segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Bloco afro Olodum contará com a participação especial de Margareth Menezes e Pierre Onassis

Foto: Magali Moraes.

Em homenagem aos 30 anos da canção “Faraó Divindade do Egito” os artistas tocarão junto a Lazinho, Mateus Vidal e Narcizinho


Eu Falei Faraóooo... Há trinta anos a canção “Faraó Divindade do Egito” foi tocada pela primeira vez na Bahia. A força dos refrãos que propagou o samba reggae no Brasil e no mundo em 2017 receberá uma justa homenagem. Além de um verão com inúmeras referencias, o Olodum traz mais uma novidade. Durante o Carnaval 2017,  mantendo uma tradição de ter artistas convidados como Jimmy Cliff, Yuri da Cunha ( Angola), Daniela Mercury,  Pierre Onassis e Margareth Menezescantarão ao lado dos cantores da banda do Pelô, nos dias em que o bloco desfila.

Dentro da programação, Margareth Menezes, dona de grande sucessos e musicas do carnaval, que também interpretou a canção de Luciano Gomes em 1987, apresentará mais uma vez a força da sua voz nas ruas do circuito Osmar (Campo Grande), na sexta-feira, dia 24, no bloco.

No domingo, dia 26, será a vez da voz que propagou a canção “Requebra”, a musica em disco mais vendida do Olodum no Brasil e que que foi hit do carnaval de Salvador em 1993. O cantor Pierre Onassis será o convidado de Lazinho, Mateus Vidal e Narcizinho  no bloco, que neste dia  é o primeiro a sair no Circuito Dodô (Barra).

Como Olodum chega com o tema, “O Sol – Akhenaton: Os Caminhos da Luz”. Desta vez, o pai de Tutacamom, Akhenaton, o Iluminado, o primeiro intelectual da humanidade, um poeta, famoso por ser o criador do monoteísmo, adorador do sol, será homenageado no desfile da atração, além de todas as influencias do astro rei no planeta terra.

Na sexta-feira, ainda, o Bloco inicia o desfile no seu berço de origem, o Maciel Pelourinho e depois compartilha esse momento de sua história no circuito Osmar (Campo Grande) com todos os foliões na Avenida. No Domingo na Barra. Sendo o primeiro a desfilar na beira mar nas águas primordiais da Bahia.

A canção Faraó Divindade do Egito de Luciano Gomes foi lançada em 1987.  Gravada pelo Olodum e vários artistas, Neste ano, pela primeira vez na história do Carnaval da Bahia, um Bloco Afro teve a ousadia e a irreverência de retratar a cultura Egípcia africana em seu desfile Carnavalesco.

O hit foi à sensação e contagiou os foliões de Salvador e do Brasil, todos entoaram este hino musical que permanece até hoje na memória e no coração de todos mundialmente. O bloco Olodum  tem o patrocínio Caixa Econômica Federal e Governo do Estado (Bahiatursa) e o apoio da Air Europa e da Bahiagás. Antes, para alegria de baianos e turistas, o Olodum realizou ainda as tradicionais terças da benção e os ensaios do bloco.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário