quinta-feira, 29 de junho de 2017

‘SEGUNDAS DO CHORINHO’ EM TRADICIONAL RODA DE CHORO



No dia 03 de julho de 2017, o Projeto SEGUNDAS DO CHORINHO apresenta tradicional RODA DE CHORO com os extraordinários chorões DANIEL GOMES NETO (acordeom), EDUARDO BRANDÃO (violão 7 cordas), EDUARDO PIXINGUINHA (flauta) e JÚLIO CALDAS (bandolim e violão tenor), para juntos interpretarem clássicos do choro e da música popular brasileira, assim como vários outros músicos que sobem espontaneamente ao palco.
Tendo completado 6 anos de vida no mês de maio passado, o SEGUNDAS DO CHORINHO tem data, hora e local fixos. Acontece em todas as segundas-feiras de 2017, a partir das 20h, na Varanda do SESI Rio Vermelho, quando apresenta grupos e artistas que trabalhem com a genuína música brasileira, o Choro.  Uma verdadeira 'vitrine do choro na Bahia', com vários grupos convidados, tendo o formato de um a cada semana, uma parceria Hessel Produções e Teatro SESI Rio Vermelho / FIEB.
O couvert artístico custa R$ 20,00. 

RODA DE CHORO - O choro, popularmente chamado de chorinho, é um gênero de música popular e instrumental brasileira, que surgiu no Rio de Janeiro em meados do século XIX. O choro pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira e ao longo dos anos se transformou em um dos gêneros mais prestigiados da música popular brasileira, reconhecido em excelência e requinte. Tem como origens estilísticas o lundu, ritmo de inspiração africana à base de percussão, com gêneros europeus. 
O choro é visto como o recurso do qual se utilizou o músico popular para executar, ao seu estilo, a música importada e consumida nos salões e bailes da alta sociedade do Império a partir da metade do século XIX. Sob o impulso criador e improvisado dos chorões, logo a música resultante perdeu as características dos seus países originários e adquiriu feições genuinamente brasileiras. A improvisação é condição básica do bom chorão, termo ao qual passou a ser denominado o músico participante dos encontros em roda de choro, pois para tal, requer uma alta virtuosidade de seus intérpretes, cuja técnica de composição não deve dispensar o uso de modulações imprevistas e armadas com o propósito de desafiar e a capacidade ou o senso polifônico dos acompanhantes.

Serviço:
O que: Projeto SEGUNDAS DO CHORINHO
Quando: sempre as segundas-feiras de 2017
Horário: a partir das 20 horasDia 03/07/2017: RODA DE CHORO com Daniel Gomes, Eduardo Brandão, Eduardo Pixinguinha e Júlio Caldas
Couvert Artístico: R$ 20,00
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário