domingo, 16 de abril de 2017

Prêmio Braskem de Teatro homenageia Fernando Fulco e Nadja Turenkko





Fotos: Divulgação

Os atores Fernando Fulco e Nadja Turenkko serão homenageados durante a cerimônia de entrega do Prêmio Braskem de Teatro. Falecido em agosto de 2016, Fulco dedicou-se às artes cênicas por quase 40 anos. 

Nascido em Ilhéus, o ator começou sua carreira em Salvador, no grupo Amador Amadeu, na década de 1970. Atuou no elenco de "Os Saltimbancos", dirigido por Deolindo Checcucci, no Teatro Castro Alves. A montagem lhe rendeu seu primeiro reconhecimento no Prêmio Martim Gonçalves, como ator revelação. Ainda na década de 1970, participou do grupo Avelãz e Avestruz ao lado de Márcio Meirelles, Maria Eugênia Milet, Hebe Alves, Sérgio Guedes, Sérgio Carvalho, Milton Macêdo e Chica Carelli. No teatro, Fulco trabalhou ainda com diretores como Fernando Guerreiro, Luiz Marfuz, Sergio Almeida, Fernando Moura Novas e Vinicio Oliveira.
Já Nadja Turenkko, foi precursora da Mímica Corporal no Brasil. Em 30 anos de carreira, atuou em 34 espetáculos teatrais, participou de três longas e dois curtas metragens, seriados e publicidade em TV como atriz, diretora, professora e roteirista. Turenkko faleceu em 19 setembro de 2016, Dia Nacional do Teatro. “Meu sentimento em relação a homenagem a Nadja é de gratidão aos que pertencem a Salvador, por ela ter engrandecido esta cidade com sua arte e vivências. Nadja foi mulher, mãe, amiga, irmã, criança, professora, filha, Mestre e companheira indivisível. Uma artista do corpo e da alma, por unir a interpretação artística com a espiritualidade”, ressalta Maurício Cardoso Jr., viúvo da artista. A 24ª edição da mais importante premiação das artes cênicas baianas, será realizada no dia 19 de abril, às 20h, no palco principal do Teatro Castro Alves, em Salvador. A direção artística do evento é de Márcio Meirelles.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário