quarta-feira, 17 de maio de 2017

Clínica AMO faz alerta para Dia Mundial Sem Tabaco


Cigarro é responsável por uma em cada 10 mortes no mundo

O tabagismo, um dos mais graves problemas de saúde pública mundial, é considerado pela Organização Mundial de Saúde a principal causa evitável de doença e morte. No próximo 31 de maio, comemora-se o Dia Mundial Sem Tabaco e a Dra. Ana Paula Barreto, pneumologista da Clínica AMO, alerta que apesar da prevalência de fumantes ter reduzido cerca de 30% no mundo nas últimas décadas, o número de pessoas que fumam elevou de 870 milhões para 933 milhões nesse período devido ao crescimento populacional, explica a médica.

A OMS divulgou que todo ano, cerca de seis milhões de pessoas morrem no mundo devido ao consumo direto do tabaco ou em decorrência da poluição provocada por ele. O tabagismo envolve a dependência química à nicotina, além da dependência física e psíquica. Sabe-se que grande parte dos fumantes deseja parar de fumar, no entanto, apenas uma pequena minoria tem sucesso sem um tratamento formal. Segundo Dra. Ana Paula Barreto o tabagismo deve ser encarado como uma doença que pode ser tratada e controlada, informou a especialista. 

Com o objetivo de combater este problema, a Clínica AMO criou o "Programa de Cessação do Tabagismo" para auxiliar os pacientes que desejam parar de fumar. O programa envolve o acompanhamento individualizado e intensivo do fumante por uma equipe multidisciplinar especializada. Nele, os pacientes participam de encontros individuais consecutivos com pneumologista e/ou psicólogo, por um período de três meses, com intervalos semanais no primeiro mês e quinzenais nos dois meses seguintes. O tratamento é baseado em intervenções comportamentais, apoio psicossocial e uso de medicações; estratégias reconhecidas como eficazes para a cessação do tabagismo. 


Para mais informações, os interessados devem entrar em contato com a Clínica AMO pelo telefone 71 33116500.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário