quinta-feira, 29 de junho de 2017

Dicas do chef Junior Durski para harmonizar vinhos


Chef da rede de restaurantes Madero compartilha suas preferências 



Chef Junior Durski, do Madero – Foto: Nilo Biazzetto Neto

Salvador, 29 de junho de 2017. O chef da rede de restaurantes Madero, Junior Durski, é um grande apreciador de vinhos e possui em Curitiba uma das principais adegas do Brasil, com mais de 2.500 rótulos, mais de 100 safras, de 25 países, sendo a mais antiga de 1.780. 

A admiração do chef pela bebida reflete na carta de vinhos dos restaurantes do Madero, onde oferece uma seleção de diversos países, uvas, safras e preços, que vão desde uma taça do vinho Madeira Justino’s (Portugal) por R$10, até icônico Don Melchor, um dos vinhos mais famosos produzidos no Chile, por R$789 a garrafa.“Como um apaixonado por vinhos, tenho um cuidado especial com a seleção dos rótulos do Madero. Aqui os clientes sabem que vão encontrar bons vinhos com preço justo. Quero proporcionar uma experiência completa aos clientes”, explica o chef.

A harmonização de vinhos e pratos é outra preocupação do chef, que procura dar dicas sobre combinações e sabores que se complementam. “Um vinho e um prato harmonizados fazem toda a diferença em uma refeição, por isso compartilho minhas preferências”, conta Durski. 

Confira as dicas do chef Junior Durski para harmonizar vinhos e pratos: 

1.      Quem adora linguicinha grelhada a dica é pedir uma Cava Don Román Brut (Espanha) ou um belo Champagne, gosto muito do Deutz Classic Brut (França). Ambos combinam super bem;
2.      Para quem, assim como eu, adora um cheeseburger, recomendo o vinho Roca Bonarda Sangiovese (Argentina), que tem um vermelho intenso e acidez moderada;
3.      A carne de cordeiro ou o de bife de chorizo harmonizam bem com o vinho Marqués de Tomares Reserva (Espanha);
4.      Um filé argentino fica ainda melhor ao lado de um vinho Luccarelli Primitivo IGP (Itália);
5.      Para quem gosta de filé mignon, pode investir no Don Román (Espanha), um vinho cor de rubi e aroma de baunilha, fica perfeito com a carne;
6.      Outra dica para quem adora mignon é o vinho Marquês de Borba (Portugal), que tem um vermelho intenso e aromas de amora e cassis, delicioso;
7.      O aroma de fruta madura do vinho Nieto Senetiner Reserva Chardonnay (Argentina) é ideal para acompanhar um frango com ervas finas, peixes ou camarões;
8.      Para os vegetarianos, o vinho que combina com saladas e fica perfeito com o nosso palmito pupunha assado, é o Cefiro Reserva Sauvignon Blanc (Chile). Um vinho com aromas herbáceos, como arruda, e de fruta fresca como o maracujá, tem acidez marcante e um final de boca muito fresco;

9.      E por fim, uma dica de vinho para acompanhar uma sobremesa de chocolate. Sugiro o Madeira Justino´s, fica muito gostoso com o brownie de chocolate do Madero, por exemplo.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário