quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Alavontê de Mortalha lota camarote Harém em prévia carnavalesca




Fotos: Sércio Freitas



Como já virou tradição, a alegria, a boa música e o clima de celebração marcaram a quarta edição do Alavontê de Mortalha, no camarote Harém, em Ondina, ontem (21). Este ano, a noite lúdica teve como tema da fantasia, desenhada por Pedrinho da Rocha, criador do abadá,"O efeito Alavontê nas Pessoas", com a proposta de trazer para a vestimenta o clima descontraído do grupo. O público entrou na farra e, além da vestimenta, inúmeros foliões curtiram a folia com adereços que tornaram a noite ainda mais divertida. 

Sucessos autorais e da música baiana, apresentados com novos arranjos, agitaram a plateia durante as mais de três horas de show. Na set list da noite de magia, que resgata e valoriza a cultura baiana, não ficaram de fora os hits "Malandrinha", Perdido de Amor" e "Oba", cantadas em coro pelo público que dançou do início ao fim do evento que integra uma das maiores festas pré-carnavalescas da cidade. Adelmo Casé se juntou aos alavonteiros para uma participação especial.

O movimento volta a se apresentar nesta quinta-feira (23), no Encontro de Trios com Márcio Victor e Preta, no Farol da Barra, a partir da meia-noite.  Na sexta-feira de Carnaval (24),  comandam o Pranchão no Furdunço, no Campo Grande.

O Alavontê de Mortalha já acontece há quatro anos e é uma realização em parceria entre o Alavontê, Lícia Fábio Produções e Jamil Acruz. 



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário