sexta-feira, 2 de junho de 2017

Histórias do dia-a-dia viram arte na nova exposição da Galeria Acbeu




O artista visual Anderson AC escolheu a galeria para sua primeira individual em Salvador, O Diário de bordo ou O Livro dos dias


Com o significativo título O Diário de bordo ou O Livro dos dias, o artista visual baiano Anderson AC inaugura sua primeira exposição individual em Salvador, na Galeria Acbeu no dia 9 de junho, às 19h. A mostra tem curadoria da produtora cultural e mestranda em Cultura e Sociedade no Instituto de Artes e Humanidades da UFBA, Juliana Freire, e poderá ser conferida até o dia 8 de julho, de segunda a sexta-feira das 14h às 20h, e sábados, das 9h às 13h. 

As obras foram produzidas a partir de uma agenda de 1979 – ano em que o artista nasceu –, encontrada nas ruas de Salvador em 2007. A partir deste ano O Diário de bordo ou O livro dos Dias vem sendo preenchido com memórias e registros que ganham forma através de colagens de documentos, pinturas e outras imagens que compõem a obra em processo. 

“AC (ou Hace, como vem assinando ultimamente suas obras), apresenta trabalhos baseados em conceitos de ruptura, que materialmente remetem a desdobramentos, a camadas que se superpõem e que tomam forma no que se é; e no que pode vir a ser”, detalha a curadora. “Por isso, a maioria das suas obras contém traços que remontam a uma sensação de incompletude; um traço característico da vida e dos indivíduos, que por sua própria essência encontram-se permanentemente em processo de transformação”, completa.

O diário contém vestígios de diversas situações e lugares visitados ou vivenciados pelo artista, como Recife, São Paulo, Rio de Janeiro, Natal, Luanda, Angola; Lisboa, Porto e Montemor-o-Novo, em Portugal; Baden-Baden e Frankfurt, Alemanha; Paris, e Strasburgo, na França, onde o diário foi apresentado na galeria do Conselho da Europa em 2016.

“O meu trabalho está ligado à memória e à preservação, através de relações entre presença e ausência”, explica o artista, que se utiliza da pintura e de fotografias feitas nas cidades que visita para questionar o transitório através da pintura, grafite, colagem, arte postal, vídeo, e fotografia digital. AC tem participado regularmente de festivais, bienais, trienais e mostras coletivas significativas, como a II Trienal de Luanda, em Angola; a Mostra Arte Lusófona Contemporânea no Memorial da América Latina, SP-Arte 2011 e Feira Internacional de Arte de São Paulo, dentre outras.

Serviço
O que: exposição O Diário de bordo ou O Livro dos dias
Quem: artista visual Anderson AC
Quando: abertura dia 9 de junho, das 19h às 22h 
Visitação: até 8 de julho, de segunda a sexta-feira das 14h às 20h e sábados das 9h às 13h
Onde: Galeria Acbeu - Av. Sete de Setembro, 1883 - Corredor da Vitória. 
Informações: (71) 3483-1291 e no site www.acbeubahia.org.br
Gratuito
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário