segunda-feira, 10 de julho de 2017

Workshops e atividades infantis agitaram o Viva o Carmo




Fotos: Marcello Fontes.
Contação de histórias, bate-papo e customização marcaram o Domingo Cultural


Embalado por arte, moda, gastronomia, cultura e história, o Domingo Cultural do movimento Viva o Carmo teve sua segunda edição, nesse domingo, 9, no Convento do Carmo. A Sala dos Freis foi palco de workshops, o primeiro deles, uma oficina de afrescos conduzida pelo italiano Gianmario Finadri, que despertou o interesse e a curiosidade dos participantes.

Em seguida, a produtora cultural Sandra Galeffi recebeu a professora e museóloga Heloísa Helena e entrou em cena compartilhando sua experiência em restauração na cidade de Florença, na Itália, além de expor assuntos ligados ao patrimônio. Mas quem encerrou com chave de ouro a tarde de diálogos foi a jornalista Symona Gropper, contando as experiências vividas e registradas no seu livro mais recente, A Menina que foi vento, interagindo com os participantes.

Já na Sala do Conselho, a autora infantil Emília Nuñez encantou a criançada com a contação de histórias do seu livro, A Menina da Cabeça Quadrada. Antes disso, a Escola Cresça e Apareça preparou uma oficina de yoga e recreação infantil para a garotada que deixou gostinho de quero mais. Também na Sala do Conselho, o designer, artista plástico e produtor de moda do Afro Fashion Day, Fagner Bispo, mostrou seu trabalho impecável na customização de tênis e bolsas. A artista plástica Maria Luedy, que apresentou sua instalação Luminitextil Crochês e Bordados, no Claustro, marcou presença na oficina customizando sua bolsa.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário