quarta-feira, 14 de junho de 2017

Hammer Fitness Club lança campanha de doação de sangue em parceria com o Hemoba

Ação levará o Hemóvel a todas as academias da rede para atender a população

Treino que vale uma vida: troque um dia de treino por uma boa ação e salve até quatro vidas - este é o tema da campanha que a rede de academias Hammer Fitness Club lança nesta quarta-feira (14), em parceria com o Hemoba (Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia). A ação acontecerá entre os dias 10 e 27 de julho e tem por objetivo estimular que alunos, funcionários e a população em geral, ajude a salvar vidas através da doação voluntária de sangue. Durante este período a unidade de coleta móvel do Hemoba (Hemóvel) estará na frente das academias da rede, nos bairros da Barra, Patamares, Pituba e Stella Maris (conforme calendário em anexo), para atender todos aqueles interessados em doar sangue e/ou realizar o cadastro para se candidatar à doação de medula óssea.
“Entendemos que como uma empresa que trabalha para oferecer qualidade de vida e bem estar às pessoas, também temos o papel de alertar não só os nossos alunos, mas toda a população, sobre a importância desse gesto grandioso que é se tornar um doador. Além disso, pretendemos levar mais informações aos nossos alunos e a sociedade com o objetivo de desmistificar medos, receios e incentivar a proximidade com o tema a fim de conscientizar mais pessoas. Por isso, buscamos o Hemoba para juntos realizarmos esta ação, trazendo o serviço do hemocentro para perto das comunidades onde estamos presentes”, diz Vitor Urpia, diretor de Marketing da Hammer Fitness Club.
Para o médico coordenador da coleta da Fundação Hemoba, Marcelo Matos, a participação dos alunos é um grande incentivo à doação e primordial para manter os estoques em níveis estáveis. “É uma satisfação imensa poder contar com a solidariedade dos alunos da Academia Hammer. Substituir um dia de treino pela doação de sangue torna-se um grande estímulo para outras pessoas e é essencial para a manutenção dos nossos estoques”, aponta Marcelo.
Para se tornar um doador é necessário ter entre 16 e 69 anos de idade, portar um documento oficial com foto, pesar mais de 50kg e estar em boas condições de saúde. No dia da doação é recomendado que o candidato tenha dormido pelo menos 6h, nas últimas 24 horas, ter se alimentado bem e não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12h que antecedem a doação e nem ter fumado por pelo 2h antes. Vale ressaltar que os alunos da academia que forem fazer a doação não poderão treinar imediatamente antes ou após a doação. A não realização de esforço físico após a doação é um dos cuidados recomendados a todos os doadores. 
Estão temporariamente impedidos de realizar doações pessoas que estejam ou estiveram com gripe, febre ou resfriado (necessário esperar 15 dias após o desaparecimento dos sintomas), mulheres grávidas ou no período de pós-gravidez (90 dias para parto normal e 180 dias para parto cesariano) ou estejam em período de amamentação (durante os primeiros 12 meses). Também estão temporariamente sem poder doar pessoas que tenham feito tatuagem e/ou piercing nos últimos 12 meses ou realizado exames/procedimentos endoscópicos nos últimos 6 meses. Entre os que não podem ser doadores de maneira definitiva estão pessoas que tenham tido diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade ou evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatite B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II, Doença de Chagas e Sífilis.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário