terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Na contramão da crise, camarotes Central e Nana aumentam números de geração de empregos no Carnaval deste ano


Sinônimo de diversão e alegria, o Carnaval de Salvador também é uma oportunidade de complementar a renda. A capital baiana está entre as cidades com maior índice de desemprego e os camarotes são também geradores de oportunidades durante a festa. Localizados no Circuito Barra-Ondina, os camarotes Central e Nana, juntos, vão gerar cerca de 1.500 oportunidades de empregos na edição deste ano. São vagas que vão desde a montagem da estrutura de cada espaço até equipe de produção, recepcionistas, segurança, limpeza etc.

Na contramão da crise, os dois espaços abrem mais vagas de empregos comparado ao ano anterior. Em 2016, o Nana gerou 500 vagas, já neste ano esse número dobrou para 1.000. Já o Central, promoveu 240 oportunidades na edição passada e agora ofertará 500 vagas. Cada camarote possui uma infraestrutura diferenciada que acaba contribuindo para que as vagas sejam ainda maiores, como palco para shows, acesso à praia, salão de beleza, decoração e ambientação exclusivas, como é o caso do Nana. Já o Central disponibiliza opções de open bar e all inclusive, shows e oferece todo o cuidado com o folião, como uma equipe de segurança qualificada, ambulância e demais serviços pertinentes aos dois espaços.


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário