segunda-feira, 24 de abril de 2017

Literatura infantil é destaque na Flicaixinha


Programação integra a FliCaixa que acontecerá na sexta (28) e no sábado (29), na Caixa Cultural Salvador

A garotada também terá uma programação especial durante o FliCaixa, que acontecerá nos dias 28 e 29 de abril, na Caixa Cultural Salvador. A FliCaixinha que tem como objetivo privilegiar a produção literária infantil, através de autores, contadores de histórias e manifestações artísticas que buscam na literatura a fonte de inspiração para a criação das suas obras.  A partir da literatura, queremos criar um espaço lúdico para crianças e adultos interagirem de forma construtiva, emotiva e criativa,afirma Mira Silva, uma das curadoras da FliCaixinha.  
As atividades para a criançada acontecerão no sábado (29), a partir das 10h. Durante o dia, os pequenos poderão participar de diversas atividades que serão ministradas pelos escritores: Emília Nuñez; Débora Knitel; Érica Falcão e Léo Cunha; pelo músico Gabriel Macêdo e também pelos grupos Corrupio e Teatro Griô.
Quando pensamos a programação da Flicaixinha temos como premissa um olhar criterioso que busca identificar não apenas uma literatura de qualidade, mas outras atividades de narrativas artísticas e lúdicas que não subestimem nem a capacidade intelectual nem a riqueza das emoções infantis”, explicou Lilia Gramacho, uma das curadoras da FliCaixinha.
Realizada pela IContent EntretenimentoRede Bahia e pela Cali, a primeira edição da FliCaixa se estende para mais duas capitais do Brasil: além de Salvador, Fortaleza (CE) e Curitiba (PR). Sediada na Caixa Cultural das três cidades, a festa literária acontecerá em Salvador, nos dias 28 e 29 de abril, em Fortaleza, nos dias 05 e 06 de maio, e nos dias 12 e 13 de setembro, em Curitiba.

Os autores e atrações
 Emília Nuñez:
Emília Nuñez é baiana e em abril de 2016 iniciou o “Mãe que lê”, projeto de fomento à literatura infantil e formação de novos leitores, através da internet e de encontros presenciais voltados à leitura em família. É autora dos livros: “A menina de cabeça quadrada” – que estará apresentado na Flicaixinha, “Meu pai, o herói da cidade”, “Felicidade-Bicicleta” e “Uma pequena grande aventura”. Emília integra o coletivo “LER – Três Letrinhas” com as autoras Renata Fernandes e Lulu Lima. 
Teatro Girô:
Teatro Griô é um grupo que tem como fonte de inspiração a Tradição Oral e a arte dos narradores, brincantes e palhaços, com sua simplicidade, humor e poesia. Criado em 1998, pelos artistas Rafael Morais e Tânia Soares, o grupo, que já contabiliza vários prêmios, realiza diversas apresentações artísticas nos mais variados espaços cênicos, como teatros, centros culturais, praças e ruas. O grupo desenvolve pesquisas e metodologias próprias, além de espetáculos, oferece cursos e oficinas artísticas para pessoas com ou sem experiência de todas as idades.
Leo Cunha:
 É autor de mais de 50 livros para crianças e jovens; autor de 5 livros de crônica. Vencedor de diversos prêmios literários, como o Jabuti, Nestlé, João-de-Barro, FNLIJ, Biblioteca Nacional, entre outros. Também é tradutor de mais de 30 obras para crianças e jovens. Doutor em Artes, Mestre em Ciência da Informação, Especialista em   
Literatura e graduado em Jornalismo. Professor universitário desde 1997, em cursos de graduação e pós-graduação. Autor de diversos artigos e capítulos de livros teóricos e Co-autor de mais de 50 canções, para o público infantil e adulto.
Grupo Corrupio:
 O Grupo Corrupio de música para crianças busca fortalecer e promover a cultura da infância e a música da cultura Brasileira através de shows e oficinas brincantes. Reencontrar canções do povo, de todas as idades cantadas por todas as infâncias, faz desaparecer as “barreiras do tempo” e a criança e o adulto vão para um mesmo lugar: Um lugar brincante, um lugar atemporal, um lugar de encantamento e desse lugar, juntos numa grande roda, cantamos, recantamos, inventamos e brincamos de mãos dadas pela infância e pelas crianças.
Débora Knittel e Érica Falcão:
Débora Knittel e Érica Falcão são autoras da trilogia Eclipse da Lua Azul. Débora é formada em Pedagogia e especializada em Psicopedagogia, é autora também dos livros infanto-juvenis Margarida bem-me-quer e Saíra sete cores. Érica é pedagoga com especialização em Tecnologia Educacional, e a trilogia Eclipse da Lua Azul foi sua estreia na literatura. 

Serviço:
Vivências: FliCaixinha
Local:
 CAIXA Cultural Salvador
Endereço
: Rua Carlos Gomes, 57, Centro
Data: 
29 de abril de 2017 
Horários:
 sábado, das 10h às 19h
Classificação indicativa: 
Livre
Entrada gratuita 
(mediante lotação do espaço) 
Estacionamento gratuito ao lado 
(no sábado, apenas a partir das 14h, sujeito a lotação
*CURADORIA: Mira Silva (jornalista) e Lilia Gramacho (jornalista e escritora).


DATA
AUTORES E ATRAÇÕES
HORÁRIO INÍCIO
TEMPO
HORÁRIO FINAL
29/4
Sábado 29/04 - 10h – “BATE-PAPO COM CONTAÇÃO DE HISTÓRIA DO LIVRO A MENINA DA CABEÇA QUADRADA”



Escritora Emília Nuñez
10:00
00:40
10:40

Sábado  29/04 - 11h - “SESSÃO DE HISTÓRIAS E CANTIGAS DO TEATRO GRIÔ”



Teatro Griô
11:00
01:00
12:00

Sábado  29/04 - 14:30h – “BATE-PAPO COM CONTAÇÃO DE HISTÓRIA DO LIVRO RAÍZES DE LUZ”



Escritora Débora Knitel
14:30
00:40
15:10
Escritora Érica Falcão
Sábado  29/04 - 16:30h – “OFICINA DE MÚSICA INFANTIL”



Músico Gabriel Macedo
15:30
00:50
16:20

Sábado  29/04 - 16:30h - “POESIA PRA CHACOALHAR O CORPO E A MENTE”



Escritor Léo Cunha
16:40
00:40
17:20

Sábado  29/04 - 18h - “ESPETÁCULO MUSICAL A FESTA NO CÉU”



Grupo Corrupio
18:00
01:00
19:00

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário