sexta-feira, 28 de abril de 2017

AnaVitória faz show oficial em Salvador dia 10 de junho

Foto: Breno Galtier

A dupla de Tocantins que é conhecida pelos mais de oito milhões de visualizações no Youtube e 270 mil seguidores no Facebook, vai se apresentar na Concha Acústica do Teatro Castro Alves


Após rápida passagem por Salvador em 2016, a dupla Tocantinense AnaVitória, sucesso no pop rural (estilo assim definido por misturar o urbano com o rural e o pop com o sertanejo) e conhecida principalmente na internet com mais de oito milhões de visualizações no youtube e 270 mil seguidores no Facebook, está de volta a capital baiana e vai se apresentar na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, no dia 10 de junho (sábado). No repertório, os fãs vão ouvir canções do EP lançado em abril do ano passado, hits que fazem parte de toda a história das garotas desde o começo da carreira, como ‘Singular’ e ‘Chamego Meu’ e muito mais. O show que conta com realização da Íris Produções terá início às 19h. Os ingressos serão vendidos em breve. 


Sobre AnaVitória

Amigas desde a época da escola, Ana Caetano (21 anos) e Vitória Falcão (20 anos) ficaram famosas através dos vídeos publicados no youtube, onde apareciam cantando e tocando violão com performances autorais e também versões novas para músicas de artistas as quais mais gostavam. Após regravação de “Um Dia após o Outro” (canção do brasiliense Tiago Iorc lançada por ele no álbum “Zeski” em 2013) e que chegou até o cantor, as jovens estouraram. Hoje, o álbum “Anavitória” (Universal Music) que está presente nas lojas, conta com a produção do cantor, além da sua participação na letra ‘Trevo (tu)’ e parceria também na composição de três outras faixas. 



CELEBRA SALVADOR: PADRE FÁBIO CONDUZ SEGUNDA EDIÇÃO DO EVENTO NA ARENA FONTE NOVA



 Evento acontece na Arena Fonte Nova, no dia 10 de junho, a partir das 16h


Após o grande sucesso da sua primeira edição em 2016, o Celebra Salvador promete reunir novamente o público baiano em mais uma celebração religiosa musical. Este ano, o evento acontece na Arena Fonte Nova, Praça Sul, no dia 10 de junho, às 17 horas. Entre as atrações confirmadas estão o Padre Fábio de Melo e o Padre Paulo.

Nesse dia, o estádio será tomado por cânticos, sentimento de fraternidade e alegria. Os padres irão interpretar grandes sucessos que vão garantir a animação do público. O padre mineiro Fábio de Melo, novamente, é uma das atrações mais esperadas, que vai trazer canções de seu álbum mais recente, intitulado de “Deus no Esconderijo do Verso”.

O disco teve muita repercussão, principalmente devido aos três sambas compostos pelo religioso: “Sobre Ganhar e Perder”, que teve participação de Alcione; “Amigo Onde Deus É”, gravado com Zeca Pagodinho, e “Nós Num Mundo Só”.

Outra participação especial é do padre Paulo Avelino, pároco da Igreja Nossa Senhora do Resgate, localizada no bairro do Cabula.  Padre Paulo é conhecido por ser um comunicador apaixonado e assertivo da fé católica. Muito simpático, ele tornou-se rapidamente líder e atrai o público nas redes sociais de sua paróquia. Ele também é autor das inspiradoras reflexões sobre a vida, mensagens motivacionais e orações que vão ao ar de segunda à sexta-feira, das 5h às 6h, no programa “Minha Fé”, da Rádio Bahia FM. No Celebra, o padre irá puxar um momento de adoração.

REALIZAÇÃO
O evento é realizado pela iContent, empresa da Rede Bahia, que atua no segmento de entretenimento, oferecendo ao mercado nacional e internacional alternativas de comunicação e marketing, através da criação e comercialização de projetos musicais, culturais, educacionais, empresariais, esportivos e corporativos.

SERVIÇO:
O quê: 2ª edição do Celebra Salvador.
Local: Arena Fonte Nova, Praça Sul.
Data: 10 de junho de 2017 (sábado).
Atrações: Padre Fábio de Melo e Padre Paulo Avelino.
Horário: A abertura dos portões ocorre às 16h e o início do show está marcado para às 17h.

Time de chefs comandam a 4ª edição do Festival Sabores de Itacaré



Cerca de trinta estabelecimentos vão participar do festival, que acontece de 13 a 23 de Julho. O evento integra ainda, uma programação cultural que promete animar a cidade. 
Caco Moteiro, um dos chefs que compõe o time da 4ª edição do Festival Gastronômico Sabores de Itacaré (Divulgação)
Em 2017, o Festival Gastronômico Sabores de Itacaré traz chefs renomados da gastronomia local e nacional.  Entre os chefs que já confirmaram a presença estão Leonardo Roncon, paulista de Santo André, especializado em alta gastronomia, Marcos Oliveira, mais conhecido como Chef Meia Noite, natural de Itacaré e que atualmente trabalha em São Paulo, no Botica Gastronômica; Fabrício Lemos e Lisiane Arouca, do restaurante Origem em Salvador e Caco Marinho, um dos mais bem-sucedidos chefs de Salvador. 
O time estará à frente da Cozinha Show, que acontece nas noites do Festival, sempre às 18h. O espaço é preparado para a interação entre profissionais da gastronomia e o público. Os chefs convidados mostram suas habilidades, preparam receitas ao vivo e ensinam alguns truques da cozinha.  
Os artilheiros do time são os chefs da terra, Júnior França, Consultor em Gastronomia; Paulo Pinto, da Sorveteria Show de Bola; Marly Catarina, do Café Cacau Restaurante e Lanchonete, Clécio Campos, do Restaurante Itacarezinho; leleco, Restaurante Espaço Brasil; Jô da Villa Ecoporan e Aurelien Roche, do Txai Resort.
Usando produtos da agricultura familiar, eles valorizam a “gastronomia de raiz”, que será tema do evento. Esse ano a Cozinha Show acontece nos dias 13 a 16 de julho e será montada na Avenida Castro Alves, na Orla de Itacaré. O evento também vai realizar oficinas infantis de pizza, chocolate e hambúrguer. A programação oficial será divulgada nas próximas semanas.

O Festival Gastronômico Sabores é uma realização da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Turismo, e conta com patrocínio da Bahiatursa e da Secretaria estadual de Turismo do Governo da Bahia.

SOBRE OS CHEFS:

LEONARDO ROCON
Apresentador do programa “Chefes em Ação”, na TV Aparecida. Rocon acumula 15 anos de experiência a frente de grandes hotéis e restaurantes do Brasil, como: Hotel Intercontinental de São Paulo, Hotel Mercure e Rede All Saints de Restaurantes de Salvador. Com graduação e pós pela Escola Senac, o paulista é puro talento e não separa a cozinha de outra grande paixão: a boa música. É na união de ingredientes tradicionais e inusitados, que o chef elabora receitas conhecidas internacionalmente de encher os olhos e os paladares mais exigentes ao redor do mundo.

MARCOS OLIVEIRA – MEIA NOITE
Dedicado, interessado e com facilidade de aprendizagem, vêm adquirindo boas noções de cozinha ao longo de 5 anos de atuação no ramo. No atual trabalho, teve oportunidade de ganhar vasta experiência ao passar por todas as praças do restaurante, tanto na cozinha do serviço de buffet quanto na do serviço à la carte. Sua determinação e comprometimento ajudaram-no a sempre alcançar desempenho de destaque, levando-o a conquistar consequentes promoções e novas oportunidades de assumir maiores desafios. Suas qualidades de uma pessoa comunicativa, extrovertida e que trabalha muito bem em grupo o levaram a assumir responsabilidades que vão além da preparação de pratos: atua como auxiliar e professor das aulas ministradas pelo Restaurante Capim Santo, é o ponto de referência na liderança do time da cozinha na ausência dos sous chef; participou ativamente do projeto de redefinição do cardápio de saladas do Restaurante Capim Santo, e neste mesmo foi responsável ao longo de 2 anos pela coordenação do buffet servido no almoço. Outras características diferenciais são a iniciativa e a pré-disposição para atuar em diversas funções: trabalhou como garçom, barman e participou de eventos diversificados e feiras gastronômicas (ex. FISPAL).

FABRÍCIO LEMOS
Formado na francesa Le Cordon Bleu, Fabrício Lemos começou na cozinha em Miami, nos Estados Unidos. Durante esse período se dividiu entre os estudos e o trabalho de lavador de pratos em um restaurante italiano – casa em que permaneceu até virar cozinheiro. Ao todo, foram 14 anos trabalhando em restaurantes americanos até que decidiu voltar à Bahia. Em 2010, passou uma temporada no Mistura, mas foi no Al Mare que o trabalho do chef começou a ganhar destaque. Com liberdade para criar, ele aproveitou para aplicar no cardápio da casa as influências adquiridas nos Estados Unidos. O nome de Fabrício virou destaque na mídia e passou a chamar a atenção de Edinho Engel, do Amado. Não tardou para que recebesse o convite para assumir o comando das panelas no lugar do experiente chef. Assim, Fabrício assumiu o cargo no início de 2015. Em 2016 inaugurou o Restaurante Origem, levando a alta Gastronomia para Salvador.

LISIANE AROUCA
Lisiane transformou a paixão e a necessidade de ajudar a família em empreendimento, tornou o bufê 4Chef’s que fundou com mais três amigas e se especializou em   design de bolos e consultora pâtisserie. Hoje comanda o Restaurante Origem junto com o chef e esposo, Fabrício Lemos.

CACO MARINHO 
É um dos mais bem-sucedidos chefs de Salvador. Autodidata, iniciou sua carreira há mais de 20 anos na capital baiana e é responsável pela concepção de diversos empreendimentos na cidade. Engajado na promoção e desenvolvimento da cena gastronômica local, é chef e sócio do premiado restaurante soteropolitano DOC Casual Dinning. Atua também como curador do projeto Salvador Boa Praça, feira gastronômica que leva os chefs para cozinhar ao ar livre, em contato direto com o público. Partidário do Slowfood, o paulista radicado há 25 anos na Bahia, atua como colaborador dos produtores de mel de abelhas nativas e também dos produtores da carne de fumeiro de Maragogipe (BA). 

SKOL apresenta Super Praia em Arraia D’ Ajuda

Pense em um festival que reúne games, eletrônicos, esportes, música e cerveja gelada? Assim será a 14ºª edição do Super Praia, que começa hoje (28) e vai até segunda (1), nas areias da paradisíacas da Praia do Parracho, em Arraial D’Ajuda.
Patrocinado pela SKOL, o Super Praia está entre os principais festivais do país e reúne centenas de jovens de todo o Brasil, que são a cara da SKOL, e vão aproveitar o final de semana prolongado com muita diversão e música.
O Super Praia é uma mistura de ritmos. O evento possui vários palcos em uma programação democrática que para todos os gostos musicais. Terá funk, sertanejo, axé, hip hop, eletrônico, surf music e reggae. A programação completa pode ser conferida no sitewww.circuitosuperpraia.com.br

SERVIÇO
Super Praia 2017
Data: 28 de abril a 01 de maio de 2017
Horário: 22 horas
Local: Uki Parracho - Arrail D’ Ajuda
Mais Informações: (73) 3575-1944 

GALPÃO LIVE MUSIC INAUGURADO EM NOITE CONCORRIDA








Fotos: Sércio Freitas

O público adorou e se divertiu para valer na inauguração do Galpão Live Music, ontem, na Pituba. A noite de apresentação para convidados foi aberta com coquetel, pilotado pelo DJ Rafael Gouveia, seguido de shows das bandas Seu Maxixe e Kart Love, encerrados no final da madrugada. 

Os sócios Roni BentoDevison MascarenhasThiago Carvalho eRenato Neto receberam muitos elogios pela infraestrutura da casa, que promete deixar ainda mais eletrizantes as noites de Salvador.
Com capacidade para 900 pessoas, o Galpão só entra circuito de baladas da cidade no próximo fim de semana. A abertura também foi para testar o funcionamento casa, muito elogiada com seu potente sistema de ar condicionando, pista ampla e bares bem localizados. 

Os músicos também aprovaram o palco fixo e a acústica do espaço.
A decoração urbana, assinada pela HU Arquitetos, imprime uma energia de baladas e festas de todos os ritmos. O Galpão Live Music, que contará com uma programação que vai do axé ao forró, passando pelas baladas eletrônicas, fica na Av. Octávio Mangabeira, 1709 - Pituba.

Larissa Manoela anuncia gravação de 1º DVD, no Arraiá do Galinho



Os fãs de Larissa Manoela já podem comemorar. A cantora confirma que seu o primeiro DVD será gravado na capital baiana no dia 4 de junho, no Parque de Exposições, durante o evento Arraiá do Galinho. O DVD, intitulado “Larissa UP”, contará com a participação de atrações especiais que ainda serão divulgados pela produção da artista. A gravadora responsável pela obra será a DeckDisc.
Com uma programação exclusiva para o público infantil, no dia 04 o Arraiá do Galinho traz o "Arraiá Kids" onde Larissa é a grande atração da noite que contará ainda com apresentação de quadrilhas mirins e atividades diversas.
Os ingressos já estão à venda e o público pode escolher entre três setores: arena, que custa R$ 30,00 (individual) e R$ 45,00 (casadinha); o Camarote TOP, com uma área de 5 mil metros quadrados e possui área coberta, além de vista privilegiada do palco por meio de um mirante e custa R$ 75,00. Tem também o Lounge Gold, garantindo ao público assistir aos shows bem em frente ao palco e com muito conforto, custa R$ 140,00.

Serviço:
O que: Arraiá do Galinho Kids
Quando: 04 de Junho
Horário: 16h (abertura dos portões)
Onde: Parque de Exposições (Paralela)
Atrações: Larissa Manoela e convidados
*Valores:
ARENA R$ 30,00 (meia) / R$ 45,00 (casadinha meia)
CAMAROTE TOP R$ 75,00 (meia)
LOUNGE GOLD R$ 140,00 (meia)
* Acrescentar 15% de taxa de serviço. Vendas sem taxa de serviços no balcão do Shopping Paralela.
Vendas: Balcões de Ingressos (Shoppings da Bahia, Salvador, Salvador Norte, Bela Vista e Paralela), Pida (Shopping Piedade), Ticketmix (Shoppings Paralela, Salvador, da Bahia, Barra, Cajazeiras e Piedade), Leve Ingressos (Estação da Lapa), Central do Carnaval (Shopping da Bahia) e pela internet.

Andrea Botto participa de congresso de dermatologia em São Paulo




Foto: Divulgação 

​ 
A dermatologista Andrea Botto desembarca nesta sexta-feira em São José do Rio Preto, São Paulo, para se juntar a renomados especialistas do país durante encontro que vai abordar as novidades da dermatologia mundial. A médica, que atende no Hospital da Bahia, na Clínica que leva seu nome, participa até domingo (30) da 12ª edição da Atualização e Especialização em Cirurgia Dermatológica, Tecnologias e Rejuvenescimento da AECD.

Este ano, entre as inovações do congresso, destacam-se tratamentos a laser e injetáveis para melasma e alopecias (perda de cabelo). Microinjeções de toxina botulínica, novos preenchedores, celulite e emagrecimento, além de programas de tratamentos que associam diversas técnicas para otimização de resultados, também serão apresentados.

Cantores do axé music marcam presença em evento beneficente da Cidade da Luz


Atrações consagradas no axé music se apresentam, no dia 06 de maio, durante evento beneficente promovido pela Cidade da Luz (Pituaçu). Dentre os artistas já confirmados, estão Sarajane e Márcia Short. Juntos eles prometem agitar a noite dos participantes que, além de se divertirem com as performances, ainda poderão auxiliar nos projetos socioeducativos da instituição.
O evento integra mais uma edição do tradicional Jantar com Pintura Mediúnica, que desta vez homenageará as “Memórias do Axé”. Além da música, haverá ainda Talk Show com o empresário Chico Kertész, sobre o mesmo tema da festa. No cardápio do Jantar, comidas afro-brasileiras como abará com vatapá, quitandê (feijão miúdo e verde), arroz de hauçá (arroz sem sal, desmanchado), arroz branco, xinxim de frango e cocada branca.
O ingresso para os shows e o Jantar custa apenas R$ 70 e podem ser adquiridos no próprio local. Cada convite dará direito a participar do sorteio de uma tela mediúnica, produzida pelo médium e fundador da Cidade da Luz, José Medrado.
Cidade da Luz
Fundada em 27 de fevereiro de 1996, pelo médium José Medrado, a Cidade da Luz é um Complexo Social de direito privado, sem fins lucrativos, que abrange um Ambulatório Odonto-Médico, que oferece assistência às pessoas cadastradas; a Escola Carlos Murion; bem como o Centro de Cultura e Arte Pai João (CCAPJ), que propõe a construção de uma comunidade de aprendizagem e afeto com crianças, adolescentes e suas famílias, por meio de atividades, vivências artísticas e culturais.

Inauguração Clínica Florence

Foto: Marcus Claussen.

Representantes da classe médica baiana prestigiaram a inauguração da Clínica Florence, a primeira em cuidados paliativos do Norte e Nordeste, que aconteceu na última quinta (27/04).  “A clínica é um sonho gestado em 30 meses, com muito cuidado, resiliência e a missão de cuidar, oferecendo mais vida aos dias de vida”, comenta o idealizador e diretor executivo, Lucas Andrade.

Plataforma recebe edição do Festival Caymmi nestes sábado e domingo




Shows, oficinas, vivências e programação infantil vão movimentar a Praça São Brás com atividades gratuitas e abertas ao público a partir das 9h


O mestre Dorival Caymmi completaria 103 anos neste domingo, 30 de abril. Celebrando a isso, o Festival Caymmi de Música desembarca ali, pertinho do mar, em Plataforma, no Subúrbio Ferroviário, para uma ocupação de música, cultura e arte, que valoriza a nova música e as manifestações artísticas urbanas da Bahia. Depois de reunir mais de 4 mil pessoas em dois dias de programação no Passeio Público no início desse mês, o evento chega à Praça São Brás, nesse final de semana lembrando, especialmente, o marco do inspirador do projeto, Dorival Caymmi.

Para celebrar, o Festival convida a comunidade do bairro e de localidades do entorno a ocupar a praça para uma programação gratuita e aberta a todos os públicos. Além de show musical, que tem como protagonistas os novos talentos baianos - concorrentes ao Prêmio Caymmi de Música – e com participação de artistas convidados, o evento contará com atividades de bem-estar, vivências, oficinas e mostras assinadas pelo projeto #OcupaLajes e pelos coletivos artísticos ACORDA Samba, A Rua é a Voz e #MaisAmorEntreNós, além do Centro Cultural Plataforma, que já desenvolvem trabalhos importantes no bairro e em outras localidades do Subúrbio. As atividades da programação têm início às 8h e os shows acontecem às 16h.

No palco, a homenagem ao mestre Caymmi ganha destaque com a valorização da nova música da Bahia, em shows sob direção artística de Márcio Meirelles e direção musical assinada a quatro mãos por João Milet e Ronei Jorge. No sábado (29), apresentam-se os grupos RBF - Rapaziada da Baixa Fria, Gazumba, Skanibais e a cantora Nara Couto, concorrentes na categoria ‘Show’ ao Prêmio Caymmi de Música. A participação especial fica por conta da cantora baiana Márcia Castro. No dia 30 (domingo), aniversário de Caymmi, sobem ao palco os grupos Performáticos Quilombo, Africania, o cantor Filipe Lorenzo e a banda Ifá. A tarde contará com participação da cantora convidada Jadsa Castro, também representante da nova geração de artistas da Bahia.

Arte na Praça

As atividades começam às 9h, nos dois dias, com abertura de uma ocupação artística que potencializa as atividades culturais protagonizadas por agentes locais promovida em parceria com o projeto #OcupaLajes. Uma visita guiada ao Acervo da Laje, com traslado gratuito a partir da Praça São Brás, abre a programação. Seguida, às 10h, por exposição e venda de obras dos artistas Ray Bahia, Ivana Magalhães e Joel Souza. O #OcupaLajes é uma ação promovida pelo Acervo da Laje com realização de oficinas de arte e exposições visuais em lajes da capital baiana através de articulação com artistas visuais do Subúrbio e Cidade Baixa.

Na manhã de sábado, às 10h, uma vivência promovida pelo Coletivo A CORDA Samba de Roda vai destacar a Memória Viva do Samba de Roda do Subúrbio. A ocupação segue com a Mostra ‘Curtas do Subúrbio’ que, a partir das 14h, contará com exibições dos filmes, ‘A Beleza Invisível’, dirigido por Leandro Souza, ‘Balú’, de Paula Gomes, ‘A Beleza do Subúrbio’, de Jose Sebastian Barreneche, e ‘Não Somos + Um’, com direção assinada pelo grupo Juventude Negra e com participação política da Agência de Comunicação do Subúrbio - Cipó Comunicação Interativa.

A mostra será seguida por um bate-papo com a diretora Paula Gomes, o diretor Leandro Souza e o ator mirim David Silva, que protagoniza Balú. O encontro será mediado pelo ator e produtor cultural Fabrício Cumming e acontece no Centro Cultural Plataforma. Antes do show, às 15h30, a Batalha de MC’s, atividade do coletivo A Rua é a Voz, que tradicionalmente já ocupa a Praça São Brás com MC’s, grupos de rap e elementos da cultura hip hop, movimenta o Festival com competições de rima.

No domingo, visita guiada e exposição abrem mais uma vez a ocupação, às 9h e 10h, respectivamente. Também a partir das 9h, o coletivo "Mais Amor Entre Nós (#MAEN), promoverá uma corrente de cuidado mútuo entre mulheres. O grupo convida todas as mulheres a realizarem atividades que trabalham técnicas de relaxamento do estresse, com facilitação de Sueli Kintê, tratamento terapêutico, com Mônica Gonçalves, e um aulão de Coupé Décalé - dança urbana de origem africana - com condução do Farafina Brasil e Kety Kim.

À tarde, as crianças ganham destaque na oficina de máscaras gigantes de papelão e na atividade de pintura lúdica facial, conduzidas pelo artista Zaca Oliveira, do #OcupaLajes. Novamente às 14h, a ocupação segue para o Centro Cultural Plataforma com a Mostra Curtas do Subúrbio. Finalizando a programação que precede o show, um mini cortejo, às 16h, reunirá as crianças e máscaras produzidas na atividade anterior em um passeio pela Praça com máscaras gigantes e estandartes do #OcupaLajes puxado pelo Carro Multimídia da artista Ana Dumas.

Programação Festival Caymmi – Plataforma (Praça São Brás)

SÁBADO – 29/abril
9h – Abertura da Ocupação_Visita Guiada ao Acervo da Laje**
10h - Vivência de Samba de Roda (Coletivo A Corda Samba de Roda)*
13h – Exposição de artistas do Subúrbio (Coletivo #OcupaLajes e Acervo da Laje)
14h – Mostra de Filmes ‘Curtas do Subúrbio’+ Bate papo com Leandro Souza, Paula Gomes e Deivid Silva (Centro Cultural Plataforma - CCP)*
15h30 – Batalha de MC’s (Coletivo A Rua é a Voz)
16h – Show | RBF - Rapaziada da Baixa Fria, Gazumba, Skanibais e Nara Couto (sáb) – Participação Márcia Castro

DOMINGO – 30/abril
9h – Visita Guiada ao Acervo da Laje**
9h – Ação de Autocuidado #MaisAmorEntreNós com Sueli Kintê, Mônica Gonçalves e Kety Kim (Coletivo #MaisAmorEntreNos)*
13h – Exposição de artistas do Subúrbio (Coletivos #OcupaLajes e Acervo da Laje)
13h – Oficina infantil de Máscaras de Papelão + Pintura Facial (por Zaca Oliveira/Coletivo #OcupaLajes)*
14h – Mostra de Filmes ‘Curtas do Subúrbio’* (Centro Cultural Plataforma)
16h – Mini cortejo de máscaras de papelão e estandartes (Coletivo #OcupaLajes) +Ana Dumas (Carrinho Multimídia)
16h – Show | Performáticos Quilombo, Africania, Filipe Lorenzo, Ifá – Participação Jadsa Castro

*Inscrições no local, 1h antes de cada atividade. Vagas Limitadas!
**Traslado gratuito Praça – Acervo da Laje. Saída às 8h50. 15 vagas – sujeito a lotação.

Serviço:
Festival Caymmi de Música
Datas: 29 e 30 de abril (sábado e domingo)
Local: Praça São Brás (Plataforma)
Atrações: RBF - Rapaziada da Baixa Fria, Gazumba, Skanibais e Nara Couto (sáb) | Performáticos Quilombo, Africania, Filipe Lorenzo, Ifá (dom)
Participações especiais: Márcia Castro (sáb) e Jadsa Castro (dom)
Horário: Atividades – a partir das 9h | Shows – 16h
ENTRADA FRANCA

Estudante baiana é uma das premiadas pela Ambev por desenvolver projeto de reuso de água



O grupo “Palmas Pra Vida” venceu o Desafio Água, uma iniciativa da parceria entre a  Ambev e a BRASA, maior associação de alunos do Brasil no exterior. 
O grupo é formado por um quatro estudantes brasileiros - Higor  Cerqueira, estudante do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), a baiana Emanoella Rodrigues da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Guilherme Nascimento e Maryllya Matos  alunos do Instituto Federal de Alagoas (IFAL) . 

Foto: Divulgação

A baiana Emanoella Rodrigues, estudante de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), campus Cruz das Almas, venceu desafio proposto pela Ambev, ao apresentar uma solução inovadora para o combate à seca na região do semiárido no Brasil.
Ela é umas das integrantes do grupo “Palmas Pra Vida”, formado por jovens brasileiros que estudam em Portugal. A equipe vencedora desenvolveu um projeto que propõe o reuso de águas cinzas na comunidade alagoana de Major Isidoro, em Alagoas, e receberá agora US$ 10 mil para implementação do plano.
A ideia do time vencedor é destinar as chamadas águas cinzas, provenientes de processos domésticos, como banho e lavagem de roupa e louça, da comunidade de Major para a irrigação de plantas que alimentam ao gado leiteiro da cidade, que é a maior produtora da bacia leiteira de Alagoas.O projeto visa beneficiar tanto os pequenos agricultores quanto a comunidade escolar, que receberá educação ambiental e parte do leite produzido.
Para Emanoella, o reuso da água é um tema que tem ganhado muito destaque no campo ambiental, por ter baixo custo e ser um processo simples. Pensando nisso, resolvemos participar do “Desafio Água” da Ambev e ajudar uma comunidade que sofre com este problema da escassez de água. 
“Me sinto gratificada por saber que nosso esforço e dedicação nesta ideia se tornou real com apoio de grandes empresas. O principal de tudo é contribuir com um Brasil Melhor, diminuindo os impactos de um problema tão grande e melhorar o dia a dia das pessoas daquela comunidade”, afirma a estudante.

O Grupo Palmas Pra Vida receberá agora US$ 10 mil para implementação do projeto. Foto: Divulgação
 
Para Carla Crippa, gerente de sustentabilidade da Ambev e jurada no evento, é muito importante que grandes empresas como a cervejaria incentivem o engajamento desses jovens. “Ficamos muito felizes em ver o potencial dos projetos que foram apresentados e em fazer parte disso. Queremos ver as pessoas unidas por um mundo melhor e são atitudes como essa que nos ajudarão a realizarmos esse sonho.”, diz Carla.
O anúncio do grupo vencedor aconteceu na Universidade da Pensilvânia (EUA) durante a BrazUSC, maior conferência para alunos brasileiros que estudam no exterior. Além da premiação, o evento contou também com palestras de grandes líderes brasileiros, como Luíza Trajano, fundadora da Magazine Luíza, Carlos Wizard, fundador da Wizard,  e Augusto Nardes, ministro do TCU.

“Tudo que foi trocado, fica guardado!” em cartaz dias 04 e 05 de maio

Foto: Sidney Rocharte.

Apresentações ocorrerão nos corredores da Casa d’A Outra, no Politeama


Primeiro ato: se conhecem. Segundo: trocam afetos. Terceiro ato: apaixonam-se. Este é o momento da mostra cênica “Tudo que foi Trocado, fica guardado!”, resultado do Laboratório de Atores d’A Outra Companhia de Teatro, que fica em cartaz nos dias 04 e 05 de maio, às 20h, na Casa d’A Outra (R. Politeama de Cima, 114, Ed Centro Comercial Politeama).

O espetáculo tem uma dramaturgia escrita a várias mãos, assinada por Luiz Antônio Sena Jr, que também dirige a montagem, trazendo confidências e revelações dos 21 atores que participam do Laboratório. Tudo que foi trocado, desde o processo de seleção e durante as aulas de dramaturgia, interpretação, corpo, voz, elementos visuais e música, foi com base na linha atual de pesquisa e criação d’A Outra, o Teatro Documentário.

Uma grande colcha de retalho, costurada por corpos que se tocam e história que se atravessam. “Esse trabalho mostra que todos somos atravessados por histórias dos outros que tornam-se nossas. Como se fôssemos uma mala que quando aberta nos revela para além de roupas, calçados e objetos, expondo a teia de pedacinhos formada todos que cruzaram nosso caminho”, explica Sena Jr..

Tudo que foi Trocado, fica guardado! é uma metáfora daquilo que carregamos e dos sonhos que desejamos alcançar. Das escolhas que provocam despedidas e encontros. Dos amores vividos e violências sofridas. Do conhecer e se reconhecer. Das lutas e das “brigas” sociais.

O público irá assistir histórias de atores que revelam a sua sexualidade e o processo de aceitação e respeito da família. O descobrir-se artista. “Deixa eu ser artista mãe?”, gritam eles aos deuses do teatro. As atrizes irão expor às violências sofridas dentro de casa e nas ruas. Elas também vão mostrar a mulher contemporânea e empoderada.

“São histórias muito delicadas, algumas sofridas. Temos atores muito jovens assim como pessoas mais maduras que traçaram outros caminhos até retornarem ao teatro. Nesse sentido, o espetáculo traz uma dramaturgia horizontal que mistura a biografia deles e o universo ficcional, para falar de afetos, perdas e ausências, mas principalmente do desejo de se fazer teatro”, conta Sena Jr.

Todos esses “pedaços de pano” são costurados por partituras corporais criadas em conjunto com Anderson Danttas e Israel Barreto, que fazem a direção de corpo do espetáculo. Outro recurso trazido ao espetáculo são as partituras musicais elaboradas por Roquildes Junior, diretor musical, que utiliza a música para sublinhar ou contrapor ou potencializar as cenas.

“O objetivo, mais do que resolver a mostra esteticamente do ponto de vista musical, é que eles tenham ferramentas para se desenrolarem em qualquer trabalho que desempenhem e que eles entendam que a música e o teatro estão muito unidos e que podem utilizar esses mecanismos a favor deles’, explica Roquildes Junior.

Desde 06 de março, quando iniciaram as aulas do Laboratório de Atores, os integrantes d’A Outra Companhia vem trabalhando com os atores da mesma forma que trabalham na criação de seus espetáculos. “Este é um espaço de formação que busca compartilhar um conjunto de ferramentas para que o ator saiba se virar em qualquer processo criativo”, explica Roquildes.

É importante ressaltar que esta mostra ainda não é o resultado do Laboratório de Atores que segue até julho quando A Outra Companhia estreará um espetáculo com estes alunos-atores. "Depois desse período inicial com a turma, resolvemos fechar o ciclo com esta montagem de modo que depois mergulhemos na encenação final que terá como base um texto inédito de Luiz Buraga (também da Companhia)", revela Sena Jr.


Nesses dois meses de aulas, os atores tiveram semanalmente aulas de interpretação, dramaturgia, corpo, voz, musicalidade, produção e dramaturgia. O laboratório é mais uma ação do projeto ENXERGUE! sonhos, memórias e declarações d’A Outra Companhia, selecionado pelo Edital de Apoio a Grupos e Coletivos Culturais do Fundo de Cultura do Estado da Bahia de 2016.

Serviço
O quê: “Tudo que foi trocado, fica guardado! - mostra cênica resultado do Laboratório de Atores d’A Outra Companhia de Teatro
Quando: 04 e 05 de maio, às 20h
Onde: Casa d’A Outra – Rua Politeama de Cima, 114, Ed Centro Comercial Politeama (Politeama)
Quanto: Pague Quanto Puder