segunda-feira, 15 de maio de 2017

Tereza Paim abre a programação do último dia do Mesa ao Vivo Bahia 2017




Desvendando a história e cultura africanas na Bahia, a chef Tereza Paim abriu a programação do segundo dia do evento Mesa ao Vivo Bahia 2017, no sábado, 13, ao meio-dia, no auditório do Sheraton da Bahia Hotel. Na data em que a abolição da escravatura no Brasil, completou 129 anos, a chef presenteou a plateia com uma receita emblemática trazida pelos escravos vindos da África, o Arroz d’Hauçá. A chef preparou todo o passo a passo da comida, e explicou a história, a importância e a origem do prato. “É preciso ir além da panela e entender a história para despertar os sentidos e aplicá-los à gastronomia”, disse Tereza. 

“A Bahia é um destino gastronômico em potencial e nossa terra vive do turismo. Meu compromisso com esse universo é de fortalecer a cultura a partir de nossos movimentos”, revelou. Dentre os chefs que assistiram a aula de Tereza Paim, estavam os amigos Guga Rocha e Fabrício Lemos, que também comandaram aulas-show. 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário