quinta-feira, 3 de agosto de 2017

XI Festival da Cultura Japonesa de Salvador inicia venda de ingressos


Nesta edição o evento será realizado em três dias: 25 a 27 de agosto, no Parque de Exposições de Salvador



O XI Festival da Cultura Japonesa de Salvador, que já faz parte do calendário da capital baiana, será realizado pela primeira vez durante três dias no Parque de Exposições de Salvador. O festival, que acontecerá entre os dias 25 e 27 de agosto, deve reunir aproximadamente 40 mil visitantes. Os ingressos antecipados custam R$12, sendo que crianças até oito anos não pagam. O público pode adquirir os tickets nos principais shoppings da cidade (lojas South e Chilli Beans), restaurantes e parceiros conveniados, on line no site e aplicativo da Safeticket, além dos pontos físicos nas cidades de Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus e Camaçari. A relação completa dos pontos de venda pode ser consultada no site www.bonodorisalvador.com.br.

Na edição 2017 o tema é “Artes Maciais Japonesas”, em japonês, "budô", cuja riqueza de sua história e expansão no mundo poderá ser apreciada nos diversos espaços e pela realização deworkshops, demonstração de diversas modalidades (judô, sumô, karatê, aikidô, kendô, Kyūdō, Naginata e Jiu-jitsu) e exposição cultural. A grade de conteúdo é bastante rica e voltada para todas as idades com uma programação artística-cultural com a realização de oficinas temáticas de origami (dobradura em papel), kirigami (recorte de papel), mangá (história em quadrinhos), ikebana (arranjos florais), entre outros.

O evento ganhou mais um dia de programação e atrações inéditas, como a cantora Ayu Brazil, nome artístico da capixaba Amanda, celebridade na internet. Ela vai apresentar um show com músicas temas de filmes da Disney e animes, como Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball e Pokémon. A artista tem uma legião de seguidores, conhecidos como "Ayubers", com mais de 680 mil inscritos e 120 milhões de visualizações. Outra atração musical é o quinteto japonês Ichimujin, que apresenta ritmos latinos, jazz e clássico após percorrer os palcos de cidades como Nova York, Los Angeles, Boston e México. Os tambores japoneses, o taikô, conhecido e apreciado pelo público baiano, terá oportunidade de conhecer o Taiko Wadan, grupo profissional de Sorocaba - SP. Sempre encantando o público, o Grupo Wado, de Salvador, fará soar os tambores com repertório percussivo criado exclusivamente para o evento.

A dança, elemento da cultura japonesas dos mais ricos, reúne o tradicional e as novas expressões dos movimentos jovens e o Festival traz essa diversidade, o Yosakoi Soran (dança tradicional) e o Matsuri Dance (dança pop criada no Brasil e inspirada em movimentos de danças japonesas). A delicadeza da dança mais tradicional, o Odori, poderá ser apreciada na apresentação do grupo da escola de bailado Hanayahui Kinryu. Coreografias com elementos na ginástica de expressão, alongamento e movimentos para as articulações são o destaque da apresentação da ginástica Kenko Taisso, que promoverá workshop direcionado para a terceira idade.

A criançada vai se divertir em um espaço dedicado só para eles e também nas oficinas de confecção de pipas e papagaios que aparecem em variadas cores, tamanhos e formatos produzidos por Ken Yamazato, professor de pipamodelismo. Pode ainda experimentar o beisebol através de uma estrutura inflável simulando os arremessos e rebatidas de um dos esportes mais populares do Japão. Os cosplayers, pessoas fantasiadas de seus personagens preferidos, circulam durante todo o evento prontos para fotos e vídeos, além de participar do desfile de cosplayers, onde o público pode acompanhar os personagens e incentivar este lúdico passeio na cultura pop. O festival também terá a presença dos mágicos paulistas Edison e Kevin Iwassaki, que possuem repercussão nacional graças às aparições em programas televisivos de personalidades como Silvio Santos, Jô Soares e Faustão.

Gastronomia e produtos - Outro destaque do XI Festival é a oferta gastronômica variada, com pratos tradicionais da culinária japonesa​, com a presença de mais de 20 restaurantes com opções como sushi, tempurá, udon, lamén, entre outros pratos. No local o público tem oportunidade de conferir e comprar uma infinidade de artigos com temática oriental, o "maneki neko", o gatinho da sorte japonês, produtos de anime, revistas em quadrinho japonês, flores e muito mais.


SERVIÇO 
XI Festival da Cultura Japonesa de Salvador 2017 – Bon Odori
Onde: Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador, Rua Luís Viana Filho, s/nº, Itapuã, Salvador – BA, CEP: 41.611-670
Quando: sexta, sábado e domingo, 25 a 27 de agosto de 2017;
Horário: 15h às 22h (sexta-feira) e 10h às 22h (sábado e domingo);
Ingressos:  R$ 12 (promocional - venda antecipada até 24 de agosto), R$26 (inteira) e R$13 (meia entrada);

Realização - O projeto tem patrocínio do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, e é viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura, através do Ministério da Cultura Governo Federal Ordem e Progresso. O evento é promovido pela Associação Cultural Nipo Brasileira de Salvador – ANISA.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário