domingo, 26 de fevereiro de 2017

MARGARETH RECEBEU MUITOS APLAUSOS E HOMENAGENS NO CIRCUITO DODÔ




O sol brilhou mais intenso com Margareth Menezes, que recebeu o Olodum como convidado no seu desfile de comemoração de 30 Anos de carreira e de sua gravação da música Faraó, ontem (sábado 26/02), no Circuito Dodô. Antes de seguir com o trio Afro Pop, a cantora foi festejada por músicos, jornalistas convidados, que dançaram e cantaram Parabéns para você no ritmo de samba reggae. Além do belíssimo bolo, que foi cortado no trio, Margareth distribui bolinhos para toda a imprensa ao longo do percurso Barra-Ondina.

Quase pontual, às 15h20, Magareth partiu da Barra e encerrou o desfile já de noite, por volta das 19h30, em Ondina. Ao longo deste percurso ela cantou Faraó várias vezes, em alguns momentos acompanhada do Olodum, sempre aplaudida pelo público nos camarotes, varandas e janelas. Nos estúdios de transmissão do SBT, Margareth foi homenageada como madrinha do prêmio “Eu Promovo o carnaval Sustentável”, promovido pela Secretaria da Cidade Sustentável. Já em Ondina, ela homenageou o produtor Djalma Oliveira, que a há 30 anos a convenceu gravar Faraó, com compositor Luciano Gomes.

No comando do Afro Pop, o primeiro da programação de sábado, Margareth foi abrindo caminho com uma pipoca alegre e dançante. Além de Faraó, os foliões se divertiram para valer com um repertório de seus grandes sucessos e de outros artistas. Margareth cantou Elegibô, Dandalunda, Alegria da Cidade, Toté, Maimbê, Passe em Casa, Tieta, Árvore, Alegre Menina e Banho de Cheiro, além de dezenas de Canções.
MERCADO IAÔ
 O Verão também foi de muito sucesso para Margareth Menezes. Desde 04 de dezembro, ela comandou o Mercado Iaô, na Ribeira, bairro onde sua família sempre residiu em Salvador. Foram nove edições, que lotaram a antiga Fábrica de Linhos Nossa Senhora de Fátima, onde a cantora recebeu Maria Bethânia, Ivete SangaloBrown, Daniela Mercury, Baiana System, Chico Cesar, Elba Ramalho, Larissa Luz, Moraes Moreira, David Moraes, Ganhadeiras de Itapuã, Márcia Short, Carla Visi e Lazzo, entre outros. O mercado, que reúne música, artesanato, gastronomia e várias manifestações culturais, é uma das ações do projeto social Fábrica Cultural, dirigido pela própria cantora.                
30 ANOS DE CARREIRA E FARAÓ

O teatro era a principal paixão de Margareth Menezes, até ser convidada para gravar Faraó, em 1987. A atriz iniciante foi convidada e convencida por Djalma Oliveira a gravar a música de Luciano Gomes, que havia feito sucesso como tema do Carnaval do Olodum. O disco vendeu 100 mil cópias e o país ganhava mais uma estrela. Agora, Margareth comemora 30 anos depois, marcada por várias turnês internacionais por todos continentes, 16 CDs/LPs e cinco DVDs. Fiel às raízes, ela mistura na música elementos africanos, brasileiros, indígenas e pop, num movimento que denomina AfroPop Brasileiro.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário