro, cenas que sincronizam trapézio duplo estático, trapézio em balanço, swing de fogo, clown e magia, através do seu grande rádio mágico. Dança, música, teatro e arte circense se entrelaçam para representar a maturidade e o profissionalismo da arte circense baiana.

Ficha técnica: Criação e atuação: Luana Tamaoki e Nana Porto



Gráfico Planificado da Violência, de Fernando Lopes

[DANÇA – Praça Dois de Julho, 16h00]

Quantos corpos foram ao chão de Salvador sem vida esse ano? Que corpos invisíveis são esses que estão no nosso meio, modificando a maneira como entendemos a segurança em Salvador e nos colocando de cara com nossos medos? Esta intervenção urbana surge destes sentimentos de apreensão e medo, e dos crimes e mortes que têm assolado a capital baiana nos últimos anos. Sob a concepção e direção de Fernando Lopes e apoio de diversos artistas, o trabalho pretende “planificar” o índice de assassinatos ocorridos em Salvador, pintando marcações de corpo nas ruas, interferindo assim no espaço urbano e na maneira como a população experiencia as ruas da cidade.

Ficha técnica: Concepção: Fernando Lopes/ Ação: Fernando Lopes, Camila Correia, Luna Dias, Eline Gomes, Nyrlin Seijas, Adjair dos Reis Vieira, Ivonaldo de Jesus Santos, Maria Railda Costa, Neide Santos de Souza, Sandra Maria Batista dos Santos e Leonilson Souza



Síntese, do Grupo de Performances Street Vibe

[DANÇA – Vão Livre do TCA, 18h30]

O Grupo de Performances Street Vibe surgiu no início de 2009, em Vitória da Conquista (BA), com o objetivo de promover as danças urbanas. Atua em interfaces híbridas do popping com linguagens de danças urbanas com ênfase nas técnicas dance performed with sensitivity (dança desempenhada com sensitividade). O processo coreográfico de Síntese é uma reinvenção de junção de conhecimentos de diversos estilos de danças urbanas, onde atuam dois intérpretes coreográficos: Ronne Costa (Hypnose) e Flávio Souza (Flávio Soul). As trilhas musicais, em sua grande maioria, foram especialmente criadas para enriquecimento do trabalho, resultando numa faixa sonora de gêneros variados, que vão desde a música erudita, glicht music, house music, RNB, até a dubstep music.

Ficha técnica: Direção Geral: Ronne Costa/ Coreógrafos: Ronne Costa e Flávio Souza/ Produção musical: Ronne Costa/ Concepção figurinista: Ronne Costa/ Marketing e relações públicas: Gisele Assis



Namíbia, Não!, de Lázaro Ramos

[TEATRO – Sala do Coro do TCA, 20h00]

Recentemente, recebeu o Prêmio R7 de Melhor Texto de Teatro de 2012 – São Paulo, através de votação popular, que mobilizou mais de 100 mil votantes. Contemplada com os prêmios Braskem de Teatro 2011 e Myryam Muniz 2010, ambos na categoria Melhor Texto (autoria de Aldri Anunciação), Namíbia, Não! é dirigida por Lázaro Ramos e já se apresentou em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Fortaleza e Brasília, tendo sucesso de bilheteria em todas estas capitais. Só na Bahia, contabiliza mais de 30 mil espectadores desde sua estreia (março/2011). O argumento da peça parte da seguinte situação hipotética: o ano é 2016 e o governo brasileiro decreta que todos os cidadãos de melanina acentuada sejam deportados para um país da África. Com humor e inteligência, a partir do confinamento de dois primos em um apartamento por causa desta absurda Medida Provisória, o espetáculo provoca uma discussão sobre a situação do negro no Brasil. Nesta apresentação, em substituição ao ator Flávio Bauraqui, estará o jovem ator baiano Fernando Santana, que dividirá a cena com o também autor Aldri Anunciação.

Ficha técnica: Texto: Aldri Anunciação/ Direção: Lázaro Ramos/ Assistência de direção: Ana Paula Bouzas e Thiago Gomes/ Elenco: Aldri Anunciação e Fernando Santana/ Música: Arto Lindsay, Wladimir Pinheiro, Rafael Rocha e Rodrigo Coelho/ Supervisão artística: Luiz Antônio Pilar/ Iluminação: Jorginho Carvalho/ Cenário: Rodrigo Frota/ Figurino: Diana Moreira/ Produção executiva: Kalik Produções Artísticas/ Realização: Tô Ligado Produções



Dia 29 de junho (sábado)

De Sol, De Céu e De Lua, de Mariana Moreno e Grupo Teca-Teatro

[TEATRO – Sala do Coro do TCA, 16h00]

Idealizado pela atriz e produtora Mariana Moreno (Baú Produções Artísticas) e pela Cia Teca-Teatro, formada por Marconi Araponga e Luciana Comin, o espetáculo, pioneiro em Salvador, se vale de estímulos sensoriais, imagens poéticas, sons e dramaturgia para valorizar a ludicidade de crianças de zero a 6 anos, através da inspiração nos poemas de Manoel de Barros e das telas do espanhol Joan Miró. Os artistas-criadores têm experiência de oito anos com teatro feito com e para crianças. Dentro do teatro, os menores – até 12 meses de idade – são convidados a sentar no palco, acompanhados de um adulto, para vivenciar de perto esta experiência – quase sempre a primeira. De Sol, de Céu e de Lua mostra as brincadeiras de uma “menina-árvore” e encanta bebês, adultos e crianças pela delicadeza e lirismo das cenas. O texto – com participação primorosa em off de Harildo Deda – permeia as cenas, mas prioriza-se, no auxílio à narrativa, o trabalho corporal, efeitos sonoros e estímulos dos sentidos (formas e texturas, tecidos com perfumes, esguichos de água etc.).

Ficha técnica: Concepção cênica, realização, atuação e programação visual: Mariana Moreno/ Concepção cênica, realização e atuação: Luciana Comin/ Concepção cênica, realização, direção e iluminação: Marconi Araponga/ Trilha sonora: Luciano Salvador Bahia/ Operação de áudio: Martina Pimenta/ Vozes em off: Harildo Déda, Gabriela Almeida, Luana Carrera e Rafael Rodrigues/ Cenografia: Atelier Cenográfico Maurício Pedrosa/ Preparação corporal: Tiago Enoque/ Consultoria psicopedagógica: Aline Villafane/ Execução de figurinos: Karina Allata/ Programacao visual: Daniel Paixão/ Fotografia: Alessandra Nohvais



Ah, Se Eu Fosse Marilyn, de Edu O.

[DANÇA – Praça Dois de Julho, 16h00]

Proposta artística de intervenção urbana, criada por Edu O. em parceria com a Cia Dezeo-Ito, para ser realizada em praias de Salvador, agora adaptada para a Praça Dois de Julho. Pretende refletir sobre o que nos tornamos com a passagem dos anos. Aquilo que chamamos de “chegar lá” e corresponde aos desejos antigos. Quando sabemos que chegamos lá? Quando alcançamos os sonhos? Um homem travestido de Marilyn Monroe e, assim como Winnie, personagem de Samuel Beckett em Dias Felizes, enterrado até a cintura, consumido pela areia, lendo um livro e fazendo ações cotidianas, do dia-a-dia doméstico, como escovar dentes, pentear cabelos, se maquiar. Olha-se no espelho e não vê aquele que pretendia ser, mas gosta do que é. Cabelos falsos, loiros, boca borrada, livro na mão. Tornou-se aquilo que consumiu, absorveu.

Ficha técnica: Criação e intérprete: Edu O./ Direção de produção: Catarina Gramacho/ Produção: Ampla Produção e Eventos/ Fotografia: Alessandra Nohvais



Das Ruas para Ruas, de Independente de Rua

[DANÇA – Vão Livre do TCA, 18h30]

A apresentação trabalha com as técnicas da dança de rua, popping locking e breaking e outras técnicas como o contacto e contemporâneo, com a coreografia direcionada a músicas nacionais remixadas. O grupo Independente de Rua articulou-se a partir da roda de break no Centro Histórico, onde é sua casa e local fixo de ensaios, treinos, aulas, intercâmbio, palestras e apresentações. Das Ruas para Ruas é o reconhecimento e comemoração de seus 10 anos de trabalho na Praça da Sé e bairros de Salvador, sempre com o intuito de fortalecer e ampliar a dança de rua, dando a ela visibilidade e garantindo a sua originalidade. Nascida nas ruas, crescida nas ruas e permanece nas ruas.

Ficha técnica: Coreógrafo e dançarino: AnaniasBreak/ Dançarinos: Adson Braga (Shura), Alan Moura, Danilo Jesus, Jerfeson Santos (Snony) e Tiago Santos (Stree)/ Figurino: TB



Entre Nós – Uma Comédia sobre Diversidade, de João Sanches

[TEATRO – Sala do Coro do TCA, 20h00]

Com três premiações pelo Prêmio Braskem de Teatro (Melhor Espetáculo, Melhor Ator – Igor Epifânio e Melhor Texto), o espetáculo tem texto, direção, iluminação e figurino de João Sanches e traz no elenco Igor Epifânio e Anderson Dy Souza no papel de atores que tentam inventar na hora uma história de amor entre dois jovens gays. Para isso, eles enfrentam uma série de situações conflitantes e engraçadas, até decidirem o destino dos personagens Rodrigo e Fabinho. Assim como na vida real, apresenta um nó difícil de ser desatado. Enquanto os personagens encaram suas sexualidades com naturalidade, os atores que os interpretam se constrangem, se confrontam e se atrapalham em cenas carregadas de humor. Esses momentos são pontuados pela trilha sonora executada ao vivo por Leonardo Bittencourt, que também assina a direção musical. No decorrer da criação do enredo, os atores da ficção se confrontam com os seus próprios preconceitos e visões de mundo. Isso pede para que o público decida sobre o desfecho da peça: se o casal deve ficar junto ou não.

Ficha técnica: Texto, direção, figurino e iluminação: João Sanches/ Elenco: Igor Epifânio e Anderson Dy Souza/ Trilha sonora ao vivo: Leonardo Bittencourt/ Produção: Patrícia Rammos (Da Preta Produções)/ Assistência de Produção: Andréa Machado



Butô de Bêbado Não Tem Dono, do Grupo Alvenaria de Teatro

[TEATRO – Ladeira da Fonte, 21h00]

Numa livre adaptação de uma frase de Christine Greiner, pode-se dizer que o espetáculo é sobre capturar espíritos em um intervalo de tempo-espaço chamado “bar”. Os corpos podem ser chamados de Fantasmas, Espíritos, Sombras. Mas, em verdade, são outra espécie de coisa: superfícies de encontro, espelhos de duas faces, portais. Construções ocas que trafegam as fissuras de um bar ou de uma praia: dejetos, cacos, fragmentos. Essas figuras não têm fundo, não têm profundidade – toda profundidade aqui resulta tão-somente de encontros, do espaço que se cria entre quem as observa e quem as move. Não existem como indivíduos, personas, personagens – subsistem como a Sombra de quem as vê ou o Espírito de quem as incorpora; como a imagem de um passado morto ou de um futuro em gestação. Enfim, existem apenas nesse presente eterno do acontecimento. São a superfície fantasmagórica que liga dois lados de uma mesma experiência: o real e o imaginário, o sonho e a vigília, o corpo e a linguagem, a memória e a ação.

Ficha técnica: Criação coletiva: Grupo Alvenaria de Teatro/ Elenco: Camilla Sarno, Ci Moura, Felipe Benevides e Liliana Mattos

UCI Orient Iguatemi reexibirá Tainá – A Origem durante as férias escolares


A garotada poderá assistir às aventuras da indiazinha a partir de amanhã (28)

Com a criançada de férias, o recesso escolar pode ser uma ótima oportunidade para as crianças curtirem uma sessão de cinema. Uma boa sugestão é o filme Tainá – A Origem, que será reexibido a partir de sábado (29/06), em duas sessões matinais (10h30 e 12h30) no cinema UCI Orient Iguatemi.

Tainá – A Origem

Terceiro filme da série infantil que estreou no cinema há dez anos, Tainá – A Origem revela o início da saga. Piratas da biodiversidade invadem a região da Floresta Amazônica onde vive a índia Maya, que morre e deixa órfã a pequena Tainá. Protegida pelas raízes da Grande Árvore, onde sua mãe a deixa, é encontrada pelo pajé Tigê (Gracindo Jr.), que a adota. Cinco anos depois, o avô leva Tainá à aldeia de seu povo, prestes a escolher um novo líder e defensor da natureza. Tainá quer se apresentar ao combate, mas, como é menina, não é aceita. Ela não desiste e, com a ajuda de Laurinha (Beatriz Noskoski), menina da cidade e do índio Gobi, parte para enfrentar os vilões que querem destruir a floresta.

Ficha técnica

Direção: Rosane Svartman

Gênero: Aventura

Elenco: Wiranú Tembé, Beatriz Noskoski, Igor Ozzy, Gracindo Júnior, Nuno Leal Maia, Guilherme Berenguer, Laila Zaid, Leon Góes, Mayara Bentes, Fidélis Baniwa.

UCI Orient Iguatemi

Inaugurado com o antigo nome de Multiplex Iguatemi, em 1998, o UCI Orient Iguatemi é um dos maiores cinemas do Brasil em termos de público. Em 2012, o complexo registrou mais de 1.800.000 pessoas nas 12 salas, o que conferiu ao cinema o status de mais frequentado da capital baiana por mais um ano.

Shopping Barra abre inscrições para o Concurso Novos Talentos 2013


O tradicional evento de moda apresenta novo formato nesta edição.

Responsável por descobrir grandes talentos do mundo da moda, o Shopping Barra abre as inscrições para mais uma edição do Concurso Novos Talentos 2013, que chega em um novo formato, ainda mais moderno e criterioso. O evento, voltado para designers de moda, estudantes da área e autodidatas que já venham desenvolvendo um trabalho profissional no campo da moda, receberá as inscrições de 27 de junho a 31 de julho.

A novidade este ano é que cada participante precisará elaborar um projeto, com a proposta conceitual do desfile, e apresentar dois looks inspirados na coleção Verão 2013/2014, que ficarão em exposição exclusivamente para uma equipe de jurados, eliminando, assim, uma etapa de desfiles. O júri, formado por pessoas que entendem tudo de moda, avaliará os trabalhos dos estilistas e ficará responsável por selecionar as melhores produções para serem os finalistas do concurso Novos Talentos. Aí sim haverá o desfile, previsto para o segundo semestre, que já escolherá o grande vencedor do concurso, no qual cada estilista apresentará oito looks.

“O Shopping Barra inova e traz ainda mais qualidade ao Novos Talentos. Nosso objetivo é o de promover o mercado de moda local, incentivar a especialização e suprir a necessidade de estabelecer um processo de apoio aos novos estilistas que surgem a cada ano no mercado”, afirma a gerente de Marketing do Shopping Barra, Karina Brito.

Desde 1999, dezenas de estilistas já foram revelados ao fashion business baiano e também do exterior, dentre eles grandes nomes como Vitorino Campos, Luciana Galeão, Úrsula Felix, Karol Farias, Vinícius Cerqueira, Leila da Cruz, Márcia Ganem, Tarcísio Almeida, Alexandre Guimarães, Aládio Marques e Úrsula Quaresma (última vencedora).

O edital, modelo de projeto e ficha de inscrição do Concurso Novos Talentos 2013 estão disponíveis no site do Shopping Barra (www.shoppingbarra.com). As inscrições e material deverão ser entregues na Central de Relacionamento, localizada no 1º Piso, setor Norte, dentro de seus prazos e durante o horário de funcionamento do shopping, de segunda a sábado, das 9h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h. Para mais informações, ligar no telefone 71 2108-8288/8285.

SERVIÇO

Inscrições Concurso Novos Talentos 2013/2014

Público-Alvo: Designers de moda, estudantes da área e autodidatas

Período da Inscrição: 27 de junho a 31 de julho de 2013

Horário: De segunda a sábado, das 9h às 22h, e domingos, das 14h às 20h

Local: Central de Relacionamento do Shopping Barra - 1° piso, setor Norte

Informações: 71 2108-8288/8285 – www.shoppingbarra.com


Muita música e animação no Abaeté nesta quarta


Fotos: Zeza Maria.

Uma programação recheada de atrações deu inicio ao “Casa da Música Itapuã Festival” nesta quarta feira. O dia começou com Oficinas de Yoga, Percussão e Dança na sede da entidade e seguiu até a noite na área do Parque do Abaeté. O ponto alto foi o show de Margareth Menezes, com a belíssima participação do Malê de Balê.


O espaço denominado Circo na Lagoa serviu de palco principal. A banda Mensageiros do Vento foi a primeira a se apresentar, com um repertório calibrado de pop rock nacional e algumas versões de músicas da MPB, mas também musicas autorais. O grupo é formado por Tássio Barcelar – guitarra, Fabio Shiva – baixo, Thiago Andrade – bateria e Fabricio Barreto – vocal e guitarra. Para o vocalista, levar o rock para o Abaeté é uma forma de “invasão cultural positiva” e que a aceitação do público tem sido muito boa.

Em seguida, num palco montado na praça, se apresentaram os grupos 3 Versos, Sou Rap e Morcegão. Com suas letras inteligentes e provocantes aliadas a batida marcada do HipHop, os rappers arrancaram aplausos do público.

No momento mais esperado, a Maga subiu ao palco para apresentar um pocket show. Abriu o show com São Salvador, de Caymmi. Mas arrepiou quando chamou e o público atendeu, e cantou à capela o clássico Tarde em Itapuã. Xangai, Lazzo e Brown também foram lembrados durante o show. Ao som dos tambores do Malê de Balê, ela se despediu do público. O grupo afro encerrou a festa mostrando o peso da percussão e da cultura negra.

Após o show, ainda cercada por fãs, Margareth concedeu uma rápida entrevista, na qual agradeceu o convite para participar do evento. “Obrigado Amadeu Alves pelo convite, a Casa da Música desenvolve um papel importante de promover e resgatar a cultura local e a importância do Abaeté como ponto turístico de Salvador”, afirmou.

O Casa da Música Itapuã Festival segue até dia 28, e traz atrações como Sambatrônica, Celo Costa, Osquestra de Pandeiros, Ganhadeiras de Itapuã, Luau em Homenagem a Vinicius de Moraes, feira de artesanatos entre outros. Mais informações em www.cultura.ba.gov.br .

O Mágico Dimmys


Foto: Henrique Coelho.

Quantos tempo leva para alguém aprender truques de ilusões de ótica? Davi Lins, precisou apenas de uma participação ontem à noite (26/06) como convidado assistente do Mágico Dimmys, no Vão do Teatro Castro Alves às 18h30, para entender quase tudo o que viu à curta distância, em mais um show do Cultura em Campo na Copa das Confederações.

“Aprendi as mágicas do lenço e a da cordas”, disse, radiante, o guri de 6 anos.“Assistente de mágico tem de ser rápido! E, logo me aposentarei!” brincou o mestre Dimmys — 20 anos de Estrada — que divertiu adultos e crianças com elegância, mistério e ilusão.

Davizinho e outros meninos foram trazidos ao circo de Dimmys por Madu Cidreira. Na véspera (25/06) ela tinha vindo ao Vão do TCA assistir o Circo de um Homem Só.”Parabéns, à Cultura por oferecer programas gratuitos que não só o futebol na Copa”, comentou.

Sebastião com casa lotada


Foto: Henrique Coelho.

Duas horas depois do jogo, 200 pessoas foram à Sala do Coro do TCA, ontem às 21 h, para assistir ao monólogo Sebastião, com Flávio Vidal. Um nordestino chamado Sebastião vê-se envolvido numa trama de perseguição, depois de participar do saque de um avião que caiu com R$ 5,6 milhões. Devoto de Padre Cícero, viciado em jogos, e totalmente endividado, ele recebe — por acaso — um “tesouro dos céus”, que se transforma numa tragédia.

A peça foi contemplada com o prêmio Myríam Muniz de Teatro e já realizou temporadas diversas, além de integrar a programação de importantes festivais, como o FIAC, FILTE, Festival BNB de Artes Cênicas e Festival Bahia em Cena. Já Flávio Vidal foi contemplado com o prêmio Braskem de Teatro 2010, na categoria Ator, e indicado na categoria Melhor Texto.


Hoje tem A Quem Possa Interessar Possa pelo BTCA


Fotos: Henrique Coelho.

O Balé Teatro Castro Alves - BTCA apresenta pela segunda noite, hoje (27 de junho) às 21h dentro Cultura em Campo, A Quem Possa Interessar, com trilha sonora interpretada ao vivo pela cantora, compositora e instrumentista paulista, Badi Assad. A direção é de Jorge Vermelho e a coreografia de Henrique Rodovalho. São 12 canções coreografadas por 12 bailarinos. O primeiro show foi ontem às 21 h, no mesmo local. 

Em 2011, o BTCA se apresentou com Badi pela primeira vez, como parte dos 30 anos da companhia. O Balé e a cantora já fizeram outras parcerias na Virada Cultural de São Paulo (2012) e na Bienal de Veneza, na Itália. O espetáculo de hoje tem como fio condutor depoimentos dos bailarinos, a maioria entre 40 e 50 anos. A música de Badi costura as de encontros e desencontros de cada coreógrafo.


"A arte nos liga à à alma. O que apresentamos é o sentimento que os brasileiros mostram nas ruas — de amor e frustração. Milhões de pessoas, como uma família. Como se as ruas fossem um palco para soltarem o que toca seus corações.” Assim Badi definiu sua participação.

Com uma hora, A Quem Possa Interessar relembra músicas como Não Adianta, The Being Between e Feminina, de Badi, além de releituras como Bachelorete (Bjork), One (U2) e Bom Dia, Tristeza (Adoniran Barbosa). O balé coreógrafa, ainda, Pipoca Moderna (Caetano Veloso) e Samba da Bênção (Vinicius de Moraes e Baden Powell).

No final do show, o fisioterapeuta Celso Aguiar comentou: "Muito lindo! Além da cantora ótima, a ideia de cada bailarino falar de si e numa coreografia com o corpo".


Negra Cor anima final da Copa das Confederações no Armazém Vilas


O final da Copa das Confederações será animado ao som das bandas Negra Cor e Samba de Momento, neste domingo (30), no Armazém Vilas. A festa começa a partir das 17h e contará com a transmissão do jogo em dois telões de alta definição. Com uma identidade rítmica única, Adelmo Casé, vocalista da Negra Cor, apresenta um show dançante repleto de suingue e animação. O repertório une hip hop, bases eletrônicas, axé e black music. O valor do ingresso é R$ 40,00 pista e 60,00 camarote.

Negra Cor e Samba de Momento
Data: 30 julho – domingo
Local: Armazém Vilas
Horário: a partir das 17 hs
Preço: 40 pista e 60 camarote
Vendas e reservas no local
Informações: 3379-5360

GRUPO MORDE PIMENTA HOMENAGEIA O 2 DE JULHO


Neste dia 1º de julho, segunda-feira, véspera da Independência da Bahia, Dois de Julho, o grupo MORDE PIMENTA realiza roda de choro especial, na Varanda do SESI Rio Vermelho, a partir das 19h30. Nessa noite o grupo fará uma pequena homenagem à data magna da Bahia interpretando choros e canções que homenageiem o nosso Estado, em uma parceria com a Hessel Produções / Pólo de Música da Bahia – POMBA e o Teatro SESI Rio Vermelho / FIEB.

O couvert artístico custa R$ 15,00.

MORDE PIMENTA - O grupo, que nasceu de uma seleção de novos talentos do choro de Salvador, tem a proposta de trazer as novidades dos choros que circulam pelo Brasil, sem deixar de resgatar e revestir os clássicos do choro, gafieira, samba, maxixe, dentre outras variações que compõem o primeiro ritmo urbano genuinamente brasileiro.

Tem como componentes os músicos Daniel Velloso (violão 7 cordas), Peu Souza (bandolim 10 cordas), Lucas Andrade (clarineta) e Saulo Tácio (pandeiro e efeitos)

Serviço:

O quê: Grupo MORDE PIMENTA

Quando: 1º/07/2013, segunda-feira

Horário: 19h30

Onde: Varanda do Teatro SESI Rio Vermelho

Endereço: Rua Borges dos Reis, 09 - Rio Vermelho.

Couvert Artístico: R$ 15,00

Realização: Hessel Produções e POMBA (Pólo de Música da Bahia)

Maiores Informações: Tel.: (71) 3321-5814 / 8725-4876 / 8115-7717

Leader lança maior Megaliquidação de sua história, com até 100 dias para pagar

As ofertas chegam a 70% de desconto e podem ser parceladas em até 10 vezes.

A Leader promove Megaliquidação entre os dias 27 de junho e 21 de julho, em todas as suas 79 unidades no país. A campanha oferece descontos de até 70% em todos os departamentos e forma de pagamento facilitada, com parcelamento em até 10 vezes fixas nos Cartões Leader, além do prazo de 100 dias para o vencimento da 1ª parcela.

No primeiro dia de Megaliquidação, as condições serão diferenciadas e ainda mais especiais. Os clientes do cartão Leader que forem conferir as ofertas na estreia da campanha, nesta quinta-feira, dia 27 de junho, encontrarão as lojas abertas 1 hora mais cedo e poderão parcelar as compras em até 10 vezes sem juros nos Cartões Leader.

Entre mais de 1 milhão de peças em oferta, quem quiser aproveitar a linha de Moda Casa e levar dois travesseiros, recebe ainda 15% de desconto na peça de menor valor.

A mesma campanha vale para o e-commerce Leader.com.br (www.leader.com.br) com ofertas como TV LED 29 polegadas LG de R$ 1.299,90 por R$ 889,90, e Tablet Sansumg Galaxy Android 4.0 8Gb de memória, de R$ 999,90 por R$ 663,20.

Alguns produtos da Megaliquidação nas lojas:

Conjunto de panelas inox 5 peças – de R$ 199,99 por R$ 139,99

Conjunto de panelas e utensílios 10 peças – de R$ 219,99 por R$ 199,99

Conjunto de 3 potes em inox Tramontina – de R$ 79,99 por R$ 59,99

Camisetas – a partir de R$ 15,99

Tricots – a partir de R$ 29,99

Casacos – a partir de R$ 39,99

Happy Hour Junino é no Sotero Hotel by Nobile

Comidas Típicas, muito forró e prêmios.

Nesta quinta-feira (27), um dia antes da comemoração do dia de São Pedro, o clima junino vai tomar conta do Sotero Hotel by Nobile. Gestores de empresas, funcionários de secretárias, autoridades, vão participar de uma grande festa regada a muito forró e comidas típicas. Das 18h até às 22h, o público será animado pelo cantor Rogério Gomes que garante forró pé-de-serra, muito xote e baião. Um grupo de dançarinos estará à disposição para fazer os convidados suarem as camisas. Durante o evento o pessoal poderá saborear deliciosas comidas e bebidas típicas e participar de um quiz divertido sobre a rede e o hotel.

Barlavento encerra temporada na Varanda do Sesi neste sábado


No próximo sábado (29) o Barlavento sobe ao palco da Varanda do Sesi Rio Vermelho para encerrar sua temporada com o show Gonzagão também samba!, ao lado do músico Jonga Lima (Sambatrônica) que participou de todas as apresentações do grupo neste mês de junho. Neste sábado o Barlavento recebe um reforço de peso, Davizinho de Mutá que estava em viagem pela Europa retorna e finaliza a temporada ao lado do seu parceiro Hamilton Reis. No repertório, músicas de Luiz Gonzaga, sambas de roda que já fazem parte do repertório do grupo, além de composições dos convidados.

Barlavento: Gonzagão também samba!

A proposta do projeto é uma fusão entre o samba, mais precisamente o de roda, com a música do inesquecível Lua. No repertório, músicas conhecidas do público como: Respeita Januário, Asa Branca, Propriá, Juazeiro, Riacho do Navio, além de quadrilhas juninas cantadas e compostas por Gonzagão, tudo isso com o tempero peculiar do Barlavento. As músicas compostas pelo grupo também estarão presentes nas apresentações.

Luiz Gonzaga e o Samba

Quando o ex-soldado do Exército Luiz Gonzaga inicia a vida de sanfoneiro no Rio de Janeiro, em 1939, ele sobe o morro, se enturma nas rodas de samba, mas o sotaque nordestino dele fracassa-o como cantor de samba. O samba gravado por Luiz Gonzaga em sua discografia é Tenho Onde Morar, dele e Dário de Souza, de 1947, ano da célebre toada Asa Branca: “O barracão é teu/Vou desocupar/Meu coração vai desabafar/Me dá meu violão/Que eu vou embora/Quero mostrar à senhora/Que eu tenho onde morar/Já vou!”

O Rei do Baião chegou a participar do desfile da Unidos de Lucas, escola de samba do Rio de Janeiro, em 1982. E, na mesma época, participou da gravaçãodo samba enredo Lua Viajante. Em 2012, Gonzagão também foi homenageado no carnaval carioca, pela Unidos da Tijuca.

Serviço

O que: Barlavento em “Gonzagão também samba!”

Quando: 29/06 às 22h

Onde: Rua Borges dos Reis, 9, Rio Vermelho – Varanda do Teatro SESI

Entrada: R$20

Festival Bahia em Cena foi adiado para novembro

O Festival Baiano de Teatro - Bahia em Cena Ano II terá novas datas de realização: agora de 02 a 24 de novembro e não mais 01 a 25 de agosto, como havia sido divulgado anteriormente. Recentemente, a Multi Planejamento Cultural divulgou a lista de espetáculos aprovados, selecionados por meio de edital e avaliação de curadoria que irão compor a programação.

A mostra fará um panorama das produções teatrais recentes de Salvador, com a retomada de temporada de espetáculos teatrais e um conjunto de 49 apresentações artísticas. O Festival Bahia em Cena é realizado pela Multi Planejamento Cultural, com patrocínio da Chesf e do Governo do Estado, por meio do FazCultura e do Grupo TPC e Ministério da Cultura, pela Rouanet.

Solar Boa Vista promete mais de 24 horas de festa com atrações especiais no Solar de Virote

A partir do dia 29 de junho, se apresentam gratuitamente artistas, bandas e grupos consagrados no cenário alternativo baiano.

Embalado pelo clima de comemoração da Copa das Confederações, o Cine Teatro Solar Boa Vista, espaço cultural da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), no Engenho Velho de Brotas, preparou mais de 24 horas de atividades com o Solar de Virote. A festa começa no dia 29, às 19h, e atravessa a madrugada, seguindo com uma intensa programação até a transmissão da disputa final da Copa, no dia 30. Serão shows de artistas da cena alternativa baiana, intervenções e atividades culturais, sempre com entrada gratuita. O evento é também uma prévia das comemorações do aniversário do espaço, que completa 29 anos no mês de julho.

A música toma conta do espaço com o show Paulinho Boca canta Novos Baianos, onde o ex-integrante da banda revive os grandes sucessos do álbum de 1972 “Acabou Chorare”, além de outras canções que marcaram época. O Trio Santiago, DJ Jerônimo e a cantora Márcia Short também fazem parte da programação, que traz ainda a banda de rock Cascadura e o ska da SKAnibais, grupo que estreou seu primeiro show em janeiro no próprio Solar.

Buscando sempre a diversidade na programação, o coordenador Chicco Assis convidou bandas e artistas que tem uma relação próxima com o Cine Teatro Solar Boa Vista e com o bairro do Engenho Velho de Brotas. A primeira vez que a cantora Márcia Short - ainda hoje moradora do local - se apresentou para um público foi no Solar. A banda Cascadura gravou seu mais recente videoclipe, da música “Soteropolitana”, também nas ruas do bairro.

As intervenções artísticas serão feitas pelo coletivo Blackitude com Nelson Maca, a Liga Baiana de B-boys e B-girls e o artista Arthur Scovino, com a performance “Pela Lei Natural dos Encontros”, em homenagem aos Novos Baianos. A apresentação precede o show de Paulinho Boca. Para quem gosta de dançar, o DJ Macô traz sets variados para discotecagem, nos intervalos entre as atrações.

Na área externa do Solar, também acontecerão diversas atividades. O Encontro de Tambores do Engenho, com a banda Okánbí e Os Negões, abre a programação do Solar de Virote. Um café da manhã tropical mais atividades físicas marcam o Amanhecer Solar, no dia 30, a partir das 7h. Ainda na área externa, acontece uma feira de artesanato e mudas, resultado dos trabalhos continuados do grupo Canteiros Coletivos e do Ponto de Cultura Plantando Arte.

Para o público infantil, o Solar também preparou algo especial. A animação fica por conta do grupo Canela Fina, que traz o show São João do Canela Fina: a criançada no Arraiá!, com muito forró para os pequenos. Encerrando a programação, serão exibidos a partir das 13h os dois últimos jogos da Copa das Confederações, a disputa pelo terceiro lugar e a final. Logo em seguida, acontece o show da Bailinho de Quinta com participação de Juliana Ribeiro, para comemorar os resultados.

Fiquem ligados!

Toda a programação do Solar de Virote será gratuita, porém o acesso ao espaço ficará sujeita a lotação do mesmo. Serão distribuídas 400 pulseiras de acesso, com uma hora de antecedência, para os shows que acontecerão durante a noite e para a exibição dos jogos, nos dois dias do evento.

SERVIÇO

Solar de Virote
Dias 29 e 30 de junho
Entrada Gratuita
Cine Teatro Solar Boa Vista – Parque Boa Vista de Brotas, Engenho Velho de Brotas
Salvador – Bahia – 71 3116-2109
Mais informações: www.blogdosolar.wordpress.com

Véspera de feriado com Os 7 Cabeludos no Portela Café


Foto: Jamile Vasconcelos.

Projeto formado por experientes músicos baianos aposta nos clássicos da melhor fase do rei Roberto Carlos.

A véspera de feriado no Portela Café terá programação especial. A casa recebe o show d’Os Sete Cabeludos cantam Roberto Carlos no dia 1º, segunda-feira. O repertório foca na fase juvenil de Roberto Carlos (1963 a 1972), passando pela formação do iê iê iê brasileiro, até a inclusão do soul e sedimentação do romantismo como marca do cantor. O show começa às 22h e os ingressos custam R$20. O show conta também com participação de Ronei Jorge e com a discotecagem Real Vinyl.

Eles não são sete nem cabeludos, mas encarnam o espírito das canções do período com repertório conhecido do público, recorrendo à memória afetiva dos baianos que, como todos os brasileiros, foram tocados, de uma maneira ou de outra, pelas músicas do Rei. A banda é formada por Paquito (voz e guitarra), Morotó Slim (guitarra), Rex (bateria), Nuno (baixo) e Juliano Oliveira (teclados), todos egressos da turma roqueira de Salvador.

Músicas de Roberto e Erasmo, como Quero que vá tudo pro inferno, É proibido fumar e Se você pensa, e também de outros autores que ele cantou, como Getúlio Côrtes, mestre das narrativas de aventuras como O sósia e caracterizações impagáveis como O feio e a hoje antológica Negro Gato.

SERVIÇO

QUEM: Os Sete Cabeludos cantam Roberto Carlos + Discotecagem Real Vinyl

QUANDO: 1º de julho (segunda-feira), às 22h

ONDE: Portela Café (Rua Itabuna, 204, Pq. Cruz Aguiar, Rio Vermelho)

QUANTO: R$20

Informações: (71) 9293-8403 | bbrecords@gmail.com

LIMITS LIQUIDA INVERNO PARA ESPERAR O VERÃO


O Inverno começa com descontos especiais para esperar o Verão na Limits! Se no calendário o Inverno acaba de começar, a marca carioca inicia a despedida da estação mais fria do ano com liquidação de até 40% de peças selecionadas coleção Press Play, inspirada na música.


Os descontos no preço real de roupas já estão valendo nas lojas da marca no Shopping Barra, Salvador Shopping e Shopping Iguatemi.


A promoção da Limits, que antecede a chegada da coleção de Verão, traz peças leves e confortáveis de Inverno, que podem ser usadas em todas as estações. Perfeitas para os dias mais quentes e amenos, as peças leves, como camisas, t-shirts, regatas, bermudas e calças, ganham sobreposições e combinações com looks poucos mais pesados, como tricôs, moletons, blazers e Cardigans.


Entre as peças selecionadas, destaque para as camisetas e regatas em malhas com efeitos jateados e lavagens ozonizadas, calças jeans, bermudas e camisaria.

Artista plástico Ray Vianna ilustra livro da pesquisadora Ana de Oliveira


Fotos: Yuji Sogawa / Divulgação.

Único baiano a assinar uma ilustração no livro da pesquisadora Ana de Oliveira, intitulado Tropicália ou Panis et Circencis, Ray Vianna é um dos convidados vips a participar do lançamento exclusivo da publicação, que acontece na próxima quarta-feira (03), a partir das 19h, na Caixa Cultural Salvador. Na ocasião, a cantora Margareth Menezes, acompanhada de Jota Veloso, fará um pocket show com músicas de Gilberto Gil e Caetano Veloso.


Vianna, que fez para a publicação uma ilustração inspirada no Hino do Senhor do Bonfim, é responsável, também, pelo projeto expográfico da mostra inspirada no livro, que fica aberta ao público, com entrada franca, até o dia 04 de agosto, de terça a domingo, das 9h às 18h.

Tropicália ou Panis et Circencis reúne 12 textos assinados por personalidades como o cantor e compositor Jorge Mautner e o antropólogo Antônio Risério. Cada um deles fala sobre uma das 12 canções do famoso álbum, de 1968, que inspirou o livro. A contracapa é assinada por Arnaldo Antunes.