sexta-feira, 7 de julho de 2017

I Workshop de Boas Práticas de Produção de Tilápias em Tanques-Rede, em Paulo Afonso

Evento orientará sobre a sustentabilidade na produção de Tilápias através da otimização do manejo.

No mês de abril, produtores de tilápias sofreram um aumento da mortalidade de peixes na região de Paulo Afonso. Toneladas de peixe, cultivadas em tanques-rede por diversas associações de produtores do município baiano, que fica a cerca de 450km de Salvador, morreram, representando, para cada produtor, cerca de 15% de sua produção. Agora, o Rio São Francisco está com níveis baixos de água e há uma grande possibilidade da Barragem de Sobradinho chegar a seu volume morto. E com essa redução da vazão, circulação de água, é muito provável que ocorram novos surtos de mortalidade de peixes.
Com o objetivo de procurar evitar outras ocorrências graves como essa, acontecerá no dia 13 de julho, no Hotel San Marino, em Paulo Afonso -Bahia, a partir das 13h15, o I Workshop de Boas Práticas de Produção de Tilápias em Tanques-Rede. O evento é realizado pela AMMCO PHARMA e a MSD Saúde Animal, empresas parceiras da Pratigi Alimentos, uma das apoiadoras da iniciativa. O workshop é direcionado a produtores e técnicos em Tilapicultura do estado. Blas Martinez, gerente comercial da Linha AQUA Pratigi Alimentos e Helton Melo, engenheiro de pesca e representante de vendas da linha ACQUA na Região Norte da Bahia e em Pernambuco, estarão presentes no evento.
Por isso, durante o workshop, através de palestras, serão discutidas e alinhadas estratégias de vacinação e medicação das tilápiasmanejo alimentação dos peixes, além dos cuidados corretos na higienização, temperatura e acondicionamento dos tanques-rede. “Diante desse cenário que vem se desenhando, se os produtores se adequarem a essas boas práticas abordadas no workshop, as perdas com a incidência da bactéria “Streptococcus”, principalcausadora das mortes das tilápias, serão bastante minimizadas, pois os produtores saberão lidar com a situação”, esclarece Helton Melo. “Caso as tilápias sejam acometidas por essa bactéria novamente ou pela seca, todos são influenciados, desde os produtores até as fábricas de ração animal. Daí a importância desse evento”, conclui.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário