quarta-feira, 5 de abril de 2017

Cantor Miguel Maia faz homenagem ao samba no Teatro Gamboa Nova e no Espaço Cultural da Barroquinha






Nascido do enlace entre a dor e a esperança, Samba da Silva Brasileiro é o nome de qualquer um de nós. É o rastro, o passo, o caminho. A força de uma gente que ousou sonhar sua alma liberta, mesmo tendo o vício da corrente ligada aos pés. No palco, Miguel Maya empresta sua voz marcante, interpretando canções que delineiam a trajetória do Samba, que também se confunde com sua própria história. A estreia do show acontece nos dias 6 e 7 de abril, às 20hs, no Teatro Gamboa, que fica no Largo dos Aflitos. Dias 18 e 19, às 19h, será a vez do Espaço Cultual da Barroquinha receber o show. Os ingressos custam R$20 (inteira) e R$10 (meia) e estão à venda nas bilheterias dos teatros.
Show Samba da Silva Brasileiro trata-se de um retrato, uma viagem, uma cantiga de roda. A tradução em primeira pessoa da mais genuína expressão musical brasileira: O Samba - uma celebração à herança bendita dos filhos da nau. Com direção musical de Mauricio Lourenço, Samba da Silva Brasileiro traz Clássicos e contemporaneidade, lágrimas e alegrias, Chico Buarque e Riachão, Edil Pacheco, Caymmi, Gonzaguinha, Batatinha, Dolores Duran e outros grandes da Silva Brasileiros.
Concorrendo ao Prêmio Caymmi de Música, o show que tem duração de uma hora e vinte minutos, conta com a direção artística de Ed Borges e participações especiais de Pedro de Rosa Morais, Suzana Bello, Denise Correia, Noélia Marcel e Aline Nepomuceno. Samba da Silva Brasileiro é um convite à nossa origem, ao nosso povo, à nossa voz.

Ficha Técnica

Direção Musical - Mauricio Lourenço
Direção Artística – Ed Borges
Banda – a definir (4 músicos)
Cenografia – Bianca Tourinho
Iluminação – Luiz Guimarães
Som - Kabello
Coaching - Suzana Bello
Apoio de comunicação - Lucival França e Janeth Matos
Fotos - Givas Santiago
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário